Use a linguagem corporal a seu favor no trabalho

Descubra o que você pode ou não fazer no ambiente profissional quando se trata de movimentos e gestos

Por Andressa Dias
use a linguagem corporal a seu favor no trabalho Use a linguagem corporal a seu favor no trabalho

Foto: Thinkstock

Sabe-se que a linguagem corporal tem um papel muito importante no que se refere à maneira que as outras pessoas te veem. Na vida pessoal isto é facilmente identificado.

E na vida profissional não poderia ser diferente. A maneira com que você se movimenta e os gestos que usa podem ter um grande impacto na visão que os outros têm de você. Quando isso está relacionado ao trabalho, a preocupação é em manter esse impacto sempre positivo e evitar que a linguagem corporal atua contra nossa imagem profissional.

Sendo assim, selecionamos algumas dicas para que você deixe o seu “corpo falar” bem de você, passando aos outros uma boa imagem de profissional.

Um dos movimentos que as pessoas mais fazem ao apresentar alguma coisa em uma reunião ou conferência é movimentar os pés e o corpo para frente e para trás enquanto fala.

Além desse “tique nervoso” poder tirar a atenção das pessoas do assunto que está sendo discutido, o movimento pode ser considerado nervosismo e falta se segurança com o que você está dizendo. Tentar controlar esses “tiques” é uma forma de demonstrar que você está certo e seguro do que está apresentando.

Deve-se também evitar ficar enrolado o cabelo nos dedos ou passar muito a mão nos cabelos enquanto fala. Tente se concentrar no assunto, olhe nos olhos de quem está te ouvindo e passeie pela sala somente algumas vezes e lentamente para usar todo o espaço disponível.

Enquanto estiver fazendo uma apresentação, você pode segurar um papel nas mãos – o que pode evitar que você se mexa tanto. Ou você pode também usar as mãos para gesticular de forma suave e gentil, nada de movimentos bruscos. Exagerar no uso das mãos e braços durante a apresentação também pode significar insegurança.

Outros gestos que normalmente não são bem vindos no ambiente profissional são as mãos nos bolsos e os braços cruzados. Evite isso para que as pessoas não te vejam como alguém inacessível ou pensem que você não está interessado no que está fazendo ou no assunto que está sendo discutido. Algumas pessoas podem, ainda, considerar estes gestos um sinal de falta de educação.

Quando estiver sentada em uma reunião ou em sua mesa, tome cuidado para não relaxar demais. Deixar as pernas abertas e abrir os braços para se esticar toda hora podem ser mal vistos. Outro costume que pode ser considerado deselegante é se escorar na mesa ou na parede ao seu lado.

No ambiente profissional, movimente-se de forma gentil, sem fazer barulhos excessivos ao andar. A dica chave é ser suavizar os movimentos e nunca exagerar na hora de gesticular. Até mesmo na hora de conversas é importante amenizar o tom, escolher bem as palavras e nunca falar alto demais. Isso também vale na hora de falar ao telefone.

Outra dica é sempre manter a distância de pelo menos 1 braço aberto da pessoa com quem você está falando. Chegar perto demais pode parecer uma invasão do espaço alheio e muita gente se incomoda com essa atitude, então policie-se. Encostar na pessoa ou tocá-la também é algo que deve ser evitado, a menos que você tenha liberdade com a pessoa e saiba que ela não se importa. Caso contrário, não faça isso.

Se alguém te chamar para olhar algo no computador ou na mesa dela, não se debruce sobre a mesa e mantenha uma distância educada para não incomodá-la.

Seguindo essas sugestões você evita que as pessoas interpretem mal a sua linguagem corporal e assim você mantém bom relacionamento com quem convive com você no trabalho.