Como apoiar uma mulher que está enfrentando o câncer de mama

Escrito por Mariana Gil

iStock

O câncer de mama, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), atinge mais de 50 mil mulheres todos os anos no Brasil, e uma dessas mulheres pode estar perto de você. É muito importante saber como apoiá-la nesse momento delicado, oferecendo sua compreensão e carinho através de passos pequenos, mas que podem fazer toda a diferença.

Saiba como você pode apoiar uma mulher que está enfrentando o câncer de mama e faça a sua parte.

1. Informe-se

iStock

Faça pesquisas, procure profissionais para sanar dúvidas e conheça mais sobre o câncer de mama, seus sintomas, fatores de risco e tratamentos. Assim, você entenderá melhor como a doença se manifesta e os possíveis obstáculos que sua amiga terá que superar. Mas lembre-se: como qualquer outra doença, os sintomas podem se apresentar de diferentes formas em cada pessoa. Não existe uma regra.

2. Conheça a história de mulheres que superaram o câncer

iStock

Procure conversar com mulheres que superaram o Câncer de Mama. Conheça um pouco mais sobre suas histórias, a relação com a doença e como foi a superação. Tente conversar também sobre como elas se sentiam em relação a elas mesmas e aos que estavam ao seu redor. Só tome cuidado: caso a mulher não se sinta confortável em tocar nesse assunto, não insista!

3. Seja um ombro amigo

iStock

Esse é um momento muito delicado e frágil. Ofereça apoio, consolo e esteja ao lado dela sempre que puder. Ela não precisa de conselhos, precisa apenas de alguém que ofereça um ombro amigo para que ela possa chorar, rir, desabafar e se sentir segura. A sua amizade é a coisa mais valiosa que você pode oferecer nesse momento.

Leia também: 10 famosas que venceram o câncer de mama que dão força e esperança

4. Escute

iStock

Saiba escutar o que sua amiga tem a dizer. Nesse momento é necessário ouvir mais e falar menos. Entenda que ela está passando por muita coisa, e muitas vezes precisa desabafar todos os sentimentos que estão guardados. Vai ser bom para ela saber que existe alguém ao seu lado que saiba escutar e que a apoie.

5. Nunca diga “eu entendo o que você está passando”

iStock

Mesmo que você já tenha passado pela doença, evite frases como “eu entendo o que você está passando”, afinal, cada pessoa tem uma maneira diferente de lidar com as coisas. Ao dizer isso, você faz com que a ela se sinta diminuída e fraca por não conseguir administrar os obstáculos como você. Apenas a apoie e auxilie para que ela não perca as forças.

6. Não fale o tempo todo sobre a doença

iStock

É importante, sim, conversar sobre a doença e saber como ela está se sentindo, mas não o tempo todo. Tente puxar outros assuntos e deixe a conversa mais leve para que ela possa se distrair e se divertir. Falar o tempo todo sobre a doença só vai deixá-la mais triste e pode até fazer com que ela desanime.

7. Não ignore a doença

iStock

Assim como falar o tempo todo sobre, não falar também é um problema. Muita gente prefere não conversar sobre a doença com medo de ferir os sentimentos da mulher, porém isso pode fazer com que ela se sinta mal por você ignorar que ela está doente. Pergunte se ela se sente confortável em falar sobre isso, tire suas dúvidas em relação ao que ela está passando e não tenha medo de falar sobre o câncer de mama.

8. Ofereça amizade, não piedade

iStock

Uma das coisas mais desagradáveis que você pode fazer é oferecer ajuda por estar com “pena” de quem está com câncer de mama. O momento pede sentimentos sinceros e ajuda efetiva. Ofereça sua amizade, seu apoio e compreensão, e não fique do lado dela apenas porque está com dó de sua situação.

Leia também: Outubro Rosa: saiba como prevenir o câncer de mama

9. Não minimize a dor dela

iStock

Cada pessoa tem uma forma de lidar com os problemas e as doenças, e ninguém jamais saberá de verdade o sentimento dentro do outro. Por isso, é importante que você não minimize a dor dela e nem se irrite caso ela esteja para baixo, desanimada e sem esperanças. Ofereça seu apoio e esteja ao lado dela em todos os momentos para isso seja mais fácil de superar.

10. Incentive-a a procurar grupos de apoio

iStock

Os grupos de apoio podem ser de grande ajuda para que sua amiga conheça a luta de outras mulheres e compartilhe a sua própria história com elas. Ali, ela poderá desabafar com pessoas que estão passando pela mesma situação, compartilhar suas dificuldades e ouvir histórias de superação que podem dar a ela conforto e enchê-la de esperança.

11. Ajude-a a manter a autoestima

iStock

É provável que a doença deixe a autoestima dela abalada, principalmente no meio do tratamento quando a maioria das mulheres perdem os cabelos e passam pela cirurgia nos seios. Ajudá-la a manter a autoestima pode ser de grande ajuda para que ela tenha mais força para passar por tudo isso. Incentive-a a usar lenços, roupas leves e confortáveis, e os produtos de beleza que ela mais gosta. Mostre que ela continua linda e que não há doença que possa tirar isso dela.

12. Não deixe ela de lado na hora de se divertir

iStock

Pode ser que, por causa da doença, você ache que sua amiga não queira sair de casa, passear ou se divertir. Em alguns momentos pode até acontecer, afinal, o momento é delicado e frágil. Porém, sempre inclua ela em seus planos e mostre que ela pode ter uma vida normal e divertida mesmo estando doente. Convide-a para ir ao cinema, a um bar ou qualquer outro programa que vocês já faziam juntas antes do câncer. Mesmo que ela recuse o convite, se sentirá querida por ser lembrada por você.

13. Incentive-a a fazer as coisas que ama

iStock

Não permita que, por causa da doença, ela deixe suas maiores paixões de lado. Pode ser que ela seja amante das artes, como pintura, ou da escrita e da leitura, ou até mesmo da culinária. Incentive-a a fazer todas as coisas que ama porque, além de deixá-la feliz, ajudará ela a se distrair e deixar o cotidiano mais leve.

Leia também: Sororidade: empatia e solidariedade fortalecendo a rede de mulheres

14. Faça com que ela se sinta sempre amada

iStock

O mais importante de tudo é tratar sua amiga com respeito, carinho e fazer com que ela se sinta amada. Mobilize as pessoas mais próximas de sua vida para que possam sempre enchê-la com ternura, compreensão e que estejam sempre prontos para ajudá-la. O apoio é muito importante para todo o processo de tratamento, e é ainda mais eficaz se feito com muito amor.

Com pequenos passos você pode fazer com que esse momento seja menos doloroso para a mulher que está com câncer de mama. Converse com as pessoas mais próximas a ela, compartilhem informações sobre a doença e pensem nas melhores formas de ajudar essa pessoa incrível que precisa de vocês mais do que nunca. O apoio de vocês pode mudar tudo.

Assuntos: Outubro Rosa

Para você