Pêssego: conheça os benefícios da fruta e aprenda saborosas receitas

Com sabor adocicado e casca aveludada, o pêssego é uma fruta rica em vitaminas e antioxidantes, possuindo vários benefícios para a saúde

Escrito por Ana Kordelos

Foto: iStock

Fruta originária da China, o pêssego ainda é cultivado nas regiões do Oriente, Europa e América em geral. Com sua produção destinada ao seu consumo in natura ou na forma de processados, é muito apreciado devido ao seu sabor adocicado.

Dentre suas características mais marcantes, é possível citar sua casca aveludada, podendo ser mais ou menos macia, de acordo com sua variedade, de cor amarela ou vermelha e aroma doce.

Segundo a nutricionista Patricia Cruz, o pêssego é ótima fonte de carboidrato, especificamente de frutose, o açúcar derivado da fruta, e vitamina C. Também possui substâncias bioativas como polifenóis entres eles o ácido clorogênicos, responsável por uma ação antioxidante, anti-inflamatória e anticancerígena. “A antocianina, um carotenoide com efeito antioxidante também está presente em sua composição”, revela.

Rico em fibras, é possível consumir até 1,5 g em 100 g da fruta. Além disso, ainda possui sais minerais, dentre eles zinco, cálcio, potássio, fósforo, magnésio e ferro. Fruta suculenta, é constituída de cerca de 90% de água, sendo uma boa opção de consumo em dias mais quentes.

9 benefícios do consumo de pêssego para a saúde

Foto: iStock

Além de seu sabor doce que agrada a maioria dos paladares, esta fruta ainda garante muitos benefícios para a saúde se consumida regularmente. Confira a seguir algumas destas vantagens de acordo com a nutricionista:

Leia também: 10 alimentos mais ricos em ferro

1. Auxilia na perda de peso: segundo Patricia, por ser um alimento rico em fibras, possui baixo índice glicêmico e poucas calorias, ajudando a promover a saciedade, evitando ataques de ansiedade em que aquela vontade de comer um doce é incontrolável.

2. Fonte de antioxidantes: com alto teor de antioxidantes, esta fruta se torna coadjuvante contra o envelhecimento precoce e no combate à formação de novas células cancerígenas, “combatendo os radicais livres presentes em nosso corpo”, adiciona a profissional.

3. Melhora o sistema imunológico: “por ser uma fonte de vitamina C e antioxidantes, esta fruta também auxilia no fortalecimento do sistema imunológico”, explica a nutricionista.

4. Auxilia na regulação da pressão sanguínea: devido a presença de fenóis que auxiliam no aumento do HDL, o colesterol bom, o pêssego ajuda a combater a oxidação, além de promover maior fluidez ao sangue pela presença de betacaroteno.

5. Ótimo para a saúde do coração: constituído de vitamina K e ferro, elementos importantes para a coagulação do sangue e o impedimento de uma possível anemia, a fruta ainda conta com luteína e licopeno, substâncias que ajudam no combate de doenças cardiovasculares.

Leia também: 20 receitas de drinks e coquetéis deliciosos para curtir com os amigos

6. Para dentes mais belos: com altas concentrações de flúor, elemento responsável por evitar cáries, o pêssego pode ajudar a garantir um sorriso mais belo e saudável.

7. Promove uma pele e cabelos mais bonitos: além do zinco que auxilia no combate aos radicais livres e consequentemente ao envelhecimento, a fruta ainda contém vitamina C, outro importante combatente dos radicais livres, e a vitamina A, com ação hidratante.

8. Combate e ansiedade e depressão: o elemento responsável por este feito é o magnésio, o qual ajuda a prevenir o estresse e a ansiedade, estando presente na fruta em uma proporção de 5 g de magnésio a cada 50 g de pêssego.

9. Previne a constipação: o pêssego é um ótimo aliado do sistema digestivo e excretor devido as altas concentrações de fibras em sua casca, evita problemas como constipação e gases.

Receitas incríveis com pêssego

Agora que você já conhece os benefícios de ingerir esta saborosa fruta, que tal conhecer uma seleção de receitas variadas que utilizam o pêssego em seu preparo? Confira:

Leia também: 26 receitas de sobremesas light para saborear sem culpa

1. Pêssego delícia

Foto: Reprodução / Blog da Mimis

Rápida e prática para se preparar, esta receita na realidade é uma sugestão de consumo para a fruta. Aqui, ela é cortada em seis fatias, as quais serão dispostas em um prato e servidas acompanhadas de iogurte desnatado e goji berry. A receita completa você encontra aqui.

