Como controlar a ansiedade: dicas para lidar com o problema

Escrito por
Em 16.09.20

iStock

“A ansiedade é uma preocupação intensa, excessiva e persistente. É um estado emocional relacionado ao medo, à antecipação de eventos e à crença de que não somos capazes de controlar algo”, aponta a psicóloga Sandra Escame. Para saber como controlar a ansiedade, confira a matéria na íntegra com informações da profissional!

Continua após o anúncio

Índice do conteúdo:

11 dicas para controlar a ansiedade

A ansiedade gera sintomas orgânicos e psicológicos. Em alguns casos, está relacionada a um pensamento obsessivo, intrusivo, que nos persegue e do qual não conseguimos nos livrar. Então, a psicóloga Sandra Escame nos indicou sugestões para lidar com o problema. Olha só:

1. Trabalhe a aceitação

iStock

A ansiedade é uma emoção humana natural, então é completamente normal ficar ansioso diante de situações importantes ou que representem algum risco. Por isso, não lute contra ela.

2. Tenha foco

Deixando de lutar contra a ansiedade (antecipação dos problemas) e contra o que não tem controle, você poderá gastar sua energia com aquilo que realmente pode controlar. Fazendo o que pode e precisa fazer!

3. Use seu tempo com atividades produtivas

iStock

Leia, estude, faça um curso online, treine um novo idioma, pinte, borde, coloque seu corpo em movimento… Isso é bom: produz serotoninas e endorfinas que ajudam no controle da ansiedade!

4. Cultive hábitos saudáveis

Sandra indica que uma boa alimentação, atividades físicas, regularidade e qualidade de sono auxiliam no controle da ansiedade.

5. Converse com quem está por perto

iStock

Continua após o anúncio

Dialogar, olhar nos olhos, nos conectar com quem realmente importa… Reaprenda a se comunicar, a se relacionar!

6. Mantenha uma rotina

Isso gera organização, o que ajuda na redução da ansiedade, como aponta a psicóloga.

7. Faça refeições em família

iStock

Se for para comer, que seja junto. Resgate esse hábito. Aproveite o momento e se joga!

8. Organize seu ambiente e pratique o desapego

Faça uma limpeza no guarda-roupa e se desfaça do que não usa mais. Deixe tudo mais “leve” ao seu redor. Acredite: um ambiente organizado e limpo faz a diferença!

9. Tire um tempo para si mesma

iStock

Medite, tome um banho demorado, hidrate o cabelo, a pele, cuide das unhas, treine penteados novos… Cuide-se!

10. Não procrastine

Pense menos e faça mais. Pensar no problema gera mais ansiedade do que tentar resolvê-lo. Sandra afirma que essa é uma dica de ouro. Vale apostar!

11. Se precisar, procure ajuda

iStock

Por último, mas não menos importante: não hesite em buscar ajuda caso sinta que não consegue lidar com as situações de estresse e ansiedade. Fique de olho!

Continua após o anúncio

Essas são algumas dicas práticas que podem te ajudar a controlar a ansiedade no dia a dia. Aproveite todas elas e se atente à sua saúde mental!

Vídeos sobre como controlar a ansiedade

Para mais dicas e discussões sobre o assunto, acompanhe os vídeos que separamos. Com certeza, eles serão úteis na sua busca pelo controle da ansiedade!

Dicas de uma profissional

No vídeo, você encontra a explicação de uma psicóloga sobre a ansiedade, além de 7 dicas para lidar de um modo mais leve com o problema. Confira e não deixe de colocar as dicas em prática!

Conversa sobre ansiedade

Esse é um diálogo que pode te ajudar a controlar a ansiedade. Se você busca por esclarecimentos sobre o problema e dicas para passar por isso, precisa dar uma olhada no vídeo!

Técnicas de respiração para controlar a ansiedade

A respiração ajuda muito no alívio da ansiedade e funciona para lidar com ela no cotidiano. Por isso, confira essas técnicas que podem te auxiliar. E não se esqueça de entender o motivo de estar ansiosa, viu?

Utilize as informações a seu favor e não deixe de cuidar de si mesma! Confira também receitas de chás para ansiedade que podem te acalmar.

As informações contidas nesta página têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.