5 coisas nas quais acreditamos antes de ter filhos

Antes da maternidade chegar, é comum que alguns mitos se criem em torno dessa fase da vida

Escrito por Fernanda Boito

Foto: Thinkstock

Ter um filho é, certamente, uma experiência cheia de surpresas. As descobertas e as alegrias com o desenvolvimento dos pequenos são muitas, mas as surpresas maiores podem vir quando você se lembra de tudo aquilo que pensava ser verdade antes de ter um filho.

Afirmações como “Só vou acostumá-lo com comidas naturais” ou ainda “Eu jamais tentarei acalmar meu filho com comida!” e até mesmo “Eu jamais tentarei acalmar meu filho com comidas que não sejam naturais!” são alguns exemplos de asserções que podem ser comuns até o momento em que você se pega fazendo tudo aquilo que negava. Saiba mais sobre outras coisas nas quais acreditamos antes de ter filhos.

1 – Recém-nascidos dormem durante o dia todo

Apesar dos recém-nascidos dormirem bastante, aproximadamente 18 horas por dia, eles o fazem cerca de 3 a 4 horas de cada vez, o que significa que eles vão acordar várias vezes durante o dia e durante a noite. Além disso, os intervalos não são tão tranqüilos como parecem, pois vêm acompanhados de choros, irritação, fome e outros sinais que indicam que o bebê está inquieto.

2 – Vou acostumar meu filho somente com comidas naturais e saudáveis

Acreditar que comidas processadas não farão parte do dia-a-dia dos pequenos é uma teoria que, geralmente, não se aplica à prática. Cozinhar e amassar legumes todos os dias ou ainda preparar papinhas com frutas é uma maneira saudável de ensinar os filhos a comer de forma saudável, mas, muitas vezes, pode ser pouco prática. Além disso, os pais devem se lembrar que as crianças também têm vontade própria e podem, sim, sentir vontade de comer outras coisas menos saudáveis, o que, apesar de dever ser controlado, não é errado.

3 – Minha vida social ficará repleta de novas “mamães-amigas”

É comum ver as aspirantes à maternidade compartilhando dúvidas e novidades. No entanto, assim que o bebê nasce, as coisas tendem a ficar corridas e as mamães não param de correr atrás dos filhos, das atividades dos filhos ou dos problemas dos filhos. Por isso, na maioria das vezes, as amizades continuam, porém, as mamães-amigas tendem a se encontrar com menos freqüência do que gostariam, o que leva a vida social a ficar um pouco limitada.

4 – Eu jamais tentarei acalmar meu filho com comida

“A comida é um conforto para a alma”, já dizia o ditado. Mas, além de ser um conforto para a sua alma, ela pode confortar também a de seu filho. Por isso, apesar de muitas pessoas afirmarem que diante de uma situação conflituosa, em que a criança está irritada e impaciente, elas jamais farão uso da comida para acalmar o pequeno, a comida muitas vezes é utilizada como ajuda para acalmar os ânimos. E ela realmente funciona.

5 – Eu vou permitir que meu marido e meu filho tenham um ótimo relacionamento, sem que eu os interrompa em nada

Essa afirmação será verdadeira até o momento em que seu marido resolva fazer alguma gracinha com o bebê ou resolva dar a seu filho uma barra de cereais como almoço e você comece a acreditar que ele está tentando brincar com ele como se brinca com bonecas. Entretanto, nesses casos, contenha-se e relaxe. Ele vai continuar fazendo tudo isso e achando a maior graça.

É valido ressaltar que a rotina após ter um filho varia de família para família, por isso, espere o momento chegar e deixe sua intuição de mãe falar mais alto, você saberá como agir na hora certa. Aproveite sua gravidez e o tempo gostoso em que você vê o seu filho evoluindo a cada dia, a cada engatinhada.

Assuntos: Bebês

Dicas pela Web