122 receitas de molhos que vão turbinar os sabores dos seus pratos

Fazer seu próprio molho pode ser mais prático do que você imagina. Além disso, molhos caseiros trazem mais sabor aos seus pratos e tornam suas refeições mais saudáveis

Escrito por Mayara Benatti

Foto: iStock

Os molhos são parte importante na elaboração de muitos pratos. Eles são o tempero de saladas e legumes, parte primordial na elaboração de pratos com massa, dão aquela incrementada especial em lanches e acentuam o sabor das carnes. Há quem diga que muitos pratos ficam sem graça sem os molhos.

Muitos molhos são encontrados prontos nas prateleiras dos supermercados, mas um molho feito em casa pode atribuir mais sabor para as suas refeições. Além do sabor, outro bônus em fazer os molhos em casa está no valor nutricional, visto que muitos molhos industrializados podem conter substâncias que prejudicam a sua saúde.

A maioria dos molhos apresenta um preparo muito simples. Em muitos casos basta misturar todos os ingredientes e servir, portanto, é muito prático fazer o seu próprio molho. Mesmo os de preparo mais complexo acabam compensando pelo resultado final.

Separamos receitas incríveis de molhos para diversos tipos de prato. Mesmo quem é bem iniciante na cozinha não terá grandes dificuldades para preparar essas receitas. Vamos colocar a mão na massa? Ou melhor: no molho! Confira:

Molhos para saladas e legumes cozidos

Foto: Reprodução / Diga Maria

1. Molho de manteiga: esse molho é feito a partir da clarificação da manteiga, um processo que retira a gordura. Para completar o sabor, a receita leva cheiro verde fresco e pimenta do reino.

Leia também: 15 receitas de hambúrguer caseiro para você experimentar

2. Molho tártaro: o molho tártaro é um clássico e apesar de ser facilmente encontrado pronto, apresenta simples preparo e ao fazer em casa você garante mais sabor em suas refeições.

3. Molho vinaigrette: neste vídeo, a autora apresenta 3 opções de molho vinagrete. Esse molho é uma técnica francesa, preparada a partir de uma parte ácida para três partes de gordura.

4. Molho de mostarda com mel: clássica, é uma combinação bem conhecida no Brasil, muito simples de fazer e também muito saborosa.

5. Molho de melaço: para quem é fã do sabor agridoce, essa é uma ótima opção de molho para salada. Além do melaço, o molho leva azeite e limão, garantindo um toque especial para a salada do dia a dia.

6. Molho de iogurte: o ácido do molho fica por conta do suco de tangerina ou laranja, que também confere um sabor agridoce ao molho. A pimenta rosa, além de proporcionar um leve apimentado, também é usada para decorar.

Leia também: 16 truques de culinária que todo chef usa e que você precisa conhecer

7. Molho de hortelã: o hortelã atribui um frescor, sendo uma receita muito boa para dias quentes. O molho pode ser conservado na geladeira por até uma semana.

8. Molho de mel e gergelim: além do gergelim, vinagre balsâmico, azeite de oliva e mostarda garantem o sabor desse molho. Basta misturar tudo e servir.

9. Molho remoulade: é um molho muito parecido com o molho tártaro. A diferença está na adição de outros temperos, como por exemplo, a páprica, curry e anchovas.

10. Molho holandês: esse molho é muito parecido com uma maionese. É feito a base de gemas e manteiga, formando uma emulsão. Apesar de parecer complexo, é muito simples de ser feito, basta seguir os passos para não ter erro.

11. Molho refrescante: uma combinação feita a partir de limão, shoyu e mel. A sugestão é que seja servido com salada de beterraba.

Leia também: 31 receitas de massas frescas para dizer adeus às massas prontas

12. Molho agridoce: esta receita é feita a partir do caldo de cozimento de beterrabas, tornando esse molho muito nutritivo. O toque agridoce ficar por conta do açúcar mascavo, novamente um ingrediente saudável.

13. Molho oriental: essa receita leva ingredientes típicos da culinária oriental como wasabi, gengibre e shoyu. Também leva uma pitada de açúcar mascavo, o que confere um toque agridoce ao molho.

