Lipoescultura gessada: a técnica que reduz gordura localizada e celulite

Procedimento pode ser feito tanto em homens como em mulheres que desejam reduzir medidas e amenizar a celulite

Escrito por Tais Romanelli

Foto: iStock

Diferentemente do que o nome possa sugerir, a lipoescultura gessada não se utiliza de gesso ou algo do tipo. Promovida exclusivamente pela Bothanica Mineral®, trata-se de uma técnica que consiste na aplicação de produtos genuinamente ortomoleculares.

“A palavra “gessada” faz referência à imobilização e compressão leve no local do tratamento, porque o paciente é submetido a várias etapas de cosméticos e, em uma das etapas, é colocada argila verde com o insumo chamado de LEORT (fórmula também conhecida como Éster Metil do Ácido Piridino Carboxil Atóxico) durante um período de 30 minutos a 1 hora. Assim, o local fica duro como se estivesse engessado”, explica Stefanne Holanda, fisioterapeuta dermatofuncional e proprietária da clínica Stefanne Holanda, em Teresina, no Piauí.

O LEORT é, aliás, uma preparação farmacêutica especial, com fórmula guardada a sete chaves, protegida até 2025 e, não conta com genérico, produto similar e nem pode ser manipulada em farmácias especializadas.

Os produtos ortomoleculares utilizados na lipoescultura gessada prometem oferecer ao corpo o que ele precisa, realizando, assim, uma detoxificação de dentro para fora. Mas, o que isso significa exatamente? Quais são os benefícios? Abaixo você esclarece essas e outras dúvidas sobre o procedimento.

Quais são as funções da lipoescultura gessada?

Foto: iStock

A lipoescultura gessada pode oferecer inúmeros benefícios para a beleza do paciente. Abaixo, a fisioterapeuta dermatofuncional explica quais são suas funções:

Leia também: 9 tratamentos estéticos para modelar o corpo e reduzir gordura localizada

  • Desintoxicação e melhor oxigenação dos tecidos
  • Regeneração das células
  • Modelagem do corpo
  • Redução da gordura localizada
  • Melhora da drenagem linfática do organismo
  • Prevenção contra o envelhecimento precoce, já que promove uma espécie de “varredura dos radicais livres”

Sendo assim, de forma geral, a técnica é bastante indicada especialmente para tratar a celulite em todos os graus e a gordura localizada, explica Stefanne.

Vale reforçar, porém, que como outros tratamentos, a lipoescultura gessada não faz milagres e não fará nenhum paciente emagrecer. Para resultados realmente significativos neste sentido, o ideal é que haja acompanhamento nutricional.

Como funciona a lipoescultura gessada?

Foto: iStock

Stefanne explica qual é o passo a passo do procedimento:

  1. Inicialmente é realizada uma esfoliação para melhor absorção nas áreas aonde será realizada a técnica.
  2. Na sequência, são aplicados os produtos ortomoleculares: aminoácidos, vitaminas, oligoelementos, fitoterápicos, proteínas e minerais. “Isso para promover um resultado rápido e eficiente, pois, por se tratarem de ativos compatíveis com o que temos em nosso organismo, a aceitação deles será muito maior do que no caso de um cosmético comum”, explica Stefanne.
  3. Por último, é colocada a argila verde com LEORT durante um período de 30 minutos a 1 hora. “Para manter as ataduras mais fixadas sobre a pele, é colocado, geralmente, um filme plástico ao redor da região tratada”, acrescenta a fisioterapeuta.

É importante se submeter a este tipo de tratamento somente com profissionais habilitados para isso, que indicarão, inclusive, o número de sessões necessárias avaliando cada caso particularmente.

Stefanne explica ainda que, dependendo do caso, pode ser indicado associar a lipoescultura a técnicas, como, por exemplo, massagem modeladora, drenagem linfática, endermoterapia e massagem turbinada.

Leia também: Abdominoplastia: 12 dúvidas sobre a plástica do abdômen esclarecidas

Contraindicações da lipoescultura gessada

Conforme destaca Stefanne, por ser utilizado um produto ativo no tratamento, existem algumas contraindicações: gestantes, lactantes, pessoas com doenças crônicas, febre, insuficiência renal crônica, hipertensão ou hipotensão arterial descompensadas.

Além disso, vale reforçar a necessidade de escolher um bom profissional que avaliará cada paciente particularmente e poderá identificar outras possíveis contraindicações, se for o caso.

