Você já ouviu falar em glutamato monossódico? Saiba porque você deve evitar este componente

Substância deixa tudo mais saboroso, mas pode prejudicar a saúde e afetar o emagrecimento; entenda

Escrito por Mariana Bueno

Foto: iStock

O glutamato monossódico, também conhecido pela sigla MSG, é um aditivo que realça o sabor dos alimentos. Seu consumo é perigoso porque, além de afetar nossa saúde, ele engana a mente gerando a sensação de querer mais daquele determinado alimento.

O ingrediente foi descoberto por estudiosos em um experimento feito em 1908 e chamou a atenção por sua capacidade de dar mais sabor. Ele é natural e está presente em itens como tomates, cogumelos e alguns tipos de carne. Mas, com os estudos, conseguiram isolar o glutamato, que passou a fazer parte de praticamente todos os produtos industrializados e acabou se transformando em um veneno para o organismo. Sabe aquele salgadinho que você não para de comer até ver o fim do pacote? Com certeza tem glutamato monossódico em sua composição.

Isso acontece porque todas as pessoas têm, na língua, receptores chamados papilas gustativas, que, em contato com os alimentos consumidos, identificam as moléculas químicas e mandam um sinal para o cérebro, que dá a sensação de prazer e sabor. Veja porque evitá-lo:

4 motivos para evitar o glutamato monossódico

Foto: iStock

1. Diminui a saciedade: com o glutamato monossódico realçando o sabor, qualquer alimento em que ele for colocado vai ficar gostoso. E não porque ele é saboroso, mas sim por ser uma substância química que vai enganar seu cérebro, fazendo você perder a sensação de saciedade e ter vontade de comer cada vez mais.

2. Gera danos psicológicos: além disso, seu consumo gera euforia, taquicardia e pode estar associado ao desenvolvimento de problemas de saúde mais graves como Alzheimer e Parkinson. Também pode causar vício.

Leia também: 10 truques simples para desintoxicar e perder peso de forma saudável

3. Sabota a dieta: um exemplo comum que acontece com muita gente é a tentativa de fazer dietas, sem nunca conseguir um resultado satisfatório, já que está comendo sem saber que há a substância embutida em alguns itens. Assim, acaba comendo sempre mais, ainda que alimentos considerados saudáveis, e não consegue emagrecer.

4. Causa enxaqueca: Estudos já comprovaram que, entre os problemas causados ao cérebro, está a enxaqueca, que costuma aumentar entre pessoas que consomem grandes quantidades de glutamato monossódico no dia a dia.

Se você se encaixa em algum desses casos ou quer melhorar sua saúde, a dica é diminuir o consumo de alimentos que tenham glutamato monossódico em sua composição. Para isso, ao comprar qualquer produto industrializado, leia os ingredientes – e não apenas a tabela nutricional.

Assuntos: Alimentação

Para você