14. Molho verde: o sabor desse molho está nas ervas frescas. O preparo é muito simples, basta passar todos os ingredientes pelo processador e está pronto.

15. Molho picante: para quem gosta do sabor picante, esta é uma ótima opção. A sugestão é servir com salada de repolho roxo.

16. Molho de mostarda, balsâmico e mel: basta misturar todos os ingredientes com um fouet para obter o ponto de emulsão. Se desejar, acrescente mais mostarda ou mel, conforme o gosto.

17. Molho de tangerina: um molho muito simples, mas que tem um sabor muito diferenciado pela presença da tangerina. O suco da fruta é utilizado no lugar do limão, conferindo um sabor menos ácido e mais adocicado.

18. Molho de maracujá: esse molho é bem adocicado, com presença marcante do mel. Para preparar basta bater os ingredientes com um fouet até obter uma emulsão.

19. Molho de mirtilo: para o molho é utilizada geleia de mirtilo, além de vinagre de vinho branco, azeite, sal e pimenta do reino. Um molho com toque mais sofisticado e ideal para ser servido com folhas verdes.

20. Molho de gengibre: o sabor picante desse molho de gengibre vai muito bem na salada com frango, sugerida na receita.

21. Molho de iogurte e mel: além dos ingredientes citados na receita, a autora também recomenda utilizar o hortelã, ideal para atribuir mais frescor ao molho nos dias quentes.

22. Molho cremoso de cúrcuma: sem lactose, também não apresenta nenhum ingrediente de origem animal. É feito um creme de castanhas e em seguida os outros ingredientes do molho são acrescentados.

23. Molho de curry: o curry é um tempero típico da culinária indiana e casa muito bem em receitas com frango. Nesta receita é feita uma salada de folhas com frango para ser servida junto ao molho.

24. Molho de coalhada seca: o molho de coalhada seca é feito com leite, azeite e os temperos de sua preferência. Ele combina muito com cogumelos.

Molhos para massas

Foto: Reprodução / Gordelicias

25. Molho de tomate: é um clássico quando falamos em massas. Nessa receita você vai aprender a fazer o seu próprio molho de tomate com diversas dicas para garantir o sucesso.

26. Molho pesto: para quem é fã de ervas frescas, o molho pesto é uma ótima opção. Ele é muito aromático e simples de fazer. Ideal para ser servido com macarrão.

27. Molho branco: também conhecido como bechamel, esse molho é muito simples de fazer e ótimo parar acompanhar massas em geral.

28. Molho de queijo: o queijo utilizado na receita é o gorgonzola, um queijo com sabor bem forte, portanto deve ser utilizado na quantidade certa. Ideal para ser servido com macarrão.

29. Molho de frango: essa é uma receita de molho vermelho tradicional, porém com frango desfiado. Pode ser servida com macarrão ou outra massa de sua preferência.

30. Molho bechamel: o molho bechamel é um dos molhos mais tradicionais. Nessa receita você pode conferir muitas dicas para o seu molho ser um sucesso.

31. Molho funghi: o funghi utilizado nessa receita é o seco. Para fazer esse molho basta hidratá-lo durante alguns minutos, o molho é feito a partir da própria água utilizada para hidratar, juntamente com o restante dos ingredientes.

32. Molho de calabresa: a aparência desse molho é muito parecida com o molho bolonhesa, já que a calabresa utilizada é passada pelo processador. Molho ideal para ser servido com macarrão.

33. Molho de shitake: a base do molho é creme de leite fresco, atribuindo um sabor mais refinado ao seu molho. A água utilizada para hidratar o shitake é utilizada também para cozinhar a massa.

34. Molho parisiense: a base do molho parisiense é o molho bechamel. Acrescenta-se presunto, ervilha e está pronto. A dica da autora é servir com fettuccine massa fresca.

35. Molho carbonara: o molho carbonara é feito a partir de creme de leite, ovos e pedacinhos de bacon bem crocantes. Ideal para ser servido com espaguete.

