Dicas de Mulher Dicas de Saúde

Como adicionar alimentos saudáveis no cardápio das crianças

Aprenda truques para tornar a alimentação do seus filhos mais rica e saudável

em 29/04/2013

O horário das refeições deve ser um momento de união entre a família, certo? Sim, está certo. Porém, quem tem filhos pequenos sabe que o almoço e o jantar podem se tornar verdadeiras batalhas em que a mãe quer oferecer legumes e verduras aos filhos, que, por sua vez, querem batatas fritas, hambúrgueres e outros alimentos não saudáveis. Para tornar possível a tarefa de oferecer comida de qualidade aos pequenos, é preciso criatividade.

As crianças são atraídas pelo visual dos alimentos, por isso, quanto mais coloridos os pratos forem, mais elas terão vontade de comer. Para criar o cardápio, as mães devem conhecer o paladar dos filhos, saber de que verduras e legumes eles mais gostam ou podem gostar, já que nunca se deve forçar as crianças a comerem alimentos com os quais não estejam habituadas. Mas, a melhor solução para esse problema, é ensinar aos filhos desde pequenos a comer de maneira saudável.

Uma alternativa para começar a inserir alimentos saudáveis às refeições da criançada mais resistente é estabelecer um sistema de trocas. “Converse com o filho e ofereça: ‘se você comer cenoura e brócolis hoje, não precisa comer o brócolis amanhã ou você mesmo escolhe o legume de amanhã’”, explica a nutricionista Cláudia Farias. Essa parceria pode tornar as refeições mais agradáveis para os pais e para os filhos também.

Mas, para quem tem em casa aquelas crianças cheias de personalidade e que não aceitam acordos, o gastrônomo Oghan Teixeira, que desenvolveu um serviço especial para os pequenos na Ghee Banqueteria, da qual é sócio proprietário, dá a dica que ele adotou para apanhar visualmente o interesse da garotada. “As crianças possuem um gosto rotineiro, sempre massas, sanduíches e friturinhas. Então, por que não adicionar vitaminas extras a essas refeições que elas tanto gostam?”, sugere.

Não é preciso privar o filho de comer seus alimentos preferidos, apenas torne-os mais saudáveis. “A filha de uma grande amiga só se alimenta de feijão preto e batata frita. No feijão dela, colocamos uma mistura de diversos legumes, verduras e proteínas processados que ela nem imagina estar comendo. É fantástico!”, explica Teixeira, que ainda sugere: “É possível fazer brigadeiro de beterraba, cupcakes de cenoura e hambúrgueres de soja.” .

A doutora Cláudia alerta para a quantidade de verduras e legumes oferecidos diariamente às crianças. “O ideal é dar dois tipos de legumes por refeição, almoço e jantar. Escolha os mais coloridos e corte-os bem para chamar atenção e ter aparência gostosa.” Para escolher quais serão oferecidos, opte por uma verdura ou legume que a criança tenha gostado, isso pode estimulá-la a comer a outra opção do prato.

E claro, como toda criança gosta de doces e bolinhos, para a sobremesa, opte por doces com pitadas saudáveis.

Receba nossas melhores dicas diretamente em seu e-mail

Assine nossa newsletter para receber nossas novidades sobre os assuntos do momento.

Nós odiamos spam. Nunca usaremos seu e-mail para outros fins.

Comentários
Dicas relacionadas