Dicas de Mulher Dicas de Saúde

Como evitar a cãimbra

Veja como é possível preveni-la e garanta exercícios físicos bem mais confortáveis

em 07/02/2012

Dor intensa e contração muscular. Esses são dois dos sintomas da cãimbra. Não importa o momento, seja durante a madrugada, na prática de exercícios físicos ou até mesmo na rotina diária de trabalho, os espasmos frequentes e involuntários causam bastante incômodo ao corpo.

Mas afinal, o que elas são? As cãimbras se caracterizam por grandes contrações nos músculos e geralmente é causada em dias frios, falta de aquecimento do corpo antes da prática de exercícios físicos, ou até mesmo pela ausência de sódio e líquido no organismo.

“Essas dores musculares sinalizam que há com certeza um desajuste no corpo humano, como cansaço muscular e o desequilíbrio de componentes necessários ao nosso organismo, como o potássio, sódio e principalmente o cálcio”, comenta a terapeuta ocupacional Ana Lúcia Barbosa.

Mas é possível sim tomar algumas medidas para evitar que elas apareçam. Segundo a terapeuta é necessário sempre ter uma alimentação balanceada e não exagerar nos exercícios físicos.

Procurar um especialista antes de aderir a regimes e até mesmo para começar a praticar esportes também é uma boa opção.

“Tudo o que é em demasiado não faz bem ao corpo humano. Já vi pacientes que querem emagrecer e, mas não consultam médicos para ver qual o cardápio recomendado, o que faz com que os componentes necessários não sejam consumidos, resultando em vários problemas , como também no surgimento das indesejadas cãimbras”, afirma.

Por isso, é preciso se atentar a alguns tópicos diariamente. Antes de praticar algum esporte ou malhar na academia, é imprescindível fazer, pelo menos, uma série de alongamentos.

Exercitar o corpo antes da ginástica permite com que você prepare a musculatura para o esforço físico. Procure também hidratar o organismo antes, durante e depois dos exercícios, afinal, o seu corpo necessita repor o líquido perdido.

“Recomendo que você reponha sódio no intervalo dos exercícios leves ou pesados e para isso, você pode consumir os isotônicos que são vendidos em supermercados ou em farmácias”, sugere Ana.

Alimentação balanceada

Consumir alimentos ricos em carboidratos, potássio e cálcio durante os treinos também são ferramentas para evitar a indesejada cãimbra. “ As bananas, tomates e os nozes possuem potássio e são ideais para a prevenção. Além de ser deliciosos, também são alimentos que fazem bem para o coração”, recomenda a terapeuta.

Outra dica é que você se alimente bem de duas em duas horas, ou seja, consuma frutas e tenha sempre uma alimentação saudável. “ Além de evitar o aparecimento das cãimbras, ter uma alimentação equilibrada rica em frutas e verduras, garante ótimo funcionamento do organismo, o que evita futuros problemas de saúde”, afirma Ana.

Caso você pratique algum tipo de esporte, não esqueça que depois de terminar o exercício, tente relaxar os músculos para evitar possíveis contrações. “Enquanto você estiver finalizando os exercícios, vá reduzindo a intensidade e procure relaxar o músculo para evitar que as contrações apareçam. Não se esqueça que é importante não cansar demais a musculatura”, explica Ana Lúcia.

Comentários
Dicas relacionadas