36. Molho de gorgonzola: esse molho é muito simples de preparar e sem segredos. Basta juntar todos os ingredientes em uma panela em fogo baixo, mexendo até o queijo se dissolver.

37. Molho de requeijão: ideal para uma refeição rápida e prática – porém saborosa – esse molho fica pronto em apenas dois minutos.

38. Molho de legumes: é possível consumir massas também em dias quentes. Esse molho de legumes traz muita leveza e frescor para a receita.

39. Molho de limão: o limão utilizado é o siciliano, juntamente com creme de leite, queijo parmesão e pimenta rosa. Caso o molho fique denso, é possível adicionar um pouco de leite para chegar à textura desejada.

40. Molho cremoso de salmão: na receita, o molho é servido junto de uma massa caseira de beterraba. Mas pode ser usada de outras formas, pois é muito leve e saudável.

41. Molho de cenoura e beterraba: a aparência é de molho de tomate, mas não é. É um molho muito nutritivo e ideal para variar o molho de tomate, pode ser servido com massas diversas.

42. Molho de carne seca: para os fãs de carne seca essa é uma ótima receita de molho vermelho. Após a carne ser dessalgada, o preparo é muito rápido e é servido com nhoque de batata e queijo.

43. Molho de abobrinha e alho: a abobrinha e o alho são assados para depois fazer o molho, o que atribui um sabor mais especial.

44. Molho de tomate e majericão: a combinação de molho de tomate com manjericão é tipicamente italiana e rende um molho muito aromático. O manjericão também é uma erva rica em propriedades boas para a saúde, sendo um ótimo anti-inflamatório e antibacteriano.

45. Molho alfredo com frango: o molho alfredo é um clássico, sendo preparado a base de creme de leite e parmesão. Nessa receita, o diferencial fica por conta do frango em tiras.

46. Molho de filé mignon e gorgonzola: é importante utilizar uma frigideira grande para que o filé cozinhe por igual. O molho é ideal para ser servido com massas compridas e também pode ser servido como aperitivo.

47. Molho rústico de legumes: a receita leva legumes diversos como abobrinha, pimentão e tomates. A autora da receita recomenda o uso de outros legumes como a berinjela ou ainda outros de sua preferência. Molho ideal para ser servido com penne.

48. Molho de vodka: esse molho é rose, levando molho de tomate e creme de leite. Também apresenta um leve toque picante com a pimenta calabresa. Ideal para ser servido com penne.

49. Molho de camarão e limão: para quem não gosta de frutos do mar, a autora recomenda substituir o camarão por frango. O toque final para servir a massa está em adicionar raspas de limão no prato.

50. Molho de camarão e tomate cereja: para essa receita são utilizados camarões grandes e com a cauda. Os tomates são cozidos no vinho branco. Molho ideal para ser servido com massas frescas.

51. Molho de aspargo: com a ponta dos aspargos é feito um creme e os talos são salteados. Para que o molho fique mais cremoso, adicione uma concha de água do cozimento da massa.

52. Molho de queijo de cabra e amêndoas: a base do molho é creme de leite fresco e o principal tempero é o alho poró, que combina muito com molhos brancos.

53. Molho de abóbora: este molho é muito perfumado e ideal para dias mais frios. Entre os temperos utilizados estão canela, curry e pimenta moída.

54. Molho de atum: esse molho é muito rápido e fica pronto enquanto a massa cozinha. Basta juntar o atum, o tomate e os temperos de sua preferência em uma frigideira.

55. Molho cremoso de limão: um molho com preparo simples, mas muito sofisticado e de sabor bem diferente do convencional. O limão utilizado é o siciliano, para que o sabor fique marcante e sutil ao mesmo tempo.

56. Molho trapanese: o molho trapanese é uma espécie de pesto feito com tomates bem maduros, sem pele e perfumados. O manjericão também está presente para perfumar ainda mais a receita.

57. Molho de berinjela: com uma berinjela pequena e três tomates dá para fazer um molho para muita macarronada. Basta refogar tudo em uma panela, temperar e está pronto.

