Drenagem linfática: tudo sobre a técnica que elimina a celulite e o inchaço

Escrito por
Em 30.08.19

iStock

A drenagem linfática é conhecida por seu poder de diminuir a retenção de líquido do corpo, mas ela é muito mais que isso! Esse procedimento estético possui vários pontos positivos para a nossa saúde interna e também externa. Além disso, ela é perfeita para relaxar, afinal, todo mundo merece 40 minutos de tranquilidade uma vez por semana, não é mesmo?

Continua após o anúncio

Para nos ajudar a conhecer mais sobre este tratamento, convidamos a esteticista, graduada pela Unipar, Bruna Inácio. Continue lendo!

O que é drenagem linfática?

iStock

De acordo com Bruna, a drenagem linfática é uma técnica de massagem com manobras suaves e lentas, que atua sobre o sistema linfático, aumentando a absorção da linfa.

Os movimentos conduzem a linfa para os linfonodos e posteriormente para a corrente sanguínea. Como resultado, vemos nosso corpo desinchar aos poucos, eliminando todo o líquido que absorvemos desnecessariamente.

Leia também: 9 tratamentos estéticos para modelar o corpo e reduzir gordura localizada

Esse procedimento estético é muito utilizado no período pós-cirúrgico de procedimentos, como, por exemplo, a lipoescultura, para agilizar a eliminação do inchaço e melhorar o resultado final. Ainda ficaram algumas dúvidas? Veja o próximo tópico!

Dúvidas frequentes sobre drenagem linfática

iStock

Caso você tenha ficado interessada na drenagem linfática, pode resolver algumas dúvidas por aqui antes de buscar uma massoterapeuta, fisioterapeuta ou esteticista para realizar o procedimento. Confira as dicas da especialista Bruna Inácio a seguir:

Continua após o anúncio

1. Para quem a drenagem linfática é indicada?

Bruna Inácio indica a drenagem para quem deseja eliminar impurezas rejeitadas pela células do corpo, melhorando seu papel imunológico e também diminuindo a retenção de líquidos desnecessários.

2. Como a drenagem funciona?

De forma resumida, as manobras aumentam a velocidade da linfa, a filtração e absorção dos capilares sanguíneo, a quantidade de linfa processada nos linfonodos e a motricidade intersticial, portanto, ele auxilia na saúde interna do seu corpo.

3. Quais os objetivos da drenagem linfática?

Bruna explica que a drenagem desempenha um grande papel imunológico, por atuar sobre a musculatura lisa dos capilares linfáticos, sobre a musculatura esquelética e influir diretamente sobre o sistema nervoso.

Leia também: Como acabar com a celulite: dicas que você pode seguir em casa

4. Quanto tempo demora uma sessão de drenagem?

Uma sessão demora entre 30 e 40 minutos, com movimentos lentos e ritmados.

5. Quais as contraindicações da drenagem linfática manual?

Segundo a esteticista, esse procedimento não é indicado para pessoas com tumores malignos e que apresentam quadros de tuberculose, por afetar diretamente os linfonodos.

Com o procedimento mais claro, fica ainda uma pergunta: quais os benefícios da drenagem linfática?

Benefícios da drenagem linfática

iStock

Chegou a hora de desmistificar de uma vez por todas a drenagem e entender que ela é mais que apenas estética. Os benefícios são:

  • Desintoxicação do organismo;
  • Ativação do sistema imunológico;
  • Eliminação de líquidos acumulados;
  • Eliminação de dores corporais;
  • Tratamento de celulite;
  • Alívio de hematomas pós-cirúrgicos.

Simplificando, a drenagem linfática ajuda em quase todos os momentos. Além disso, é um procedimento relaxante, que ajuda a liberar as tensões do físico.

Continua após o anúncio

Leia também: Dermatologista alerta: 8 coisas que você nunca deve usar na pele

Drenagem linfática em gestantes

iStock

A drenagem linfática é recomendada para grávidas e indicada a partir do terceiro mês de gestação. Porém, de acordo com Bruna Inácio, é importante que a gestante tenha acompanhamento médico durante toda a gravidez.

Caso a mulher apresente quadros de doenças no sistema linfático ou hipertensão, ela fica proibida de realizar a drenagem. Por isso, é necessário manter os exames de rotina em dia para que não tenha risco do procedimento afetar a gestação.

Sabendo das indicações e contraindicações, fica fácil optar por esse tratamento ou não. Não se esqueça que todo procedimento estético causa mudanças no corpo e por isso deve ser feito por profissionais habilitados e preparados para isso.

Se você adora investir nesses tratamentos de autocuidado, leia também sobre massoterapia e criofrequência!

Assuntos: Bem-Estar, Corpo

Para você