2. Pêssego em calda

Foto: Reprodução / Caramelo e Sal

Ideal para quem adora esta versão do doce, mas deseja uma opção mais saudável do que a industrializada. Aqui, a fruta deve ser descascada e cozida junto com uma calda de açúcar e água. O seu pêssego em calda fica pronto 15 minutos após a mistura levantar fervura e você deve manter a tampa da panela sempre aberta. Acesse o modo de preparo completo.

3. Doce de pêssego com creme

Foto: Reprodução / Na Minha Panela

Com um visual belíssimo, nem dá para imaginar a praticidade que é preparar este doce. Aqui, a versão da fruta eleita é o pêssego em calda o qual deverá ser cortado em cubinhos e combinado com um delicioso creme feito de leite condensado, leite, gemas, amido de milho e extrato de baunilha. Veja os detalhes do doce.

4. Mousse de pêssego

Foto: Reprodução / Panelaterapia

Nada mais refrescante ou saboroso do que uma deliciosa mousse de frutas. Nessa receita, o pêssego ganha espaço, sendo utilizado na sua versão em calda. É só bater a fruta junto com creme de leite, leite condensando, suco de limão siciliano e gelatina sem sabor. Para um visual ainda mais bonito, adicione pequenos pedaços de pêssego na hora de servir. Confira todo o modo de preparo.

5. Geleia de pêssego

Foto: Reprodução / Quitutes da Andréa

Utilizando apenas dois ingredientes é possível fazer uma deliciosa geleia para acompanhar pães, bolachas e até bolos no café da manhã ou da tarde. Para prepará-la basta cortar os pêssegos, retirando sua casca e caroço e levá-los ao fogo acompanhados de açúcar, até atingir o ponto de calda. Para uma geleia mais uniforme, bata a calda no liquidificador e retorne-a ao fogo até engrossar. Saiba mais detalhes da receita.

Leia também: 29 receitas de salada de fruta para um lanche saudável e refrescante

6. Pavê de pêssego

Foto: Reprodução / Presunto Vegetariano

Opção ideal para vegetarianos, veganos ou para quem possui alergia ao leite de vaca. O leite de amêndoas e o de coco são os eleitos. Para complementar o creme, amido de milho, açúcar e essência de baunilha. A forma da fruta utilizada é sua versão em calda, também decorando o topo do doce. Veja a receita completa.

7. Pêssego assado com creme de mascarpone

Foto: Reprodução / Gulab

Uma forma surpreendente de consumir esta fruta é assá-la, o que irá garantir que seu sabor adocicado fique ainda mais acentuado. É só cortar o pêssego ao meio e adicionar uma camada de manteiga na sua polpa. Para acompanhá-los, queijo mascarpone misturado com iogurte grego e, para finalizar, castanha de caju picada e salpicada acima do doce. Tire suas dúvidas conferindo o passo a passo completo.

8. Crostata de pêssego e amora

Foto: Reprodução / Caramelo e Sal

A crostata nada mais é do que uma torta em formato rústico, ideal para ser recheada com frutas e acompanhada de uma bola de sorvete. Para o recheio desta saborosa receita, pêssegos ainda com casca, amoras, açúcar, farinha de trigo e suco de limão. Fica pronta em cerca de 30 minutos de forno. A receita completa você acessa neste link.

9. Cheesecake de pêssego

Foto: Reprodução / Moldando Afeto

Opção com baixo carboidratos, é ideal para quem segue uma dieta mais restrita. Enquanto a massa leva em seu preparo farinha de coco, farinha de amêndoas, manteiga sem sal, adoçante culinário e ovo, o recheio utiliza cream cheese, leite batido em ponto de chantilly, adoçante e pêssegos em calda diet. Para um visual ainda mais belo, capriche na disposição das fatias da fruta, brincando com padrões. Veja os detalhes do preparo.

10. Suspiro com doce de leite e pêssego

Foto: Reprodução / Gastrolândia

O suspiro é preparado com o açúcar de confeiteiro batido com claras até formar picos firmes. Depois de assado e completamente frio, ele é intercalado com camadas de doce de leite, adicionando mais doçura ao prato. A cobertura fica por conta de chantilly e pêssegos em calda cortados em pedaços pequenos. Confira tudo explicadinho aqui.

11. Bolo de pêssego e chocolate branco

Foto: Reprodução / Quitutes da Andréa

Para este bolo, o pêssego em caldas é utilizado no recheio. Já a calda que acompanha a fruta, servirá para molhar a massa, adicionando mais sabor e umidade ao bolo. Como cobertura, chantilly e chocolate branco ralado para decorar. Acesse o modo de preparo completo.