58. Molho de ricota e aspargos: este molho além de rápido e prático é também muito saudável. A receita também leva pimentão e manjericão para um resultado bem aromático.

59. Pesto de brócolis e alho poró: a aparência do molho é muito semelhante ao tradicional molho pesto feito com manjericão. O sabor fica muito diferente, mas muito saboroso. Vale a pena ser experimentado!

60. Molho de alho poro e shimeji: o shimeji é uma ótima fonte de proteína e seu tempo de cozimento é muito curto. Certamente um molho muito prático e nutritivo.

Molhos para lanches

Foto: Reprodução / Sal De Flor

61. Maionese: a maionese é um molho clássico em lanches e outros pratos diversos. Apesar de ser encontrada pronta, a maionese caseira tem um sabor mais especial e é muito simples de fazer.

62. Ketchup: outro molho clássico e muito simples de ser feito em casa. Adiciona-se um pouco de vinagre para que o molho dure por até 2 semanas na geladeira.

63. Molho de pimenta: quem gosta do sabor picante sabe que não pode faltar aquele molho de pimenta no lanche. O desta receita é feito com pimenta dedo de moça e a dica para quem prefere um sabor menos picante é retirar as sementes da pimenta.

64. Molho cheddar: a receita é feita a partir de queijo cheddar, creme de leite fresco e temperos. Ideal para servir juntamente com batata frita.

65. Molho tasty: inspirado em um lanche famoso, esse molho já é um sucesso. A receita garante um molho bem parecido e ideal para ser servido com o lanche de sua preferência.

66. Molho rose: o molho rose é uma mistura de maionese, ketchup e mostarda. Para essa receita é utilizada uma maionese caseira, para que o molho fique ainda mais saboroso.

67. Molho de salsicha: o molho de cachorro-quente caseiro é um clássico. Ele é muito rápido, prático e econômico. A autora ainda recomenda a substituição da salsicha por carne moída, frango ou linguiça, caso você preferir.

68. Molho de pimentão: após assados, retira-se a pele e as sementes dos pimentões. Depois é só cozinhar todos os ingredientes por cerca de 30 minutos.

69. Molho de queijo e cebola caramelizada: basta misturar todos os ingredientes e o molho de queijo estará pronto. A cebola caramelizada é feita com manteiga, sal e açúcar, cozinhe até perceber a cor de caramelo.

70. Molho de laranja: molho ideal para ser servido com hambúrguer de frango. Esse molho apresenta um sabor agridoce por conta da laranja.

71. Molho de pernil com pimentão: todos os ingredientes são colocados na panela de pressão e cozidos juntos. É um molho prático e o pernil é desfiado após esse cozimento, ainda dentro da panela.

72. Molho de tomate seco: para fazer o molho basta juntar todos os ingredientes e bater no processador. O molho é servido com sanduíche de presunto cru.

73. Molho tahine: o tahine é uma pasta feita com grãos de gergelim. Nessa receita, o molho é servido juntamente com hambúrguer de grão de bico, uma combinação deliciosa e saudável.

74. Molho de whisky: para chegar à consistência cremosa da receita, é preciso seguir as dicas da autora, que apesar de simples, fazem toda a diferença para o resultado final.

75. Molho especial: este molho é utilizado para temperar a carne do hambúrguer e garante que a carne fique macia e com toque picante. O molho leva pimenta, cominho, ketchup, mostarda e molho inglês.

76. Molho ranch: o molho ranch é feito a partir de maionese, iogurte natural e mel, o que atribui um sabor agridoce. Além de casar bem com lanches diversos, também pode ser utilizado em saladas.

77. Molho de pepino: esse molho é bem diferente e leva ingredientes como tahine e leite de coco. O molho é servido com um hambúrguer de feijão.

78. Molho de alho: os alhos são assados para que o sabor fique mais suave. Depois é só misturar aos outros ingredientes e bater no liquidificador. O molho combina com lanches diversos.

79. Molho picante: esse molho picante é muito simples de fazer. Basta misturar maionese, que pode ser caseira ou industrializada, juntamente com um molho de pimenta de sua preferência.

