Amaranto é versátil, livre de glúten e ajuda no emagrecimento

Escrito por Tais Romanelli

Foto: iStock

Talvez você já tenha escutado este nome, mas nunca tenha experimentado o amaranto, alimento bastante utilizado em dietas vegetarianas e sem glúten. Embora seu consumo não seja novidade, ele se tornou mais popular nos últimos anos paralelamente ao crescente interesse por uma alimentação mais funcional.

O amaranto é, na verdade, um pseudocereal, ou seja, não é exatamente um grão de cereal (como trigo ou aveia), mas conta com nutrientes semelhantes aos encontrados nos cereais, sendo, assim, usado de maneira parecida e proporcionando grandes benefícios para a saúde.

Saiba mais sobre sua composição nutricional, benefícios que oferece para a saúde e inspire-se com receitas para incluir o amaranto na sua alimentação diária.

9 excelentes motivos para conhecer e consumir o amaranto

Foto: iStock

Abaixo você vai ver que não faltam bons motivos para incluir o amaranto na sua alimentação. Além de ser versátil, o pseudoceral é isento de glúten e rico em proteínas, fibras, antioxidantes, entre outras vantagens!

1. Seu valor nutricional

O maior benefício do amaranto está exatamente na sua composição nutricional, que é muito valiosa. Confira o que você encontra em 45 gramas de amaranto cozido:

Leia também: 12 razões para amar a quinoa

  • Calorias: 46
  • Proteínas: 1,71 g
  • Carboidratos: 8,41 g
  • Gorduras totais: 0,71 g
  • Magnésio: 28 mg
  • Fósforo: 67 mg
  • Ferro: 0,95 mg
  • Fibra: 0,9 g
  • Potássio: 61 mg

A nutricionista funcional Andrezza Botelho acrescenta que o amaranto possui teor de proteína semelhante ao do leite, porém, com a vantagem de ser mais facilmente digerido.

2. É uma opção sem glúten

Andrezza destaca que, por ser livre de glúten, o amaranto é ótima opção de alimento para pessoas que sofrem de doença celíaca. Versátil, o amaranto pode ser introduzido em diversos tipos de receitas.

3. Aliado do cérebro

Fonte de manganês, o amaranto mostra-se importante para a função cerebral, podendo proteger contra certas condições neurológicas.

4. Bom para a saúde dos ossos

Rico em fósforo e cálcio, o amaranto contribui para a boa saúde óssea, e pode ajudar a prevenir o aparecimento da osteoporose.

5. Aliado da digestão

Andrezza destaca que o amaranto contribui para a otimização do sistema digestivo. Fonte de fibras, ajuda a combater a prisão de ventre e também a aumentar a absorção de nutrientes no organismo.

Leia também: 15 receitas de mingau de aveia que vão acalentar o seu coração

6. Pode ajudar na perda de peso

Com alto teor de proteínas e fibras, o amaranto é um bom aliado em dietas de emagrecimento. Ajuda na saciedade, na digestão e no bom funcionamento do intestino. Claro que, para isso, deve ser associado a uma alimentação equilibrada e, preferencialmente, acompanhada por um nutricionista.

7. Aliado do coração

Os níveis de potássio encontrados no amaranto, de acordo com a nutricionista Andrezza, contribuem para a boa saúde do coração. Além disso, o amaranto ajuda a regular níveis de colesterol e é rico em ferro, ajudando o corpo a produzir sangue.

8. É fonte de antioxidantes

O amaranto é ainda fonte de antioxidantes, que protegem o organismo contra os radicais livres, ajudando assim a evitar o envelhecimento precoce e o surgimento de doenças crônicas, como doenças cardíacas e câncer.

9. Melhora o sistema imunológico

Como é fonte de vitamina C, o amaranto contribui para o aumento do sistema imunológico, melhorando a saúde como um todo.

Apesar de ser uma opção muito saudável, o mais recomendado é inserir o amaranto na sua alimentação após consulta com seu nutricionista.

Leia também: 20 receitas de saladas diferentes e criativas

Amaranto emagrece?

Foto: iStock

Vale lembrar que nenhum alimento por si só tem o “poder” de fazer uma pessoa emagrecer. Porém, é certo dizer que o amaranto pode contribuir para o processo de emagrecimento!

“O amaranto colabora nesse processo devido ao seu alto teor de fibras, que causam a sensação de saciedade. Além disso, as fibras ajudam o intestino a funcionar melhor, absorvendo parte da gordura e conduzindo-a para fora do organismo”, explica Andrezza.

Porém, para oferecer resultados, o consumo de amaranto deve estar associado a uma dieta saudável, preferencialmente prescrita por um nutricionista.

