Dicas de Mulher Dicas de Beleza

Drenagem linfática

Tudo sobre os benefícios da massagem que elimina as toxinas e diminui a retenção de líquidos

em 29/09/2014

A drenagem linfática, também conhecida como massagem linfática, é uma técnica que tenta auxiliar o organismo num processo natural para eliminar as toxinas resultantes do trabalho do metabolismo e drenar os líquidos que devem ser eliminados. É aplicada com movimentos rítmicos e de pressão leve para estimular o sistema linfático a trabalhar em um ritmo mais acelerado.

O sistema linfático é responsável por regular o sistema imunológico, filtrar o sangue e remover toxinas que podem prejudicar o organismo e causar doenças. Quando esse sistema fica lento ou ocorre algum tipo de bloqueio no seu funcionamento, o corpo tende a acumular toxinas.

Ao contrário do que muita gente pensa, a drenagem linfática não tem que doer e nem deixar hematomas para funcionar. A ideia é que ela seja suave e inclusive relaxante.

O desconforto pode acontecer se alguma região massageada estiver mais sensível por inflamação, acúmulo de líquidos ou cicatrizes recentes de cirurgia. Se surgirem manchas roxas depois das sessões de massagem, é sinal de que os movimentos foram muito agressivos e houve rompimento de vasos.

Quem pode fazer a drenagem linfática?

A principal indicação da drenagem linfática é para quem quer amenizar a celulite, no pré e pós-operatório de cirurgias plásticas, também serve para varizes, pernas cansadas, tensão pré-menstrual e alívio de dores musculares. A massagem pode ser realizada isoladamente ou associada a outros tratamentos

Quais os benefícios da massagem linfática?

Os benefícios da drenagem linfática, dados pela melhora da circulação e pela eliminação de toxinas, ajudam a prevenir vários problemas de saúde. Além de ajudar a limpar os bloqueios e estimular a drenagem dos líquidos presos entre as células, a drenagem linfática também pode melhorar o metabolismo, favorecendo a queima dos estoques de gordura do corpo.

A massagem estimula o sistema imunológico, necessário para manter o corpo forte e saudável e alivia os efeitos negativos provocados pelo mau funcionamento do sistema linfático, como dores nas articulações, dores de cabeça, cólicas menstruais, acne, doenças respiratórias e até mesmo depressão.

A massagem linfática também pode combater a celulite. Seja por má alimentação, sedentarismo, cigarro, alterações hormonais, a celulite começa com um processo de retenção de líquidos que ocasionam a má oxigenação dos tecidos. A técnica evita a celulite justamente por eliminar o excesso de líquido e toxinas.

Se bem aplicada, a massagem diminui a retenção de líquidos no abdômen, coxas e culote, áreas do corpo mais propensas ao acúmulo de gordura. Portanto, outro benefício da massagem linfática é ajudar a reduzir alguns centímetros na silhueta.

O recomendando é fazer no mínimo dez sessões para obter algum resultado efetivo, mas já na primeira sessão é possível notar uma melhora visível do inchaço.

Comentários
Dicas relacionadas