Mostarda previne o câncer e oferece outros benefícios surpreendentes

Além de saudável, ela pode dar um toque especial de sabor a saladas, carnes e pratos principais simples e elaborados

Escrito por
Atualizado em 17.05.22

Foto: Getty Images

Ao ouvir falar em mostarda, a maioria das pessoas pensa logo naquele molho que é vendido em supermercados e comumente utilizado para dar mais sabor a lanches, carnes e pratos em geral. Mas, você sabia que a mostarda é, na verdade, uma planta cultivada no mundo inteiro e que pode ser aproveitada desde as folhas até as sementes, e que é muito nutritiva?

Publicidade

Luiza Ferracini, nutricionista do Dietbox (plataforma que ajuda o profissional de nutrição a fortalecer o relacionamento com pacientes), comenta que a mostarda pode ser encontrada à venda em forma de semente, folha ou molhos industrializados. “É um alimento emblemático e possui muita história… Estima-se que tenha aparecido pela primeira vez na Índia nos anos 3000 a.C.”, diz.

Além de ser aproveitada de diferentes maneiras, a mostarda destaca-se por oferecer diversos benefícios à saúde. “As folhas e sementes da mostarda são ricas em minerais como cálcio, magnésio, potássio e fósforo. Além disso, possuem antioxidantes, como os flavonoides, que comprovadamente auxiliam na prevenção do câncer de mama, próstata, cólon e ovários”, destaca Luiza.

8 benefícios surpreendentes da mostarda

Saiba por que vale a pena incluir a mostarda na sua alimentação:

1. Poder desintoxicante: a folha de mostarda é rica em glucosinolato (composto que protege o fígado e melhora seu desempenho) e, por isso, ativa enzimas que metabolizam as substâncias tóxicas. Além disso, possui clorofila, que também contribui para a eliminação de toxinas da corrente sanguínea.

2. Combate ao colesterol alto: tanto a folha como a semente de mostarda são aliadas na hora de combater o colesterol alto. A semente contém vitamina B3, que combate a aterosclerose (quando ocorre acúmulo de placas de gordura, colesterol e outras substâncias nas paredes das artérias); e a folha melhora a produção de bile pelo fígado (que usa o colesterol como matéria-prima). Isto tudo ajuda, inclusive, a evitar as doenças cardíacas.

3. Melhora dos sintomas da TPM e da menopausa: a mostarda pode ser uma grande aliada, pois, especialmente devido à presença de cálcio e magnésio, ajuda a manter a boa saúde óssea das mulheres.

4. Combate a dores: com ação anti-inflamatória, a mostarda ajuda a aliviar dores articulares e musculares.

5. Prevenção ao câncer: Luiza lembra que a mostarda possui antioxidantes, como os flavonoides, que comprovadamente auxiliam na prevenção do câncer de mama, próstata, cólon e ovários.

6. Evita a prisão de ventre: como é fonte de fibras, pode ajudar no tratamento da prisão de ventre e no bom funcionamento do trânsito intestinal.

Publicidade

7. Prevenção à artrite e osteoporose: a mostarda possui grande quantidade de vitamina K, que atua diretamente na boa saúde óssea, entre outros nutrientes importantes neste sentido, como cálcio.

8. Melhora da circulação sanguínea: as sementes de mostarda também podem ser indicadas para o tratamento da hipertensão, já que estimulam a circulação sanguínea.

Por esses e outros inúmeros motivos, vale a pena incluir a mostarda na alimentação do dia a dia!

Como consumir mostarda

Foto: Getty Images

Luiza destaca que a mostarda pode ser consumida de diversas formas. “Para que seus benefícios sejam melhor aproveitados, o ideal é consumir as folhas cruas em saladas. Essas folhas devem ser armazenadas na geladeira higienizadas, para melhor conservação”, diz.

As folhas podem ainda ser refogadas ou cozidas no vapor e temperadas a gosto. Já as sementes, podem ser colocadas no preparo de carnes diversas e outros alimentos. “As sementes são utilizadas para fazer os molhos que estamos acostumados a consumir. Podem ser também trituradas e utilizadas como cobertura para saladas, em caldos de carne, etc.”, comenta a nutricionista Luiza.

A mostarda em pó, ainda de acordo com a nutricionista, é utilizada em pratos com ovos, queijos, coberturas para saladas. E é facilmente misturada.

O molho de mostarda, por sua vez, é bastante utilizado nos pratos prontos, combina com carnes e sanduíches, além de poder ser parte do tempero de saladas e legumes.

