Movimento Body Positive: fuja dos estereótipos e ame quem você é

Escrito por

thickleeyonce

Nós, mulheres, estamos submetidas a um padrão esmagador que dita o que devemos vestir, quanto devemos pesar, quão femininas devemos ser. Isso nos induz a um sentimento devastador quando acessamos as redes sociais e percebemos que não nos encaixamos nas “normas de publicação”, mas o Movimento Body Positive surgiu para nos provar o contrário.

Continua após o anúncio

Pensando nisso, criamos este guia sobre o Body Positive, com a finalidade de te explicar o movimento, te apresentar a mulheres que amam seus corpos e dar dicas de como se tornar uma delas também.

Body Positive: significado

O termo “Body Positive” vem da união das palavras “corpo” e “positivo”, ou seja, trata-se da intenção de lançar um olhar positivo ao seu corpo, seja ele como for. Mas, na verdade, seu significado vai muito além disso.

O Movimento Body Positive incentiva um olhar de gratidão a nós mesmas. Nos estimula a valorizarmos o melhor que temos e parar de dar tanta importância aos defeitos. Aliás, o que são “defeitos”? E quem os enxerga?

É justamente o tipo de questionamento que o Body Positive nos traz: às vezes, o que você enxerga em mim como defeito, é o que faz eu me sentir mais linda! Assim, este movimento pode se resumir na ideia de que não importa o que a sociedade diga do seu corpo, importa, sim, o que você mesma pensa sobre ele.

A filosofia do movimento Body Positive

Nós sabemos: não é um processo fácil passar a enxergar como belo aquilo que faz a maioria torcer o nariz. Porém, é possível que as mulheres ajudem umas às outras nessa tarefa que leva tempo, mas que vale a pena. Por isso, confira alguns pontos que norteiam o movimento Body Positive:

1. Não se comparar às pessoas

Evitar criar comparações entre você e os outros. Isso pode colocar as pessoas em caixinhas. A verdade é que ninguém pode ser igual a alguém e, vamos combinar, ter detalhes diferentes pode ser muito interessante também.

2. Refletir sobre as próprias qualidades

Todo mundo tem defeitos, mas que tal inverter a ordem e fazer uma lista com as qualidades? Procure identificar as suas características positivas e passe a valorizá-las. Isso pode fazer valer aquele ditado de que, para os outros nos acharem bonitas, temos de nos acharmos maravilhosas primeiro.

Continua após o anúncio

3. Repensar amizades tóxicas

Seus amigos procuram defeitos em você? Criticam suas roupas? Opinam sobre seu corpo e te fazem pensar que há algo de errado contigo? Provavelmente, há algo de errado com suas amizades, isso sim! Mantenha por perto as pessoas que te incentivam a ser como você quiser. Além de dar um up na autoestima, será mais fácil identificar suas qualidades com pessoas positivas por perto.

4. Dizer não ao discurso de ódio

Contra os outros e contra você mesma! Para começar a enxergar sua beleza, tente enxergar a beleza dos outros também. Você vai notar como qualquer pessoa pode ter algo de bom para oferecer e que pode haver beleza em tudo!

5. Evitar seguir perfis que exibem o padrão vigente

Isso pode trazer danos à autoestima. É muito fácil colocarmos defeitos no nosso corpo quando tudo o que enxergamos se encaixa no padrão. Isso complementa a primeira dica, já que as comparações com outras pessoas podem impedir que sejamos o que queremos ser.

6. Seguir perfis de Body Positives

Que tal seguir mais pessoas que te inspiram a se aceitar? Há muitas mulheres Body Positives nas redes sociais que podem te incentivar a se sentir linda. Mais além, você irá conhecer algumas delas.

Colocando essas dicas em prática, você estará próxima de aderir ao Body Positive e, com certeza, isso trará somente benefícios.

Tour pelo meu corpo e por que você deve amar o seu

Para te inspirar um pouquinho mais, você assistirá agora a alguns vídeos que abordam a temática “tour pelo meu corpo”. São blogueiras body positives que buscam falar de seus corpos abertamente e mostrar por que todas nós deveríamos amar os nossos também. Confira:

Tour pelo meu corpo, por Tá Querida

A youtuber e body positive Luiza Junqueira foi a pioneira do movimento “tour pelo corpo”. Ela conta todo o processo de aceitação do seu corpo e mostra que, assim como a maioria de nós, ela via muitos defeitos nela mesma. Confira como ela superou tudo isso.

Tour pelo meu corpo – Expectativa vs Realidade, por Ellora Haonne

Nesse vídeo, a youtuber Ellora Haonne quebra as expectativas ao mostrar a verdade por trás das fotos que ela publica. Ela traz todos os “truques” utilizados pelas influencers para parecerem “mais bonitas” e se encaixarem num padrão. É um vídeo que permite uma reflexão bem interessante!

Continua após o anúncio

Tour pelo meu corpo – O diário de uma gorda, por Thais Carla

A youtuber Thais Carla inicia o vídeo alertando que o processo de aceitação é um trabalho árduo e por vezes demorado. Por isso, ela faz um tour pelo próprio corpo para te incentivar a dar um passo de cada vez em direção a uma vida longe da pressão da sociedade. Assista e se emocione!

Tour pelo meu corpo, por Mundo Gordelícia com Mariana Xavier

“Um corpo é só um corpo”. É assim que a atriz e youtuber Mariana Xavier inicia seu vídeo. Ela se orgulha muito das suas curvas, e te incentivará a se orgulhar das suas. Dê uma olhadinha!