80. Molho de cogumelos: são utilizados cogumelo paris, shimeji e shitake, com base de creme de leite para obter um molho cremoso. Ideal para ser servido com hambúrguer.

81. Molho honey mustard: para o molho é feita uma mistura de diferentes tipos de mostada. A autora da receita serviu com hambúrguer grelhado e batatas rústicas.

82. Molho de wasabi: para a base, você pode utilizar creme de leite, iogurte ou requeijão. Depois é só adicionar o wasabi e o sal e caso desejar um molho mais forte, adicione uma quantidade maior de wasabi.

83. Molho de cream cheese e limão: um molho de sabor suave e que combina com diferentes tipos de lanche. Basta misturar todos os ingredientes e estará pronto.

84. Molho chili: o molho chili pode ser servido de diversas formas. No vídeo, a sugestão é com hambúrguer, mas também pode ser servido com batata frita, massas e até como recheio de pastel.

85. Maionese de páprica picante: a maionese utilizada na receita é caseira e para um toque especial é adicionada uma colher de páprica picante.

Molhos para carnes

Foto: Reprodução / Aqui Na Cozinha

86. Molho barbecue: é muito simples fazer o popular molho barbecue em casa, além de ser econômico e proporcionar um sabor mais caseiro para as suas receitas.

87. Molho inglês: o molho inglês é feito a partir de vinagre, azeite e temperos. Basta cozinhar todos os ingredientes durante 15 minutos.

88. Molho de laranja: esse molho agridoce é ideal para ser servido com carne de frango. Pode ser utilizado para marinar ou como acompanhamento.

89. Molho de limão: para o molho são utilizados creme de leite, mel, azeite e limão. É ideal para ser servido com peixes diversos.

90. Molho cremoso de maracujá: esse molho agridoce de maracujá é ideal para servir com filé de frango, mas também pode ser utilizado com outras carnes.

91. Molho de mostarda: é um molho feito a base de creme de leite e com mostarda amarela e dijon. É servido com filé mignon, mas também pode ser servido com outras carnes.

92. Molho chimichurri: molho tradicional argentino, é feito a partir de alguns temperos desidratados como cebola, salsinha, pimenta, entre outros. É ideal para ser servido com churrasco.

93. Molho de goiabada: esse molho agridoce é ideal para ser servido com carne suína. Se desejar um molho mais homogêneo, basta bater no liquidificador.

94. Molho stella: basta misturar todos os ingredientes para obter um molho que vai bem com diversas carnes, desde bifes à milanesa até filés de tilápia.

95. Molho de champignon: o molho é feito com base de creme de leite, com muitos temperos e os champignons. É ideal para ser servido com frango.

96. Molho de café: sim, é possível fazer um molho para carne com café. Pode parecer inusitado, mas o sabor surpreende. Ideal para ser servido com frango.

97. Molho barbecue de pêssego: esse é um molho que vai bem com qualquer tipo de carne. Pode ser feito em grande quantidade e congelado para ser utilizado posteriormente sem que perca o sabor.

98. Molho teriyaki: é um molho agridoce muito popular na culinária oriental. Ele é feito com shoyu, saquê, açúcar, gengibre e vinagre branco. Casa perfeitamente com frango.

99. Molho tarê: outro molho popular na culinária oriental é o tarê. É feito com açúcar, saquê e molho de soja. Na receita o autor dá algumas dicas de outros ingredientes que podem ser utilizados.

100. Molho alfredo: o molho Alfredo é feito a partir de creme de leite e queijo parmesão. Ele pode ser servido com diversos pratos e nesse caso ele é servido com frango.

101. Molho ferrugem: o molho ferrugem é um molho espesso feito a base de molho de tomate. Ideal para ser servido com carne bovina.

102. Molho de vinho tinto: o sabor marcante do vinho resulta em um molho muito sofisticado. Ideal para ocasiões mais refinadas e para servir com carne vermelha.