Como incluir o amaranto no seu cardápio

Foto: iStock

Andrezza explica que o amaranto é encontrado na forma de grãos, flocos ou na forma de farinha, e pode ser preparado e consumido de várias formas:

  • Grãos cozidos: a nutricionista destaca que o amaranto pode ser cozido como milho, arroz ou macarrão. “Para cozinhá-lo é simples, basta deixar as sementes do amaranto cozinhando com água (mais ou menos seis xícaras de água para uma xícara de amaranto) por 15 a 20 minutos. Mexa devagar durante o cozimento e depois escorra”, orienta.
  • Adicionado a sopas: os grãos de amaranto podem também ser usados em sopas ou ensopados para adicionar espessura.
  • Com frutas: o amaranto em flocos ou como farinha, conforme destaca Andrezza, pode ser consumido com frutas. Combina bem com banana, morango, mamão, entre outras.
  • Adicionado a bebidas: o amaranto em flocos ou como farinha pode ainda ser adicionado a iogurtes, leites, smoothies e sucos, com a vantagem de aumentar o teor de fibras e proteínas da preparação. Basta adicionar o amaranto e misturá-lo ou batê-lo (se o preparo exigir liquidificador) com os demais ingredientes.
  • Como ingrediente de receitas saudáveis: o amaranto em flocos ou farinha pode também ser usado na preparação de pães, bolos e doces, conforme acrescenta Andrezza.
  • Como ingrediente de uma granola saudável: o amaranto em flocos pode ser misturado a outros ingredientes saudáveis formando uma deliciosa granola caseira. Aveia, quinoa, amêndoas, sementes de girassol e uvas-passas são exemplos de alimentos que podem ser incluídos neste preparo.

Versátil, o amaranto pode ser usado tanto em preparações salgadas como doces.

Leia também: 10 alimentos que parecem saudáveis, mas não são

8 receitas com amaranto para você provar

Foto: iStock

Se você tem vontade de incluir o amaranto no seu dia a dia mas não sabe por onde começar, inspire-se com estas deliciosas receitas!

1. Salada de quinoa negra e amaranto: uma receita muito fácil, que rende para quatro pessoas, e dará um toque extra de saúde e muito sabor à sua refeição! Cenoura, pepino, funcho, cebola, salsinha, cebolinha e limão compõem a salada.

2. Cuscuz marroquino com amaranto: leve, fácil e rápido de preparar, além de render bastante. Esta é uma receita saudável, rica em fibras e com baixo valor calórico, sendo uma excelente alternativa para substituir o arroz em refeições quentes.

3. Arroz com quinoa negra e amaranto: uma receita simples e que fica bem gostosa, boa opção para quem quer introduzir este tipo de grão no dia a dia. Além da quinoa e do amaranto, você usará arroz agulhinha, sementes de mostarda, folha de louro, água fervente e sal.

4. Filé à parmegiana empanado com amaranto: um prato clássico que ganha um toque de leveza! O amaranto substitui a farinha de rosca, deixando o prato mais leve, saudável e crocante. Ótima pedida para o almoço do fim de semana!

5. Ensopado de grão-de-bico com amaranto: boa opção para os dias frios! Além de ser bem fácil de fazer, é muito nutritivo e saboroso. Os ingredientes utilizados são grão-de-bico, tomate, azeite de oliva, alho, salsinha, amaranto em flocos, sal e pimenta-do-reino.

6. Mingau proteico de amaranto: de preparo muito simples, esse mingau saudável é ótima opção para seu café da manhã ou lanche da tarde. Você usará apenas amaranto, água, claras, adoçante, whey protein e canela.

7. Pão de amaranto sem glúten e sem lactose: uma receita que surpreende por ser tão simples e, ao mesmo tempo, tão gostosa. Além de saudável, fica pronta em menos de 30 minutos, isso contando tempo de forno e de preparo!

8. Suco funcional de cenoura, abacaxi, chia, quinoa e amaranto: gostoso e sem segredos no preparo! Basta colocar no liquidificador a cenoura picada, a rodela de abacaxi, a mistura de chia, quinoa e amaranto e a água… Bata bem e beba na hora sem adoçar!

Quer adicionar mais saúde às suas receitas?! Inclua o amaranto em seus preparos!

Alertas sobre o consumo

Foto: iStock

Andrezza explica que o amaranto não deve ser consumido cru, pois possui ácido fítico e toxinas que podem causar alguns desconfortos. Por isso, ele deve ficar de molho em água de 8 a 12 horas antes do preparo.

De forma geral, o amaranto não é recomendado para quem tem diabetes, por possuir alto índice glicêmico. Além disso, seu consumo não deve ser excessivo, pois o alimento é fonte de carboidratos que, se consumidos em exagero, podem levar ao ganho de peso.

O excesso de amaranto também pode sobrecarregar os rins, devido às proteínas, e por isso não é indicado para indivíduos com doenças renais.

Porém, de forma geral, um consumo equilibrado do amaranto, orientado por um nutricionista, só trará benefícios para a saúde!

Dicas pela Web