Em relação ao molho de mostarda comumente consumido, vale destacar: ele é feito à base de sementes de mostarda e, assim, possui seus nutrientes e benefícios. Porém, a maioria dos molhos de mostarda industrializados possui, em sua composição, outros ingredientes prejudiciais à saúde.

“Ainda não se sabe os malefícios que os alimentos industrializados podem causar à saúde dos seres humanos em função de seus corantes, acidulantes, etc. A mostarda em si não apresenta efeitos maléficos, mas deve-se ficar atento à quantidade de conservantes e preferir os molhos mais naturais”, comenta Luiza.

Publicidade

Uma boa dica é preparar seu próprio molho de mostarda em casa: basta deixar as sementes de molho em água, vinagre ou vinho até que fiquem macias. Depois, triturar num processador até obter uma pasta lisa, acrescentando ervas e especiarias de sua preferência.

Os diferentes tipos de mostarda

Foto: Getty Images

Conheça as particularidades dos principais tipos de mostarda:

Mostarda amarela: Luiza explica que a mostarda amarela combina com uma grande variedade de alimentos. Possui essa cor porque é adicionada cúrcuma à preparação.

Mostarda escura: a mostarda escura é consumida amplamente nas culinárias indiana, chinesa e japonesa, de acordo com Luiza. “Possui essa cor em função da maior concentração de sementes na preparação. Possui também um sabor mais picante”, explica.

Mostarda Dijon: leva este nome devido à cidade Dijon (França) ser grande produtora de mostarda e seus derivados. Luiza explica que a mostarda dijon possui vinho ou suco de uva em sua preparação. Pode apresentar também mel e outras especiarias. Pode ser combinada com saladas, sanduíches, carnes etc.

Com essas variações, é possível fazer deliciosas receitas utilizando mostarda! Inspire-se com as preparações abaixo que ganham o toque especial da mostarda:

Molhos e saladas com mostarda

1. Mostarda Dijon caseira: uma versão mais econômica da apreciada mostarda Dijon (que costuma ser bem cara aqui no Brasil). Além disso, essa mostarda fica simplesmente incrível e não é difícil de fazer!

2. Molho de mostarda e mel: uma ótima maneira de incrementar sua salada de folhas, deixando a alimentação saudável muito mais saborosa. Você usará apenas mostarda amarela, mel, limão e pimenta moída na hora.

3. Salada de espinafre, presunto cru e mostarda: uma salada sofisticada, deliciosa, mas fácil de preparar. Você utilizará apenas espinafre cru, presunto cru, rabanete cortado bem fininho e queijo, e fazer o molho à base de mostarda em grãos, azeite, creme de leite, ervas, sal e pimenta.

Publicidade

4. Salada de alface, tomate seco e molho de mostarda e mel: o rendimento é de seis porções, e você usará diferentes tipos de alface, além de uva-passa e o tomate seco. Para o molho, precisará de mostarda amarela, azeite, mel, gotinhas de limão, sal e água filtrada.

5. Salada de salmão defumado com queijo de cabra e molho de mostarda: uma salada elegante e deliciosa. Você precisará de mostarda em grãos, limão, creme de leite fresco, azeite, ervas, sal, salmão defumado, agrião, erva-doce e queijo de cabra.

6. Salada de folhas, figo e molho de mostarda e mel: combina perfeitamente bem com um quibe assado, por exemplo. Você usará mix de folhas, figos, nozes, queijo de ovelha, alho, mel, mostarda em grão, suco de limão e azeite de oliva.

Acompanhamentos e petiscos

7. Carpaccio de peras, mostarda e nozes: você usará apenas mostarda ao mel, nozes, peras, água filtrada e limão. É um prato que acompanha muito bem folhas verdes.

8. Carpaccio de abobrinha: além de ser uma versão vegetariana do carpaccio, é campeã no sabor, refrescante, saudável, facílima de fazer e barata! Vale a pena provar!

9. Quinoa com brotos e folha de mostarda: usar broto é uma forma de deixar o prato mais interessante, diversificado e saboroso. Além de brotos variados, você usará quinoa, tomate cereja, ovos e o molho (feito com mostarda, azeite e balsâmico).

10. Batatas à mostarda Dijon: um acompanhamento diferente e fácil de fazer. Você usará apenas batata-da-terra, salsa picada, manteiga, creme de leite fresco, mostarda Dijon, água, azeite de oliva, sal e pimenta moída.

