Lubrificação feminina: o que é + 7 dúvidas respondidas

Escrito por
Em 19.12.20

iStock

A lubrificação feminina é algo natural de cada mulher, mas muitas desconhecem informações sobre esse assunto. Pensando nisso, conversamos com a com a ginecologista Mariane Marinho de Souza (CRM/SC 17802), para responder às dúvidas existentes sobre o tema. Veja a seguir!

Continua após o anúncio

Índice do conteúdo:

O que é lubrificação feminina?

Segundo a ginecologista, ‘’a lubrificação feminina ou vaginal, de um modo simples, nada mais é que um líquido produzido pelo corpo feminino para manter a vagina lubrificada. Essa secreção natural é produzida pelo colo uterino e por glândulas que se encontram na parede vaginal: glândulas de Bartholin e Skeene. Esse fluido é importantíssimo para manter a limpeza vaginal e para facilitar a relação sexual.’’

7 dúvidas sobre lubrificação feminina respondidas

iStock

Mesmo sendo algo natural e produzido pelo corpo feminino, é comum surgir dúvidas sobre esse assunto. Pensando nisso, fizemos algumas perguntas à Mariane. Acompanhe as respostas da ginecologista a seguir!

1. O que causa a falta de lubrificação feminina?

Diversos fatores podem influenciar a diminuição desse fluido, dentre as principais causas: alterações hormonais (como a menopausa), uso de medicamentos (como os anticoncepcionais), estresse, pouco estímulo sexual, infecções, entre outros.

2. O excesso de lubrificação pode ser um problema?

Isso é algo raro, mas se essa secreção não for patológica (causada por alguma infecção) não tem problema, a não ser que mesmo não sendo infecção incomode muito essa mulher.

3. Como aumentar a lubrificação feminina?

Depende do que está acontecendo com essa mulher. Algumas vezes a questão resolve-se tratando infecções, indicando uso de lubrificantes, repondo hormônios, tratamentos com laser vaginal, entre outros. Mas cada caso precisará de uma avaliação médica.

4. Alimentos podem aumentar a lubrificação feminina?

Não há especificamente um alimento que aumentará a lubrificação, mas alguns alimentos contribuem para uma vagina saudável: verduras, comer duas porções de frutas ao dia, iogurtes, cranberry, alho e couve. Lembrando que esses alimentos são para ingestão via oral e não para colocá-los na vagina!

5. Como diminuir a lubrificação feminina?

Não existe uma fórmula específica para isso, mas mantendo uma alimentação equilibrada e exercícios físicos você terá um corpo equilibrado, consequentemente uma vagina saudável.

Continua após o anúncio

6. O ciclo menstrual influencia na lubrificação feminina?

Com certeza! A mulher que tem o seu ciclo natural (sem uso de anticoncepção hormonal) percebe isso com mais facilidade. Dependendo da fase em que se encontra, como, por exemplo, o período da ovulação, pode ocorrer um aumento na lubrificação e ainda mudança na consistência e na cor desse fluido natural.

7. Situações de estresse podem influenciar na lubrificação feminina?

Sim. Principalmente pelo aumento do hormônio do estresse que facilita mudanças na flora vaginal, podendo contribuir para infecções e consequentemente mudanças na secreção vaginal.

Como vimos, a lubrificação feminina é um líquido natural produzido pelo corpo das mulheres. Agora que você já tirou suas dúvidas sobre o tema, que tal aprender sobre alguns problemas vaginais e como lidar com cada um deles?

As informações contidas nesta página têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.