Acupuntura: conheça a técnica milenar que cura e previne doenças

Escrito por Lia Nara Bau

Foto: iStock

Há milhares de anos os chineses já sabiam que pequenas agulhas em pontos estratégicos do corpo interferiam na saúde do nosso organismo. Trata-se da acupuntura, uma técnica milenar chinesa com aplicação de agulhas, que está inserida na medicina tradicional chinesa (MTC). Na MTC, além da acupuntura, também temos outras técnicas, como moxabustão, ventosas, entre outras.

A fisioterapeuta e acupunturista Viviane Bermudez explica que, antes do surgimento do bronze e do ferro, o povo trabalhador chinês antigo já usava pedras no lugar das agulhas como instrumento de cura. A inserção de agulhas em pontos específicos do corpo pode tratar doenças físicas e emocionais, além de melhorar o sistema imunológico.

10 benefícios da acupuntura para a saúde

Foto: iStock

  1. Analgésico
  2. Relaxante muscular
  3. Sedativo
  4. Ansiolítico
  5. Antidepressivo
  6. Antiinflamatório
  7. Indutor da imunidade
  8. Facilitador na reabilitação após acidente vascular encefálico
  9. Estimulante da reparação e cicatrização tecidual
  10. Prevenção de doenças

Os benefícios da acupuntura para a saúde são praticamente ilimitados. Isso porque a técnica pode tratar qualquer doença e promover saúde.

Viviane salienta que o principal objetivo da acupuntura é o equilíbrio energético do corpo. “Na medicina chinesa, todas as doenças têm origem em um desequilíbrio provocado por agente externo ou pelo próprio organismo, desencadeado por alterações que podem ter origem emocional. Então, o objetivo da acupuntura e da MTC é o reequilíbrio energético do corpo e, assim, a sua cura sem uso de medicamentos ocidentais.”

Tipos de acupuntura

Foto: iStock

Atualmente a acupuntura já se tornou bastante popular no mundo ocidental e é utilizada para os mais diversos fins.

Leia também: 10 receitas de chá para acabar com a infecção urinária

No entanto, não se pode dizer que existem tipos diferentes de acupuntura. Viviane fala que a acupuntura é uma só, a técnica é a mesma, utilizada com objetivos diferentes: para estética, prevenção, relaxamento e cura. Mas os princípios são os mesmos.

Já a auriculoterapia é uma técnica específica dentro da acupuntura. “São utilizados pontos somente na região auricular. Pode ser usado agulha, semente, esferas de ouro, prata e cristais. O uso do laser também pode ser utilizado no lugar das agulhas.”

Atualmente, ela explica que a acupuntura é realizada também com auxílio de estímulos elétricos através da eletroacupuntura. Além da inserção da agulha, também é realizado um estímulo elétrico no ponto, através de aparelho específico para eletroacupuntura.

Como funciona?

Foto: iStock

Um tratamento com acupuntura deve ser iniciado com uma entrevista, através da qual o acupunturista irá identificar os hábitos de vida do paciente, doenças, histórico familiar, queixas, etc. Também é analisada a cor e o aspecto da pele e da língua.

Dessa forma são escolhidos os pontos para inserção das agulhas. Viviane frisa que existe mais de um tipo de agulha e vários tamanhos. Elas são inseridas conforme o local, podendo ser profundas ou mais superficiais. Podem ser usadas subcutâneas também.

Leia também: 9 óleos que são excelentes para aliviar dores

Acupuntura dói?

A sensação de dor é muito subjetiva e varia de pessoa para pessoa. As agulhas utilizadas na acupuntura são extremamente fininhas. “Dói de acordo com o ponto puncionado ou a quantidade de energia liberada”, frisa Viviane.

Quantas sessões são indicadas?

A sessão costuma durar de 15 a 30 minutos, que é o tempo em que o paciente fica deitado com as agulhas. Depois, elas são retiradas e as melhoras são percebidas nos dias seguintes, variando em cada caso.

A atuação das agulhas no corpo pode durar de 24hs a 48hs. Conforme o objetivo do tratamento, podem ser necessários dias alternados, 1, 2, ou 3 vezes por semana e até de 15 em 15 dias, conforme objetivo e técnica utilizada.

“A auriculoterapia, por exemplo, pode ser de 15 em 15 dias. Já a acupuntura usada para prevenção pode ser 1 vez por semana e para tratamentos curativos o ideal é ser 2 a 3 vezes por semana”, exemplifica Viviane.

Pontos de acupuntura

Foto: iStock

A acupuntura pode utilizar mais de mil pontos pelo corpo. Ao escolher os pontos em que serão aplicadas as agulhas, o acupunturista visa desbloquear o fluxo energético e restabelecer a saúde.

Leia também: Tai Chi Chuan: saiba mais sobre os benefícios dessa potente arte milenar

“São muitos pontos, mas são mais usados antebraços, mãos, pernas e pés. A auriculoterapia também é muito utilizada”, diz Viviane. Ela enfatiza que, para cada objetivo de tratamento são utilizados um grupo de pontos juntos. “Dificilmente se usa somente um ponto para tratar alguma disfunção.”

Segundo a MTC, existem 12 meridianos principais que estão relacionados com cada órgão – pulmão, coração, rins, fígado, etc. Desta forma, é preciso saber o local exato da dor ou desconforto para saber qual o meridiano afetado e, dessa forma, balancear a energia. O equilíbrio das energias do nosso corpo é o grande diferencial da acupuntura em relação a tratamentos convencionais da medicina.

Dicas pela Web