Mais dúvidas sobre lipoescultura gessada esclarecidas

Foto: iStock

Por ser uma novidade ainda para muita gente, existem várias dúvidas em torno do procedimento. Abaixo você confere o esclarecimento para a maioria delas.

1. Quantas sessões são recomendadas para resultados realmente eficazes?

“Cada paciente responde numa determinada sessão. Portanto, é sempre bom orientar esse paciente, fazer avaliação minuciosa, avaliar os hábitos de vida dele e ser prudente ao determinar o número de sessões. Mas, de forma geral, são necessárias de 6 a 10 sessões”, explica Stefanne.

Leia também: Bandagem redutora: aprenda como é feita a técnica que elimina gordura

“Lembrando que essa técnica é para pacientes saudáveis… Caso o paciente faça uso de mais de três medicamentos por dia, por exemplo, o resultado pode demorar mais. É essencial ainda que o paciente saiba que essa técnica é um acelerador de resultados e um aliado, não dispensando a necessidade de uma alimentação equilibrada e a prática de atividades físicas”, acrescenta a fisioterapeuta.

2. Os resultados conseguidos com a lipoescultura gessada têm boa durabilidade?

“A técnica pode liberar de 500 a 1000 calorias por aplicação nas 48 horas posteriores da aplicação do procedimento. O seu efeito é prolongado e termogênico. No entanto, como no caso de outros procedimentos estéticos, se o cliente não tiver uma alimentação equilibrada e não praticar atividades físicas, os resultados conseguidos não serão duráveis”, explica Stefanne.

3. O que o paciente pode fazer para potencializar os resultados do procedimento?

Além da alimentação equilibrada e da prática de atividades físicas, de acordo com Stefanne, é indicado o uso de produtos como cremes e até mesmo nutricosméticos. “Costuma-se indicar também alimentos anti-inflamatórios e desintoxicantes para potencializar os resultados”, diz.

Leia também: Como combater a celulite e a gordura localizada com a massagem modeladora

4. Quais são as regiões do corpo mais indicadas para se fazer este procedimento?

“A lipoescultura gessada é uma técnica que pode ser utilizada em toda parte do corpo onde tem gordura localizada, celulite e flacidez, como braços, abdômen, flancos, culotes e coxas. Esse procedimento pode ser feito tanto em homens como em mulheres que desejam reduzir medidas”, explica Stefanne.

5. Qual é o custo aproximado de cada sessão?

Os preços variam bastante de clínica para clínica, mas, de acordo com a fisioterapeuta, cada sessão sai em média R$150,00 a R$300,00.

“É essencial procurar por profissionais especializados e certificados na técnica para que o paciente tenha, de fato, o tratamento que merece”, finaliza Stefanne.

Depoimentos de quem já fez

Foto: iStock

Nada melhor do que conferir os depoimentos de quem já se submeteu à lipoescultura gessada para conhecer mais o tratamento!

Dani Bonfantti, 40 anos: “Fiz duas sessões por enquanto. Achei os resultados excelentes. Na primeira sessão já senti melhora visível de pele e uma drenagem fantástica, eliminando até 500g. O resultado se completou no segundo dia, com a diminuição de celulite e retenção. Sou atleta e estou me preparando para disputar um campeonato na Califórnia, pretendo fazer o procedimento semanal para potencializar os resultados do treino e dieta, assim moldando o corpo conforme a categoria pede”.

Jéssica de Carvalho, 26 anos: “Fiz seis sessões na área das coxas, por estar incomodada com a quantidade de celulite. Gostei do resultado que acredito ter sido possível também devido à minha reeducação alimentar e à prática de exercícios físicos que sigo fazendo”.

Patrícia Mattos , 23 anos: “Estou sempre em busca de novidades em relação a procedimentos estéticos, por isso resolvi testar a lipoescultura gessada. Tenho gostado dos resultados, que já na notei desde a primeira sessão, mas reconheço a necessidade de cuidar também da minha alimentação, para que eles sejam mesmo duradouros”.

Caso queira aderir à lipoescultura gessada, procure primeiramente uma profissional habilitada na técnica e não deixe de tirar com ela todas as suas dúvidas. Como no caso de outros procedimentos, é fundamental iniciar um tratamento tendo expectativas reais sobre ele!

Dicas pela Web