Creme para varizes: saiba se funcionam e quais os tratamentos indicados

Escrito por
Em 23.07.20

iStock

Estima-se que mais de 40% da população brasileira sofre com varizes. Elas causam dor, desconforto, inchaço e até mesmo problemas de pele. Mas, será que existe algum creme para varizes que trate o problema? A angiologista Juliana Lopes (CRM 51726), respondeu essa dúvida e indicou os principais tratamentos para varizes e como tratar os sintomas.

Continua após o anúncio

Creme para varizes funciona?

A angiologista informa que os cremes funcionam, mas, para melhorar os sintomas causados pelas varizes e não para eliminá-las. Ela acrescenta que “existem cremes para varizes formulados com propriedades farmacêuticas, estes sim, têm a sua eficácia comprovada cientificamente e auxiliam no tratamento dos sintomas.”

7 tratamentos para varizes realmente eficazes

Como os cremes atuam mais sobre os sintomas das varizes, a angiologista indicou quais tratamentos são recomendados para quem precisa eliminá-las, explicando como funciona cada um. Confira!

1. Cirurgia convencional

iStock

A microcirurgia de varizes (flebectomia ambulatória) pode remover varizes de tamanho pequeno ou médio, é realizada com anestesia local e dura cerca de 30 minutos. O cirurgião vascular faz pequenos cortes sobre as varizes e remove os vasos que estão gerando as varizes mais superficiais. O paciente retorna para a casa no mesmo dia, mas, deve permanecer em repouso por sete dias para cicatrizar totalmente os cortes.

2. Endolaser

iStock

O procedimento é feito usando a fibra do endolaser para tratar a veia safena doente. Essa fibra transmite um calor que queima a veia por dentro, fazendo com que suas paredes “colem” uma na outra, gerando a cicatrização (fibrose). A cirurgia por endolaser é menos dolorida, pois, é feita sem incisão da pele. O método causa menos hematoma pós-operatório e o paciente retorna mais rápido às atividades rotineiras.

3. Escleroterapia com espuma

iStock

Indicado para varizes de maior calibre, esse tratamento é feito por meio de aplicação de um medicamento em forma de espuma (polidocanol) dentro dos vasos. Essa substância se espalha e ocupa o lugar do sangue, ocorrendo assim, a cicatrização (fibrose). Os riscos desse procedimento são baixos e a maioria das reações são passageiras.

4. Laser para vasos superficiais

iStock

Continua após o anúncio

Esse procedimento dura de 10 a 20 minutos e é indicado para tratar vasos mais superficiais. O laser atravessa a pele e atinge a hemoglobina dos vasos, que recebe o laser e aumenta a temperatura do sangue, eliminando o vaso pelo calor. O paciente não pode se expor ao sol 30 dias antes e 15 dias após o tratamento.

5. Clacs

iStock

Clacs é uma tecnologia incorporada para cirurgia vascular, que combina o laser com as aplicações convencionais. O médico utiliza um aparelho que resfria a pele e miniminiza o desconforto do laser e da aplicação feita com a agulha. Esse método é indicado para tratar pequenas varicosas ou veias maiores.

6. Crioescleroterapia

iStock

A Crioescleroterapia é um método simples que utiliza os mesmos produtos (esclerosantes) da escleroterapia comum. Ele trata os pequenos vasos, por meio da aplicação de um líquido em baixa temperatura. Essa substância causa uma lesão térmica e química, que destrói a parede interna do vaso. O procedimento leva de 10 a 20 minutos, o retorno do paciente às atividades é imediata, exceto às atividades esportivas, que são de 2 horas.

7. Tratamento clínico

iStock

A angiologista explica que “o tratamento clínico deve ser feito antes de qualquer outro procedimento mencionado acima. Ele trata os sintomas causados pelas varizes e é realizado por meio dos seguintes métodos: compressão, medicamentos, cremes para varizes, atividade física, exercícios direcionados e repouso com pernas elevadas.” Entretanto, a indicação do tratamento depende de cada caso.

Agora que você já tirou as suas dúvidas sobre creme para varizes, não deixe de consultar um(a) angiologista. Pois, para realizar qualquer tratamento informado na matéria, é necessário estar sempre em acompanhamento desse(a) especialista. Aproveite e saiba mais sobre meias de compressão, uma aliada contra os sintomas das varizes.

As informações contidas nesta página têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.