Bumbum care: você já cuidou dessa parte do seu corpo hoje?

Skincare para os glúteos é nova tendência de tratamento para melhorar o aspecto da pele, flacidez, celulite, estrias e foliculites

Publicado por
Atualizado em 05.07.22

Pexels

Por
Em 17.05.22 às 15:38

Já imaginou ter uma rotina de cuidados para o bumbum para deixá-lo com a pele lisinha e mais saudável? Agora é possível, pois o skincare já deixou de ser exclusividade do rosto e também faz parte da rotina de cuidados para o bumbum. E a atenção com essa região não é só pra quando bate o verão, mas para o dia a dia, principalmente das mulheres que passam longos períodos sentada.

Publicidade

Investir em tratamentos estéticos, assim como comprar produtos para cuidar dos glúteos se tornou tendência. Mas, afinal, o que é o bumbum care? O Dicas de Mulher conversou com a médica Dra. Carol Berger, cirurgiã geral, pós-graduada em Dermatologia e especialista em procedimentos estéticos, que falou sobre os cuidados com a região e explicou como funciona o skincare para os glúteos.

“É uma rotina de cuidados específicos voltada para a região dos glúteos, culotes e coxas, com o objetivo de melhorar o aspecto da pele, prevenir e suavizar estrias e celulites. Além de tratar o lipedema e auxiliar na flacidez, foliculites e acne desta região”, explica a especialista.

Geralmente, o foco de atenção é em regiões que ficam mais expostas como o rosto e, muitas vezes, os cuidados com a pele do bumbum são esquecidos. A médica ressalta a importância de cuidar dessa região: “Assim como a pele do rosto, a pele dos glúteos necessita de cuidados para se manter saudável ao longo do processo de envelhecimento, principalmente pelas alterações da forma do corpo que as mulheres sofrem ao longo da vida, por questões hormonais, de peso e gestação”.

Como funciona o bumbum care?

O skincare deve ser montado conforme as necessidades de cada mulher, mas pode incluir, “hidratação diária após o banho com cremes específicos para a região, preferencialmente, indicados pelo seu dermatologista, de acordo com as principais alterações da região; esfoliação uma vez na semana; ingestão de pelo menos 2 litros de água por dia e bioestimuladores injetáveis (Sculptra / Radiesse) 1X ao ano para tratamento e prevenção da flacidez”, orienta.

Além disso, a especialista cita outros cuidados importantes, como “evitar roupas muito apertadas, pois interfere na transpiração da pele, provocando maior ressecamento da região. Evitar também roupas que causem grande atrito, pois propiciam o escurecimento da pele e pioraram foliculites.”

Dietas e exercícios físicos são essenciais, os mais recomendados são os que envolvem contração muscular, como isométricos, funcionais, pilates e musculação, indicados para melhorar e prevenir a flacidez do bumbum. “Os exercícios são fundamentais, pois melhoram a circulação local auxiliando na formação de colágeno e melhorando o tônus muscular, o que impacta diretamente no aspecto dos glúteos”, informa.

Quais produtos usar no skincare para o bumbum?

Usar roupas apertadas e passar muito tempo sentada são hábitos e comportamentos que podem deixar a pele dos glúteos com aspecto áspero e contribuir para o aparecimento de foliculites e acne, além de mudar o seu formato.

No entanto, existem, atualmente, diversos produtos específicos para esta área que atendem diferentes necessidades. “Os cremes para a região glútea são geralmente formulados com diferentes substâncias que se complementam baseado no problema principal (celulites, estrias, flacidez), explica a dermatologista.

Ela complementa dizendo que “é fundamental associar um hidratante, como ácido hialurônico, ceramidas e ureia, ativos drenantes (chá-verde, cafeína e hibiscos) e lipolíticos (mentol, cânfora, nicotinato de metila)”.

Publicidade

Outros tratamentos podem ser recomendados

Segundo Berger, a celulite é causa multifatorial e atinge entre 85 a 95% das mulheres. “Geralmente, o uso de cremes não é suficiente para eliminá-las completamente, mas complementam os procedimentos estéticos que podem ser realizados na região”.

Já o lipedema é o acúmulo anormal de gordura em glúteos e pernas, muito comum em mulheres que passam muito tempo em pé. O quadro provoca sensação de inchaço e desconforto, e pode ser causado por fatores genéticos, hormonais e comportamentais.

Além de realizar exercícios físicos, “o tratamento envolve drenagens linfáticas, uso de meias compressivas quando indicado, medicações com flavonoides, Diosmina e Hesperidina, além de cremes com formulações vasodilatadoras e drenantes, como chá-verde, cafeína e hibiscos”, explica a profissional. Contudo, destaca “nem todas essas substâncias podem ser utilizadas na gestação, então é fundamental o acompanhamento com seu médico dermatologista para ajuste da rotina de skincare corporal nesta fase”.

Alerta ainda que “o skincare nos glúteos pode auxiliar no tratamento de estrias, celulites, flacidez, lipedema e foliculites. Mas, “deve ser personalizado para cada mulher de acordo com sua necessidade individual”.

Se você precisa de mais dicas para cuidar dos glúteis, confira vídeos com exercícios para o bumbum que ajudarão a tonificar a região e contribuirão para eliminar a flacidez!