11. Purê de batatas com mostarda e vinho branco: purê de batatas já é um acompanhamento que não tem erro, né? Com mostarda e vinho branco então… fica melhor ainda! Você usará batatas grandes, nata, alho, mostarda Dijon, vinho branco seco e manteiga.

12. Almôndegas picantes ao molho de mostarda escura: rápidas de fazer e ótima opção de petisco, essas almôndegas levam especiarias e uma boa dose de pimenta calabresa. Rende 35 bolinhos e você deve servir com mostarda escura.

13. Crepe de cogumelos e camembert com molho de mostarda: você usará ovos, leite, farinha de trigo, sal, manteiga, champignon, cogumelo portobello, abobrinha, queijo camembert, pimenta-do-reino, mostarda em grãos e creme de leite.

Pratos principais simples com mostarda

14. Frango cremoso com mostarda: bom para variar “o franguinho do dia a dia”! Você usará leite, salsinha, cebola, alho, azeite, manteiga, frango em cubos, sal, pimenta, noz-moscada, vinagre balsâmico, mostarda comum, mostarda Dijon e creme de ricota.

15. Carne de panela com molho de mostarda: o resultado é um molho bem forte, que mistura a acidez adocicada da mostarda amarela com todo o sabor da carne, e um aroma de tomilho para finalizar. Para amante de carne nenhum botar defeito!

16. Filé com molho de mostarda e batata: um prato fácil de fazer, mas que impressiona e agrada a maioria das pessoas. Boa dica para servir em um jantarzinho a dois ou para os amigos.

17. Filé mignon ao molho de mostarda: um prato de preparo simples e rápido, mas que fica incrivelmente bom. Para fazer o molho, além da mostarda Dijon e da mostarda amarela, você usará manteiga, cebola desidratada, água, creme de leite, sal e pimenta-do-reino.

18. Fraldinha assada na mostarda: se você não encontrar fraldinha, pode usar maminha que também fica uma delícia. As batatas ficam bem saborosas e douradas, devido a um “truque” especial da receita.

19. Filé de frango com molho de mostarda: a receita é feita com sassami, mas você pode usar o mesmo molho (que é delicioso) em outros cortes de frango, como coxa e sobrecoxa, por exemplo.

20. Frango ao molho de mostarda escura: em pouco tempo, você terá uma comidinha honesta, com um gostinho diferente e que ainda ficará mais “charmosa” com umas sementinhas de mostarda por cima.

21. Frango frito ao molho de mostarda: é daquelas receitas que você encontra em quase todos os restaurantes americanos. Fried chicken é uma receita tradicional na culinária sulista dos EUA e é bem fácil de fazer. Fica suculento, macio, crocante por fora e bem temperado.

Pratos principais elaborados com mostarda

22. Gravlax de salmão com molho de mostarda: um prato de sabores sofisticados e lindo só de olhar! Você usará salmão, açúcar, sal, pimenta branca, óleo, mostarda Dijon, mostarda, limão, e azeite.

23. Filé mignon suíno com molho de mostarda escura: como a peça de filé suíno é pequena, o prato rende para umas duas pessoas. Para acompanhar, a dica é um refogado de ervilhas.

24. Lombo de porco com molho de mostarda: você usará lombo de porco, cebola, alho, mostarda, orégano picado, vinho branco, sal, pimenta e azeite. Para acompanhar, batatas assadas no forno e salada verde.

25. Isca de fígado na mostarda: receita é bem simples, mas o “segredo” está exatamente em como deixar o fígado bem macio. A mostarda vai ao fim, por cima das iscas de fígado já grelhadas no azeite.

26. Couve salteada com alheira e mostarda: um prato diferente e saboroso, para quem gosta de inovar na cozinha. Você usará apenas couve portuguesa, alheiras, dente de alho, azeite, mostarda Dijon, sal e pimenta.

27. Medalhões de pescada no forno com mostarda: um prato elegante, leve e saudável. Você usará os medalhões de pescada, mostarda, salsa picada, sumo de ½ limão, azeite, sal e pimenta preta.

Advertências sobre o consumo da mostarda

Foto: Getty Images

Não há contraindicações para o consumo do alimento, de acordo com Luiza. “Apenas, deve-se atentar à quantidade de conservantes nos molhos industrializados, que podem ser prejudiciais à saúde”, diz a nutricionista.

Além disso, como outros alimentos, a mostarda não deve ser consumida em excesso. Para usufruir da melhor maneira dos benefícios que ela pode oferecer, o ideal é inclui-la na dieta sempre seguindo as orientações de um nutricionista.

Assuntos: Alimentação, Nodate