Luz intensa pulsada

Entenda como funciona e por que este tratamento ficou tão popular

luz intensa pulsada Luz intensa pulsada

Os tratamentos com luz intensa pulsada se tornaram os queridinhos das revistas de beleza e caíram no gosto da população. Não era para menos, além de um preço acessível, a luz pulsada é um jeito não evasivo de cuidar de problemas da pele, seguro, rápido e quase sem dor alguma. Quer saber mais?

Como a luz intensa pulsada age?

Ela consiste na aplicação de suaves pulsos de luz na pele, permitindo corrigir várias lesões tanto no rosto quanto no corpo. Esse tipo de tratamento é ideal para eliminar e/ou suavizar rugas finas, envelhecimento facial, das mãos, do dorso e do pescoço, corrigir vasos faciais muito finos, rosácea, manchas senis, danos solares, mudanças de textura da pele, olheiras e manchas variadas.

Como é a aplicação da luz intensa pulsada?

Em primeiro lugar, os olhos dos pacientes e do médico que fizer a aplicação precisam ser protegidos da luz. Depois, um gel gelado é aplicado sobre a região a ser tratada e o cristal aplicador é aproximado da pele.

No aparelho de luz pulsada, existe um resfriador acoplado ao cristal que, quando é ligado, emite pulsos de luz de alta. A cada pulso, você sente uma sensação de leve “beliscão” na pele, que é bem tranquila e mais leve que a sensação de depilação com cera quente, por exemplo.

Para quem tem a pele mais sensível, existe um creme anestésico que pode ser aplicado, mas é raro alguém precisar disso. Após a aplicação, pode aparecer uma leve vermelhidão, que desaparece quase que no mesmo dia. Por fim, o médico usa um creme hidratante com protetor solar.

Também serve para depilação?

Sim, a luz pulsada é um método que caiu nas graças das mulheres principalmente por acabar com os pelos em definitivo. Os pulsos de luz na pele são absorvidos e convertidos em calor pela melanina presente no pelo, enfraquecendo progressivamente os folículos pilosos, o que inibe o crescimento dos pelos.

É necessário fazer de quatro a oito sessões para acabar em definitivo com eles. Esse tratamento também pode ser usado por homens, em qualquer parte do corpo, inclusive na barba.

É importante lembrar que, enquanto você faz as sessões, não é permitido usar métodos de depilação que tiram o pelo com raiz e tudo (cera e depiladores elétricos, por exemplo). Isso porque a eficácia da luz pulsada fica comprometida, uma vez que ela não vai encontrar a raiz dos pelos.

Qual a diferença em ter depilação com luz pulsada e a laser?

A depilação com luz pulsada cobre uma área maior que o tratamento com laser, porém o tratamento com laser costuma precisar de menos sessões (de três a seis). Mas as sessões de depilação a laser são mais caras.

É verdade que a pele negra não se beneficia da depilação com luz pulsada?

Exatamente. Como a pele negra tem mais melanina, acaba ficando com uma maior capacidade de absorção de luz, pelo que o tratamento com luz pulsada pode provocar danos na pele, tais como queimaduras, bolhas e descoloração. Mas há exceções, por isso vale conversar antes com seu dermatologista.

A luz pulsada e os tratamentos para fotoenvelhecimento

Você percebe o fotoenvelhecimento nas áreas mais expostas ao sol, como rosto, colo, braços e pescoço, que passam a ter manchas mais escuras. A luz pulsada age nessas manchas, eliminando os pigmentos mais escuros e avermelhados, o que deixa a pele mais rejuvenescida.

Quais são os cuidados necessários depois da aplicação?

Após feita a aplicação, você precisa usar filtro solar e já pode retornar às suas atividades imediatamente. A duração de uma sessão é de 20 a 40 minutos.

A recomendação mais importante é a de evitar o sol por duas a três semanas após a aplicação, bem por isso que fazer esse tratamento no inverno é mais fácil, já que você não vai frequentar piscinas e praia no frio.

Também é necessário ficar 24h sem fazer atividade física após a aplicação. Esse cuidado é necessário para evitar excesso de calor na região que recebeu a luz pulsada, uma vez que ela já está quente.

Por mais que tenha se tornado popular, não se arrisque fazendo esse tratamento em lugares que não transmitam confiança, já que você pode sair com a pele manchada. Converse com seu dermatologista antes, se ele não fizer esse tratamento, vai poder lhe indicar um lugar seguro para cuidar da sua pele, ok?