Tour pelo corpo – Pós-maternidade, por Karen Portela

A gravidez traz cicatrizes profundas para uma mulher, tanto no emocional quanto no corpo. Pensando nisso, a youtuber Karen Portela decidiu entrar na onda do “tour pelo corpo” de uma maneira diferente: ela mostra as suas marcas após o período de gestação para nos lembrar de que a maternidade não tira nossa beleza.

E aí? Gostou? Agora que você assistiu a essa série de motivação, nada melhor que conhecer novas influencers para colorir seu feed, certo?

25 influencers body positives e lindas

Agora que você chegou até aqui, que tal conhecer 25 mulheres inspiradoras que amam seus corpos e farão você amar o seu também? Aqui embaixo, tem 50 imagens pra você começar a se sentir linda. Olha só:

1. A Alicia Keys é uma das precursoras do movimento body positive

2. Ela decidiu abandonar a maquiagem e inspira as mulheres a amarem seu rosto como ele é

Alicia Keys

Continua após o anúncio

3. A Mariana Cyrne é embaixadora do Body Image Movement no Brasil

4. Ela mostra que você pode sim ter curvas e usar a roupa que quiser

5. E por falar em curvas, a Alexandra Gurgel tem muito orgulho delas

6. Ela procura incentivar as mulheres a fazerem o mesmo

7. A Megan Jayne Crabbe mostra como é possível se amar de verdade

8. E esse sorriso no rosto encanta qualquer um, não é?

9. Mulheres “fora do padrão” podem ser modelos incríveis, como a Ashley Graham

10. Ela é a prova de que curvas não impedem mulher nenhuma de ser sexy

11. A Fluvia Lacerda nos mostra exatamente a mesma coisa

12. Você não precisa esconder seu corpo por causa dos outros

13. A Joana Cannabrava é uma mulher incrível e inspiradora

14. Ninguém poderá dizer o contrário com esse sorriso de quem não liga para os padrões

15. O corpo da atriz Dascha Polanco é MARAVILHOSO

16. E ela com certeza concorda com isso!

17. A Tess Holiday prova que você não precisa abrir mão do estilo em hipótese alguma

18. Ela é linda, poderosa e inspiradora!

19. Assim como a Gabi Fresh, dona de um corpo lindo e um cabelo incrível

20. Ela é cheia de estilo e ninguém pode discordar

21. A Miss Canadá, Siera Bearchell, foi muito criticada por não estar no “padrão” das outras candidatas

22. Ela se tornou uma ativista em nome da beleza natural das mulheres

23. A atriz Danielle Brooks é um ícone da beleza plus size e da valorização da mulher negra

24. Ela não se envergonha do seu corpo e nem do seu cabelo magnífico

Danielle Brooks

25. E a Summers VonHesse, que não esconde suas estrias na barriga?

Summers VonHesse

26. Ela não deixa de aproveitar o melhor da vida por causa das marcas do seu corpo

Summers VonHesse

27. A Glitter and Lazers é uma blogueira que entende muito de moda e estilo

28. E ela jamais deixará os padrões falarem mais alto que seu amor próprio

29. A blogueira brasileira Ju Romano não pensa diferente

30. Além de dar ótimas dicas de moda, ela não tem “nada a esconder” de ninguém

31. Você conhece a Valerie Sagun? Ela não deixa de frequentar a praia por causa das curvas

32. E ela também é profissional de Yoga, provando que saúde não é sinônimo de magreza

33. Na verdade, sinônimo de saúde é se sentir bem consigo mesma, igual à Thais Carla

34. E o importante mesmo é se amar e se sentir maravilhosa!

35. E por falar em maravilhosa, você precisa conhecer a Luiza Junqueira

36. Ela procura mostrar pra gente que nós podemos ser do jeito que quisermos

37. A Paola Antonini sofreu um acidente e precisou amputar uma das pernas

38. Mas ela não se deixou abater por isso e exibe sua prótese para todo mundo ver

39. Da mesma forma que a Mama Cax, que capricha no estilo combinando-o com sua prótese

40. Mas, se precisar ir sem ela, não tem problema também

41. A Sophia Hadjipanteli resolveu parar de fazer as sobrancelhas. Ela é uma das modelos mais requisitadas por aí

42. A prova de que a alta moda está cada vez mais distante dos padrões (ainda bem!)

43. E o caso da Winnie Harlow não é diferente. Ela tem vitiligo e é uma modelo muito procurada

44. Sua pele traz ao estilo dela um toque mais que especial, que jamais deverá ser escondido

45. O cabelo da Yasmin Stevam mostra que as raízes africanas são motivo de orgulho

46. E você pode mostrar as suas através de um cabelo incrível como o dela também

47. A Chidera criou um movimento pela valorização dos seios caídos

48. Ela mostra que o corpo da mulher jamais deveria ser motivo de vergonha

49. E o mesmo ocorre com a atriz e ganhadora do Oscar Lupita Nyong’o

50. Ela é a prova de que nós podemos ter seios pequenos e, mesmo assim, continuarmos MARAVILHOSAS

Viu só quantas mulheres circulando na mídia para você se inspirar? Sabemos que o processo de aceitação é doloroso e demorado, e com certeza essas mulheres da lista não colocaram em prática o amor próprio da noite para o dia. Mas apoie-se naquilo que você ama em si e, não se esqueça: você é linda do jeitinho que você quiser ser.