12. Rocambole de pêssego com chantilly

Foto: Reprodução / O Melhor Restaurante do Mundo

Utilizando a massa básica de pão de ló, esta receita pode ser adaptada e levar qualquer fruta. Aqui, o pêssego em calda foi cortado em cubos pequenos, sendo acompanhado do chantilly para rechear este saboroso rocambole. Para decorá-lo, adicione pêssego em fatias, um pouco de chantilly e chocolate ao leite. Veja a receita completa.

13. Cupcake de pêssego e champanhe

Foto: Reprodução / Kitchenlicious

Para conferir o sabor original da fruta à massa do cupcake, a geleia de pêssego cumpre bem seu papel. Além disso, o pêssego ainda recheia o bolinho, através do uso de um creme preparado com a fruta, gemas de ovo, açúcar, suco de limão e manteiga. Já a cobertura também ganha um toque da fruta, sendo preparada com manteiga sem sal, champanhe, baunilha, purê de pêssego e açúcar de confeiteiro. Confira o passo a passo.

14. Cuca de pêssego

Foto: Reprodução / Cozinha Legal

Apesar da grande maioria das receitas de cuca não levarem frutas, somente a farinha especial preparada com manteiga e farinha, esta leva uma camada de pêssegos fatiados, adicionando mais sabor e doçura ao prato. O contraste entre a farinha crocante e a maciez da fruta assada é de dar água na boca. Aprenda como fazer essa delícia .

15. Frozen iogurte de pêssego

Foto: Reprodução / Mel e Pimenta

Saborosa opção para ser degustada em dias mais quentes, esta refrescante sobremesa ainda é bem fácil de fazer. Para prepará-la, basta misturar iogurte grego caseiro com pêssegos sem caroços e congelados, suco de limão e mel, batendo-os com o auxílio de um processador. Para manter a cremosidade, basta deixar um pouco fora do refrigerador antes de servir. Confira os detalhes do modo de preparo.

16. Coquetel de pêssego

Foto: Reprodução / Aqui na Cozinha

Servido gelado, é outra opção para refrescar dias mais quentes. Feito com apenas três ingredientes, basta bater no liquidificador o pêssego em calda drenado, o leite condensado e o espumante de sua preferência. Ainda é possível fazer uma versão sem álcool desta bebida, trocando o espumante por refrigerante de guaraná. Apesar de simples, caso queira, veja o passo a passo aqui.

17. Molho barbecue de pêssego

Foto: Reprodução / Mel e Pimenta

Quem foi que disse que somente pratos doces podem utilizar a fruta em seu preparo? Esta receita está aqui para provar que o pêssego é capaz de resultar em um saboroso molho de churrasco, ideal para temperar carnes e aves. Utilizando pêssegos frescos, o molho ainda leva, ketchup, molho de soja, suco de limão, canela, açúcar mascavo, páprica doce, água, cebola, alho e manteiga. Saiba como preparar.

18. Muffin de pêssego e gengibre

Foto: Reprodução / Trem Bom

Buscando deixar a receita ainda mais saudável, a massa leva uma mistura de farinha de trigo comum, farinha de trigo integral e farinha de aveia. O açúcar mascavo também é utilizado, além de iogurte natural sem açúcar. O toque de gengibre fica por conta de sua versão cristalizada e picada, e fatias de pêssego são adicionadas sobre a massa. Confira os detalhes do preparo.

Possibilitando elaborar receitas doces, salgadas, bolos, bebidas e formas diferentes de consumir a própria fruta, o pêssego se mostra um ingrediente muito versátil na cozinha.

Contraindicações e alertas sobre seu consumo

Foto: iStock

Como indicação de consumo, a nutricionista recomenda que o pêssego seja inserido na recomendação de 3 a 4 frutas diárias, devendo ser alternado com outras opções com características nutricionais diferentes.

“A contraindicação existente é apenas no caso de pessoas alérgicas, onde o seu consumo deve ser suspenso”, orienta Patricia.  Ainda de acordo com a profissional, por ser uma fruta facilmente perecível, deve ser armazenada em lugares frescos, podendo ser consumida com casca in natura, seca ou ainda processada em calda, esta última opção, porém, tendo um teor maior de açúcar.

Além ser ter sabor adocicado que agrada facilmente a maioria dos paladares, adicionar esta fruta na sua rotina alimentar é ideal para garantir todos os benefícios proporcionados pelo seu consumo. Inspire-se nas receitas acima e não deixe o pêssego de fora da sua alimentação.

Assuntos: Alimentação

Dicas pela Web