Parto normal x Cesariana

Tire suas dúvidas e saiba mais sobre os prós e contras dos tipos de parto

Por Deborah Busko
Atualizado em 22/11/2012 14:36

parto normal cesariana Parto normal x Cesariana

Algumas mães ficam inseguras na hora de decidir qual tipo de parto vai trazer o bebê ao mundo. Os mais conhecidos são o parto normal e a cesariana e antes de escolher, vale a pena saber mais sobre os prós e contras de cada um deles.

A orientação médica é fundamental para a decisão, mas diversos fatores devem ser levados em conta e podem ajudar a futura mamãe, como as condições físicas e psicológicas dela, os problemas que podem acontecer em função da anestesia, a recuperação pós-parto e o conforto, tanto para a mãe como para o bebê.

Parto Normal

O parto normal é o mais aconselhado pelos médicos, já que os riscos de infecções é menor para a mãe e o bebê.

Para que este tipo de parto aconteça, é necessário que o colo do útero esteja dilatado por completo e as contrações sejam muito fortes.

As paredes do útero fazem pressão sobre o bebê e o esforço da mãe ajuda a empurrar a criança para fora. Quando o espaço para a passagem do bebê é insuficiente, é preciso que o médico faça um corte na passagem vaginal, um procedimento chamado de episiotomia.

A grande reclamação das mulheres sobre o parto normal é que ele é sinônimo de fortes dores. Mas hoje em dia, já existem técnicas para aliviá-las e o desconforto também pode ser amenizado com anestesia. Além disso, a recuperação da mulher é mais rápida. A mãe que prefere o parto normal pode voltar logo às suas atividades normais. Sem falar que a ligação entre mãe e bebê é muito maior.

Cesariana

A cesariana pode ser uma alternativa mais segura se o parto normal oferecer riscos à saúde da mãe ou do bebê. Esse tipo de parto é costuma ser indicado em casos de hipertensão, pré-eclampsia, diabetes gestacional, insuficiência placentária, problemas do coração e rim.

A vantagem da cesariana é que o bebê pode ser retirado no momento certo e com rapidez. Por ser um procedimento cirúrgico, uma desvantagem do parto cesárea é o risco de infecções e os recém-nascidos podem ter problemas respiratórios.

Muitas mulheres acreditam que a cesariana é um procedimento indolor, mas se esquecem de que a recuperação é mais lenta e dolorosa, as dores podem ser sentidas em movimentos simples como ficar em pé, rir ou chorar.