10 motivos para amar seu corpo independente do seu porte físico

Amar a si mesmo é condição necessária para se alcançar a felicidade. Confira as principais razões para você adorar o seu corpo do jeito que ele é

Escrito por Suzane Werdt

Foto: Thinkstock

Seu corpo é a realização material da sua existência. Desde o princípio já é um milagre, a morada da sua alma e a sua pintura para o mundo. Motivos para amá-lo não faltam. Amar seu corpo tem a ver com aceitar a vida e a natureza.

Acontece que as pressões externas, a moda e os padrões de beleza impostos pela sociedade podem muitas vezes ser opressoras e influenciar em nossa satisfação pessoal. Para início de conversa, o pior erro que cometemos é nos guiar pela mídia. Isso envolve qualquer tipo de mídia, seja a televisão, revistas e até mesmo vitrines. Constantemente as pessoas querem ser como saídas de uma fôrma, mas a realidade é que os indivíduos verdadeiramente autênticos são os que mais chamam atenção.

“Vivemos uma era de culto à imagem. Então, sejamos francos, fica muito difícil não esbarrarmos com insatisfações e constatações frustrantes da inalcançável busca pelo ideal da boa forma.”, comenta a psicóloga Pâmela Magalhães.

Por outro lado, conscientes da realidade do mundo moderno e seu modelo de beleza praticamente inatingível, ela propõe relaxarmos e procurarmos nos reconhecer naquilo que temos, somos e podemos construir com os recursos reais e palpáveis: “Ou seja, com o nosso corpo do jeitinho que ele é, magro, roliço, longilíneo, com culote, muito bumbum, pouco bumbum, muito seio, pouco seio, e por aí vai. O que realmente importa é nos apropriarmos do corpo que nos pertence e tentarmos ter dele o melhor que ele pode nos dar, respeitando nossos anseios, possibilidades, limitações e restrições”.

A publicidade costuma padronizar a imagem das pessoas para serem mais bem absorvidas pelos consumidores. Mas é só olharmos na rua e vermos, a grande e linda diversidade de tipos físicos e traços da população. Lembre-se de que essas características físicas das revistas normalmente fogem muito da realidade.

E não pense que porque você não se encaixa no padrão de beleza ditado pela mídia que ninguém irá se atrair por você. Quase ninguém está à procura de uma foto de revista, e sim de pessoas legais e reais com quem se pode compartilhar bons momentos. Precisa de mais motivos para amar o seu corpo? A seguir, leia ótimas razões para você adorar e aceitar seu corpo exatamente do jeito que ele é.

1. Seu corpo é perfeito como é

Foto: Thinkstock

Já parou para pensar em toda a complexidade do corpo humano? Seu corpo é uma máquina incrível, a tecnologia mais avançada já vista. Sistemas que se interconectam e proporcionam a vida dependendo de pouco esforço da sua parte, além da inteligência e dos cinco sentidos humanos que nos permitem sensações incríveis.

No caso das mulheres, ainda temos a possibilidade e a energia para gerar uma vida dentro de nós, um bebê que por nove meses no nosso interior depende do nosso corpo, nossa máquina, para se nutrir e crescer. Como não amar um sistema tão complexo e milagroso? Seu corpo é perfeito do jeito que ele é, desde seu nascimento até o momento em que ele chegará ao limite permitido à humanidade.

2. Ele é a pintura da sua vida

Desde que você nasceu – a infância, a puberdade, a adolescência e a maturidade – seu corpo acumula o que você passou, ele é o retrato da sua história. Suas linhas de expressão contam o quanto você riu ou chorou, a marca no seu ombro do tombo que você levou naquela viagem, ou o seu joelho que já não aguenta mais tanto peso depois de tantos anos jogando vôlei. Toda a sua trajetória está estampada no seu corpo e é motivo de orgulho por exibir para o mundo a sua história.

Muitas das nossas características físicas são herdadas dos nossos parentes, e fazem parte do nosso histórico familiar. Por isso, o melhor é orgulhar-se de algumas características familiares, ao invés de querer ser algo diferente da sua matriz genética.

3. Ele é único e exclusivo

Seu corpo é seu, exclusivo, peça única, não tem fôrma igual. Mesmo que alguém tente ser igual a você ou você igual à outra pessoa, essa será uma tarefa impossível, seja por fora, seja por dentro.

Esse já é um ótimo motivo para você amar o seu corpo, o maior presente que a natureza te deu. Cada parte dele, desde o formato dos seus pés à cor dos cabelos, tudo é exclusivamente seu.

