10 filmes para celebrar todas as formas de amor no Dia dos Namorados

Histórias de amor diversas que vão reforçar seus sentimentos ou resgatar sua fé no romance nessa data especial

Publicado por
Atualizado em 14.06.22

Podre de ricos | Divulgação / Warner Bros. Pictures

Por
Em 11.06.22 às 8:30

O Dia dos Namorados é a ocasião perfeita para curtir uma história de amor! Se você gosta de passar a data mais romântica do ano no conforto do seu sofá, assistindo a um filme de romance abraçada ao seu par, vai adorar essa lista com filmes que vão aquecer o seu coração celebrando todas as formas de amor.

Publicidade

Essa seleção pode ser para quem vai curtir um cinema em casa a dois, mas também vale se você precisa de um incentivo para voltar a acreditar no amor verdadeiro: são histórias que vão emocionar até o maior coração de pedra. Tem opções para quem gosta de comédia, ação, aventura e, é claro, romance água com açúcar. Confira a lista e escolha sua forma de curtir o amor, ou, quem sabe, prepare uma maratona!

1. Os pombinhos (2020)


Este é o filme perfeito para quem gosta de muita ação e aventura em sua comédia romântica. Jibran e Leilani estão enfrentando uma crise conjugal quando se envolvem em uma trama de assassinato, mistério e perseguições policiais. Enquanto tentam salvar as próprias vidas, são obrigados a refletir sobre seu relacionamento e o que significam um para o outro. Em meio à diversão, dá para refletir sobre relacionamentos longos, o trabalho que exigem e como é importante valorizar o parceiro. Disponível na Netflix.

2. Hoje eu quero voltar sozinho (2014)


Se você gostou de Heartstopper com certeza esse é o filme para você! Leonardo é um estudante de Ensino Médio cego que está às voltas com problemas típicos da adolescência: independência dos pais, insegurança, bullying etc. Junto com sua amiga Giovanna, começa a se aproximar do novo aluno do colégio, Gabriel. Léo começa a entender a própria sexualidade a partir de seu interesse pelo novato e a história mostra como ambos entendem e aceitam seus sentimentos. Valorize o cinema nacional com um romance adolescente que vai deixar seu coração quentinho! Disponível na Netflix.

3. Rakifi (2018)


A diretora queniana Wanuri Kahiu capta de uma forma muito bonita como o amar pode ser difícil para algumas pessoas devido às circunstâncias de suas vidas. Kena e Ziki são filhas de políticos rivais que se apaixonam. Com visuais lindíssimos do Quênia, o filme acompanha o desenvolvimento do romance das duas em meio às adversidades, uma versão renovada do clássico shakespeariano Romeu e Julieta. O filme recebeu críticas e censura em seu país de origem por ter um final “muito positivo e esperançoso”, o que poderia ser visto como um grande elogio por outro lado, uma vez que grande parte dos filmes que tratam de relacionamentos homossexuais tendem a ser muito tristes e cheios de sofrimento. Indicado para quem quer acompanhar uma história difícil, porém doce e cheia de esperança. Disponível na GloboPlay.

4. Podre de ricos (2018)


Levar um relacionamento a dois já tem suas complicações, quando a família é incluída muitos novos conflitos surgem. Rachel chega à China para conhecer a família de seu noivo Nick e descobre que há muita coisa que não sabe sobre ele e, principalmente, sobre seus parentes. Podres de Ricos é um filme sobre conflitos culturais, questões de classe e até que ponto o amor pode superar diferenças. Protagonizado por chineses e chineses-americanos, o filme aborda questões culturais asiáticas específicas, mas também contempla a linguagem universal do amor escapando de clichês habituais da representação de asiáticos no cinema. Disponível no Prime Video.

5. Megarromântico (2019)


Esse filme consegue ser uma comédia romântica e uma sátira ao gênero ao mesmo tempo. Natalie não acredita em romances e finais felizes, mas sofre um acidente, bate a cabeça e acorda em um universo paralelo onde é uma protagonista de comédia romântica da vida real. A premissa absurda mas muito divertida permite que o filme explore os clichês característicos do gênero, levando-os ao máximo. Uma ótima oportunidade para analisar os lados positivos e negativos da fórmula típica das comédias românticas. Válido para quem está um pouco cético com relação ao amor e precisa de um incentivo para voltar a acreditar. Disponível na Netflix.

6. Você nem imagina (2020)


À primeira vista parece uma comédia romântica adolescente como muitas outras: Ellie, uma menina comum, é contratada por Paul para escrever cartas de amor para Aster, a menina mais bonita e popular do colégio. Mas os rumos que a trama toma a partir daí afastam-se do esperado. Uma versão adolescente e lésbica de Cyrano de Bergerac, o filme questiona tanto o que é o amor quanto o que não é. Uma história sobre amadurecimento e conflitos adolescentes que concilia os clichês com uma visão LGBTQIA+ dos temas. Disponível na Netflix.

7. Your name (2017)


Para quem gosta de animações, essa é a escolha ideal. Juntando visuais lindíssimos a uma abordagem delicada de uma premissa que não é novidade: os protagonistas trocam de corpo. Mitsuha é uma adolescente interiorana e Taki mora na agitada Tóquio, com a aproximação de um cometa, passam a acordar em corpos trocados e, em sequências divertidas e dramáticas, aprendem o que é estar no lugar do outro, literalmente. Ao mesmo tempo que se conhecem por meio de recados, desenrola-se uma trama de proporções cósmicas com o cometa. Uma leve aventura com reviravoltas e encontros e desencontros. Disponível no AppleTV.

8. Te quiero, imbécil (2020)


Como recomeçar após um término? Marcos está passando por uma fase difícil: é dispensado pela namorada quando estava pronto para pedi-la em casamento e em seguida é demitido do emprego. Para se reerguer, começa a tentar muitos tipos de mudanças em sua vida, inclusive revisitando relações antigas. Ideal para acreditar que término não é sinônimo de fracasso e que ao se abrir para o mundo é possível se reencontrar e entender o amor de outras maneiras. Uma jornada emocionante e divertida. Disponível na Netflix.

Publicidade

9. Mamma Mia! (2008)


Adaptação do musical inspirado pelas músicas do ABBA, é um filme descontraído e cheio de música e cores. Sophie está prestes a se casar e gostaria de convidar seu pai, mas não sabe quem ele é, numa investigação do diário de sua mãe, Donna, encontra 3 candidatos e convida todos para a festa. Em meio a muitas confusões e desencontros, tanto mãe quanto filha reavaliam seus relacionamentos e o que significa o amor em suas vidas. A escolha perfeita para quem quer muita energia e diversão, o destaque fica para as animadas sequências de música e dança. Disponível no GloboPlay.

10. A princesa prometida (1988)


Para quem gosta de um clássico, com princesas, piratas e resgates, esse é o filme perfeito. Com um humor rápido e cheio de falas marcantes, é uma obra atemporal. Juntando o melhor espírito Sessão da Tarde com detalhes na trama que tiram o roteiro do clichê e previsível, acompanhe a história da Princesa Buttercup e do camponês Westley enfrentando o vilão Príncipe Humperdinck em uma versão empolgante e diferente do clássico da donzela em perigo. Disponível na Netflix.

E que tal criar um clima ainda mais especial na sua sessão romântica com uma bela decoração de Dia dos Namorados para agradar seu amor?