Horóscopo de Agosto

Dicas de Mulher

Será que a fama de mês do desgosto ou mês do cachorro louco segue acompanhando agosto? Na astrologia, olhamos para cima para explicar o que se passa aqui embaixo, e alguns sinais dos astros já nos mostram os rumos que o mês irá tomar.

Mas, nesse caso, não é justo colocar na conta de agosto os desafios que se iniciaram no fim de julho, com o movimento de Júpiter, que começou a retrogradar no dia 28, já que um planeta retrógrado puxa o freio do céu.

De forma didática, o que acontece é o seguinte: avaliando do ponto de vista da Terra, a partir de onde todo o Zodíaco é observado, cada planeta segue uma velocidade padrão, que corresponde ao seu movimento de translação, orbitando o sol. Quando um desses planetas altera essa velocidade – pelo fator elíptico do sistema solar -, isso influencia toda a perspectiva que temos dele segundo a astrologia.

Ou seja, do nosso ponto de vista – mais uma vez, aqui, da Terra -, conseguimos observar, de tempos em tempos, a diminuição da velocidade de alguns planetas de tal forma que eles parecem “andar para trás”, e chamamos isso de movimento retrógrado. Todo esse papo astronômico-lógico-fantástico só nos leva a pensar: na prática, que influência isso tem?

Como foi dito lá no início, um planeta retrógrado puxa o freio, atrasa, dificulta e empaca os assuntos referentes a ele. No caso de Júpiter, seus temas são justamente a sorte e o sucesso. Júpiter rege a casa da expansão da consciência e afeta a área do conhecimento, os interesses, curiosidades, filosofias, viagens e objetivos a longo prazo – mas a longo prazo mesmo, aquela coisa de entender seu legado, sabe?

Tudo isso será reavaliado sob a lupa meticulosa do movimento retrógrado. E nem adianta ter pressa, porque, embora tenha começado agora, essa reflexão permanece até 23 de novembro, quando Júpiter retoma seu ritmo padrão. Então, sem pressa: a lição que essa retrogradação vem deixar é a de que, às vezes, vale a pena se perder para se encontrar.

Até lá, vale a pena dar uma chance para agosto nos mostrar o que mais pode entregar, além de um céu cheio de reviravoltas, com direito a Sol e Vênus em Leão, Lua Cheia em Aquário, a entrada de Marte em Gêmeos e, mais para o fim do mês, a temporada virginiana virando a esquina.

Veja agora a previsão para cada signo:

Astróloga, oraculista e escritora. Criadora dos baralhos NOSOTRAS Tarot e NOSOTRAS Lenormand. Produtora de conteúdo místico, poético e político para os canais Mystica & Selvagem, no Instagram e Youtube.

Acompanhe Paula Riemer no Instagram