Alimentos antioxidantes: veja quais são e se surpreenda com os benefícios

Escrito por
Em 06.05.20

iStock

Entre os alimentos antioxidantes, é possível encontrar óleos vegetais, frutas, especiarias e verduras. Além disso, as oleaginosas também se enquadram nesse grupo, pois são ricas em vitamina E, um poderoso antioxidante natural. Entenda melhor sobre esses alimentos, veja quais são eles e descubra os benefícios que proporcionam ao organismo.

Continua após o anúncio

Índice do conteúdo:

O que são?

Os antioxidantes são substâncias que conseguem inibir ou atrasar a oxidação das células do organismo. De acordo com o nutricionista Leone Gonçalves, os alimentos com essa qualidade também protegem as células sadias do corpo contra os radicais livres. “Por esse motivo, os antioxidantes são poderosos aliados contra o envelhecimento precoce a nível celular e na preservação das funções do nosso corpo”, completa.

20 alimentos antioxidantes para você variar na dieta

Dentre as substâncias com poderes antioxidantes, podemos citar as vitaminas A, C e E. Além disso, outros pigmentos podem desempenhar esse papel no organismo, como é o caso do betacaroteno e da astaxantina. Confira a seguir uma lista de ótimos alimentos antioxidantes, segundo o nutricionista.

Dicas de Mulher

  1. Açafrão: também chamada de cúrcuma, essa especiaria contém uma substância chamada curcumina. Para o nutricionista, é esse pigmento que possui a ação antioxidante, e também tem um efeito anti-inflamatório.
  2. Azeite de oliva: “rico em polifenóis e vitaminas A, D, K e E, que potencializam o efeito antioxidante”, conta o especialista.
  3. Limão: a proteção das células é decorrente da rica composição em bioflavonoides que essa fruta possui. Além disso, o limão também é um poderoso desintoxicante do organismo.
  4. Laranja: a vitamina C é a responsável pelo efeito antioxidante da laranja. Segundo o nutricionista, a melhor forma de aproveitar desse poder é usufruindo das casas dessa fruta, onde está concentrada a maior parte dessa substância.
  5. Morango: essa fruta vermelha entra na lista graças às vitaminas A e C e ao pigmento chamado betacaroteno.
  6. Abacaxi: rico em vitaminas e minerais, o abacaxi é considerado antioxidante devido à vitamina C e ao betacaroteno.
  7. Salmão: “a cor da carne do salmão é gerada pelo pigmento astaxantina, antioxidante poderoso capaz de combater os radicais livres, considerado um dos melhores antioxidantes que existem”, explica Leone Gonçalves.
  8. Suco de uva integral: o resveratrol é capaz de proteger as células contra a ação dos radicais livres.
  9. Cacau: outras substâncias antioxidantes são os flavonoides, largamente encontrados nessa matéria-prima do chocolate.
  10. Canela: “A canela não contém muitas vitaminas ou minerais, mas é carregada com polifenóis. Entre as especiarias, é a que mais contém antioxidantes”, revela o nutricionista.
  11. Castanhas: elas são fontes de vitaminas E e K, o que por si só já influencia na proteção das células do corpo. Além disso, são ricas em gorduras insaturadas e, portanto, cuidam da saúde do coração.
  12. Nozes: assim como no caso anterior, as nozes também são fontes de vitamina E e de gorduras boas para o organismo.
  13. Espinafre: essa erva reúne compostos flavonoides e, por isso, deve estar presente em suas refeições.
  14. Brócolis: mais um verdinho amigo das células e combatente dos radicais livres, tudo isso graças aos carotenoides e flavonoides presentes em sua composição.
  15. Açaí: a polpa do açaí é um dos alimentos antioxidantes porque é fonte de antocianinas e proantocianidina, dois tipos de flavonoides.
  16. Óleo de coco: “a gordura do óleo de coco é rica em vitamina E, que atua como antioxidante”, afirma o nutricionista.
  17. Alho: para a surpresa de alguns, o alho é uma importante fonte de vitamina C e, por isso, também protege o corpo.
  18. Semente de linhaça: essa é outra importante aliada da saúde, trazendo benefícios ao organismo devido à riqueza em ômega 3 e 6.
  19. Cebola: nesse alimento, a quercetina e as vitaminas A e C são responsáveis pela proteção contra os radicais livres.
  20. Sementes de girassol: outro alimento classificado como antioxidante, pois possui vitamina E em sua composição.

“As quantidades de cada alimento devem ser prescritas por um nutricionista, que vai considerar a necessidade nutricional daquele paciente e estabelecer uma dieta de acordo com os seus objetivos”, destaca Leone Gonçalves.

Benefícios dos alimentos antioxidantes para a saúde e a beleza

Os radicais livres atuam destruindo aos poucos as moléculas do organismo, afetando células, tecidos e órgãos. Ao consumir alimentos antioxidantes, você protege o corpo contra esses agentes e garante mais saúde para todas as partes do corpo. Confira a seguir como esse efeito é percebido na prática!

Protegem a pele

Uma das consequências dos radicais livres é o envelhecimento precoce da pele, que pode ser evitado com uma dieta antioxidante. Assim, é possível desfrutar de uma pele mais saudável e jovem.

Auxiliam na saúde do coração

“Quando em excesso, os radicais livres passam a oxidar, degradar células saudáveis, como proteínas, lipídios e DNA, prejudicando diversas funções dentro do corpo, estando associados ao desenvolvimento de doenças crônicas, como a aterosclerose”, afirma o nutricionista. Além disso, a hipertensão é outro problema decorrente da ação desses agentes.

Protegem o cérebro

Leone Gonçalves também comenta que o desenvolvimento de doenças degenerativas como Alzheimer e Parkinson pode ser fruto da presença dos radicais livres. Portanto, o consumo de alimentos antioxidantes pode ser uma maneira de prevenir esses problemas que afetam o sistema neurológico.

Continua após o anúncio

Ajudam a prevenir o câncer

O estresse oxidativo decorrente do desequilíbrio entre os níveis de radicais livres e antioxidantes pode ser o fator de surgimento de alguns tipos de câncer. Ao mesmo tempo, quanto maior o número de antioxidantes, menor a possibilidade de desenvolver esse problema de saúde.

Contribuem para o emagrecimento

Esses alimentos podem ajudar a emagrecer, pois a obesidade, em alguns casos, está associada ao excesso de radicais livres no organismo. “Logo, incluir alimentos com potencial antioxidante ajuda na redução de radicais livres que deterioram certos processos metabólicos associados ao ganho de peso”, reforça.

Auxiliam na prevenção do diabetes

De acordo com o profissional, além de todas esses benefícios já mencionados, os alimentos antioxidantes naturais também protegem a saúde contra o desenvolvimento do diabetes.

Mesmo com tantos benefícios, não é recomendado abusar desses alimentos. “Por exemplo, embora a vitamina C seja um poderoso antioxidante, estudos revelam que o corpo não absorve mais do que 500 mg por dia, sendo o restante eliminado”, informa o nutricionista. Então, se você quer se cuidar mais, descubra agora como ter uma alimentação saudável.

As informações contidas nesta página têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.