Retinol: substância rejuvenesce a pele atenuando as rugas

Hidrata, trata a acne e suaviza as rugas. O retinol é o que há de mais atual para combater o envelhecimento da pele

Escrito por Fernanda Segantini

Foto: Thinkstock

Muito usado desde a década de 90, o retinol começou a ser receitado por dermatologistas como tratamento para acne, mas os pacientes começaram a relatar em suas consultas uma mudança significativa também na diminuição de rugas.

Um estudo realizado com idosos pela Universidade de Michigan em 2007 comprovou que a pele tratada com uma loção a base de retinol ficou mais hidratada, com rugas atenuadas, teve um aumento significativo na produção de colágeno e além de melhorar a aparência, o efeito diminuiu a probabilidade do surgimento de feridas na superfície da pele.

A advogada Amanda Bernardino conta que começou a usar um creme a base de retinol há um ano por indicação da sua dermatologista. “Quando completei 25 anos, minha dermatologista recomendou que eu usasse o creme todos os dias. Senti muita diferença na minha pele, já tinha algumas marcas de expressão no rosto e elas atenuaram bastante”.

Amanda ainda diz que além das marcas de expressão, todos os dias quando aplica o produto sente seu rosto renovado “Fiquei satisfeita demais com os resultados. Além de atenuar as marcas, sinto uma diferença significativa na expressão de cansaço do rosto todas as manhãs. Quero ver se o creme cumpre todas as promessas e previne as rugas em longo prazo”, completa a advogada.

Mas, o que é o retinol?

O retinol é a uma molécula da vitamina A, a forma alcoólica do ácido retinoico. O ácido retinoico é a substância com maior comprovação científica de agir contra o envelhecimento e a formação de acne. Seu efeito se dá sobre o material genético da célula, aumentando assim a capacidade de renovação da pele.

O ácido retinoico é um excelente aliado para quem quer suavizar as marcas no rosto, no entanto, o início do tratamento pode ser complicado para a pele. Normalmente, o uso contínuo do ácido tende a deixar a pele avermelhada, ressecada, com sensação de ardor e descamada. Por isso, para fazer uso deste produto é preciso recomendação médica e receita.

Segundo a dermatologista Paula Rasos da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro, o retinol tem ação mais leve que do ácido retinoico, os resultados demoram um pouco mais para acontecer, em compensação apresenta melhor aceitação da pele. “O retinol pode ser usado em forma de creme ou sérum, sempre à noite e regularmente. Este produto é um útil aliado para hidratação e rejuvenescimento da pele”, afirma.

O retinol não precisa de receita médica e pode ser encontrado em diversos produtos no mercado de cosméticos, mas é sempre aconselhável ter a opinião de um profissional, por isso, a dermatologista Paula Rasos indicou alguns produtos:

Clarité AG da Dermage por R$ 126,90 na <a href="http://www.dermadoctor.com.br/index.asp?tipo=n&id=11629" target="blank_">Dermadoctor</a>

Improve F da Dermage por R$ 170,65 na <a href="http://www.panvel.com/panvel/visualizarProduto.do?codigoItem=662770" target="blank_">Panvel Farmácias</a>

Retin-Ox da ROC por R$ 169,91 na <a href="http://www.panvel.com/panvel/visualizarProduto.do?codigoItem=514090" target="blank_">Panvel Farmácias</a>

Retinol 03 da Skinceuticals por R$ 188,55 na <a href="https://www.panvel.com/panvel/visualizarProduto.do?codigoItem=571450" target="blank_">Panvel Farmácias</a>

Diversos produtos do segmento contém retinol, mas antes de fazer o uso é muito importante consultar um especialista, principalmente gestantes e lactantes.

No Brasil, os cremes e séruns a base da substância só podem conter no máximo o teor de 0,3%, norma aplicada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Produtos que contenham maior concentração de retinol, só podem ser comercializados com indicação e receita médica.

Assuntos: Pele, Rugas

Para você