103. Molho de cogumelos: o segredo do sabor do molho está em levar os cogumelos para cozinhar na mesma panela em que a carne foi preparada. Depois é só adicionar o restante dos ingredientes.

104. Molho de cebola: a partir do caldo do cozimento da carne é feito o molho. Basta juntar a manteiga, azeite e as cebolas cortadas em meia lua.

105. Molho madeira: o molho madeira é ideal para acompanhar carnes cozidas, bovinas ou suínas. O molho é feito a partir do caldo de cozimento da carne.

106. Molho de cerveja preta: além da cerveja preta, o molho leva extrato de tomate, molho inglês e temperos diversos. É ideal para ser servido com picadinho de carne bovina.

107. Molho de frutas vermelhas: para fazer a receita você pode utilizar as frutas vermelhas que preferir, como morango, framboesa, amora, entre outras. É possível utilizar também apenas uma delas. É um ótimo molho para ser servido com carne bovina.

108. Molho de camarão surf and turf: o molho é feito com camarões, vinho branco e manteiga. O segredo para os camarões ficarem macios é não deixar cozinhar muito.

109. Molho de castanhas portuguesas: o molho é feito em conjunto com a carne, que no caso é uma peça de carne bovina magra como, por exemplo o lagarto.

110. Molho de missô: o missô é uma massa feita a partir da soja, muito tradicional na culinária oriental. Para essa receita, o missô é utilizado como base para um molho servido com costelinha de porco.

111. Molho gengiskan: o molho é feito com ingredientes típicos da culinária oriental como gengibre, Ajinomoto e shoyu. Ideal para ser servido com carne bovina.

112. Molho béarnaise: o molho é típico da culinária francesa e é feito a partir de gemas e vinagre de vinho. O aspecto do molho é de maionese e ele combina bem com carnes vermelhas.

Molhos light e veganos

Foto: Reprodução / Gordelícias

113. Molho branco de amêndoas e cogumelos: esse molho vegano combina com massas diversas. Ele é feito a partir de leite de amêndoas, que é cozido com os demais ingredientes.

114. Molho branco light: o molho branco tradicional não é amigo da dieta. Mas essa versão light pode ser consumida sem culpa em panquecas, grelhados e massas em geral.

115. Molho branco vegano: esse molho é feito a partir de couve flor. Além de ser vegano, é uma versão saudável e nutritiva. Pode ser servido com massas em geral.

116. Molho de tomate light: molhos de tomate prontos podem conter sal e açúcar em excesso. É possível fazer um molho de tomate caseiro, saudável e leve em casa.

117. Molho bolonhesa de soja: substituindo a carne moída por proteína de soja é possível obter o tradicional molho bolonhesa em versão vegana. Pode ser servido com massas em geral ou em sanduíches.

118. Molho bolonhesa de lentilhas: o molho bolonhesa também pode ser elaborado com lentilhas. As lentilhas são uma ótima fonte de proteína de origem vegetal. O molho pode ser servido com massas diversas.

119. Molho de aveia e grão de bico: esse molho é muito nutritivo e saudável. É ideal para ser servido com saladas e pode ser conservado durante um bom tempo na geladeira.

120. Molho de iogurte light: basta misturar todos os ingredientes e servir como desejar. Pode ser utilizado em lanches, saladas, carnes e o que mais a imaginação mandar.

121. Molho de abacate e manjericão: é um molho muito prático e versátil para ser utilizado com massas. Como o abacate oxida rapidamente, é ideal servir o molho logo após o preparo.

122. Molho de amendoim agridoce: esse molho é bem diferente e a autora garante que ele agrada muito o paladar. O molho tem uma textura cremosa e é ideal para ser servido com macarrão.

123. Molho de amêndoas e pera: esse molho é ideal para ser servido com salada de repolho. O sabor refrescante e agridoce combina perfeitamente com dias mais quentes.

Agora que você aprendeu a fazer tantos molhos, certamente os molhos industrializados ficaram sem graça. Aposte nos molhos caseiros para conferir um sabor natural e fresquinho aos seus pratos e divirta-se na cozinha.

Dicas pela Web
Comentários