4. Você será muito mais atraente

Confiança e autoestima são muito mais atraentes do que uma “boa bunda”. Opa, mas eles primeiro olham para sua bunda, depois para sua consciência? Bom, nesse caso é você quem decide o que gostaria que mais chamasse a atenção de alguém: um detalhe no seu corpo, ou sua mente, suas ideias e seu comportamento.

Quando você for feliz com o seu corpo e souber valorizá-lo, seu carisma irá aumentar significativamente e você será muito mais atraente aos olhos dos outros. A psicóloga Pâmela Magalhães sugere que você “enfatize o que seu corpo tem de bom e não fique o tempo todo buscando em si defeitos ou colecionando críticas. Seja menos exigente e destaque suas virtudes, aprimorando cada vez mais aquilo que você tem e se orgulha disso”.

5. É ele que te acompanha por toda a vida

Foto: Thinkstock

Seu parceiro em todos os momentos (todos mesmo!), seu corpo está ali para te permitir viver e sentir tudo o que um ser humano é capaz. Essa máquina milagrosa nos faz acordar pela manhã, sentir o vento na pele, os aromas e os prazeres da vida.

Mesmo que às vezes o corpo peça ‘pinico’ e caia doente ou fraco (o que, na maioria das vezes, é por pura falta de precaução nossa), já é incrível como ele funciona bem e de forma complexa sem que tenhamos que fazer muito esforço além de comer e respirar. Temos todos os motivos para agradecer ao nosso corpo, mas principalmente, a chance de estarmos vivas e saudáveis.

6. Quanto mais você se amar, mais os outros também a amarão

Todo mundo já sabe que quanto mais autoestima, mais atraentes e brilhantes ficamos. Se você passar a aceitar o seu corpo e respeitá-lo, certamente essa satisfação será radiante e percebida pelos outros. Ao invés de focar nos seus defeitos, valorize suas qualidades e você verá que os outros passão a fazer isso também.

Você pode até achar que isso é forçação de barra. Mas se pensar um pouquinho vai conseguir listar várias pessoas que fogem aos padrões de estética das revistas, mas que são charmosas, atraentes e populares. Esse efeito é dado pela autossuficiência, pela segurança e pela autoestima verdadeira.

7. Sua vida não seria muito diferente

Sim, porque quem te ama e se interessa verdadeiramente por você agiria da mesma forma, fosse você mais magra ou mais gorda. Aquela mudança física que você tanto almeja não iria mudar quem você é e as qualidades que os outros enxergam em você.

8. Se amamos aos outros incondicionalmente, porque não a nós mesmas?

Foto: Thinkstock

Nossos corpos não são infalíveis, estão propensos a problemas, doenças e inevitavelmente a idade. Pense em quem você ama. Deixaria de amar essa pessoa se ela estivesse acima ou abaixo do peso considerado “ideal”, tivesse rugas ou estivesse ficando “carequinha”? De jeito nenhum, não é mesmo? Então por que não ser assim consigo mesma? Possuir essas características e fugir aos padrões estéticos não deve ser considerado ruim, mas sim: natural.

Por estarmos dentro de nossos corpos, vemos defeitos que muitas vezes os outros nem percebem, porque eles não se aproximam de nós procurando alguém perfeito. Costumamos ser mais rígidas quando se trata de nós mesmas, mas o modo como nos vemos não é o mesmo como as pessoas nos veem.

9. Você será mais saudável

Ao amar seu corpo e aceitá-lo como ele é, sua vontade de cuidar dele certamente será maior. Ao mesmo tempo, zelando por sua saúde, a recompensa será uma melhora da qualidade de vida.

Faça exercícios para se sentir melhor em pontos específicos, e assim você contribui com sua saúde e sua autoestima. Coloque seu corpo à prova de boas coisas, uma corrida, ou um parque de diversões que seja. Compreender a força do seu organismo vai te fazer percebê-lo de outra maneira.

10. Você será mais feliz

Você nunca estará satisfeita se não estiver em paz com o seu corpo. Se você não aceita seu corpo e a maneira como é, essa negatividade jamais te deixará ser realmente feliz.

Ame-se e perceba como a vida será tão mais iluminada e colorida. Quando sua mente e seu corpo estiverem conectados em paz, a felicidade poderá entrar na sua vida como um raio de sol.

Assuntos: Bem-Estar

Para você