Novidade! Baixe nosso app em seu smartphone Android iPhone

Dicas de Mulher Dicas de Saúde

Como acabar com a prisão de ventre

Confira dicas simples para dar adeus à prisão de ventre

em 03/04/2013

O assunto não é dos mais agradáveis, mas merece atenção já que suas maiores vítimas são as mulheres. De cada dez mulheres, nove se queixam do intestino preso e do desconforto causado pelo problema de passar um, dois, três, ou até mais dias sem ir ao banheiro.

Além de mexer com o humor e deixar a barriga estufada, a prisão de ventre pode ter outras conseqüências que afetam a sua beleza e até mesmo a sua saúde. A falta de funcionamento do intestino pode resultar em gases, enxaqueca, oleosidade excessiva da pele, espinhas, celulite e fadiga.

Todos esses problemas têm a ver com as toxinas que deveriam ser eliminadas com as fezes, mas que por causa da prisão de ventre, permanecem no organismo.

Enquanto alguns dizem que o intestino normal deve funcionar de duas a três vezes ao dia, outros defendem que uma vez ao dia é suficiente. No entanto, é importante levar em conta que cada organismo funciona de uma maneira.

Por isso, o termômetro para saber se o seu intestino está funcionando corretamente é o hábito e o bem-estar. Se você estava acostumada a ir ao banheiro todos os dias e agora passa dois ou três dias longe do vaso, fique atenta.

Adeus, prisão de ventre!

Se você faz parte do time de mulheres que sofre frequentemente com esse incômodo, confira algumas dicas de como acabar com a prisão de ventre. Você pode acabar com a prisão de ventre incluindo no cardápio alguns alimentos amigos do intestino.

As frutas, folhas e os legumes concentram substâncias que ajudam o seu intestino a funcionar melhor. A papaia, ameixa, abacaxi, maracujá e laranja são ótimas opções. Consumir a versão integral dos alimentos, fibras e iogurtes, principalmente os que contêm lactobacilos, também ajuda. Beba água, no mínimo 2 litros por dia.

A prisão de ventre pode ser um bom motivo para você começar a malhar. Meia hora de abdominais por dia já suficiente para fortalecer a musculatura e ajudar nos movimentos peristálticos, importantes na expulsão das fezes.

Muito cuidado ao fazer uso dos laxantes. Alguns tipos de laxantes contêm fibras solúveis e por isso não causam danos, mas há outros que podem irritar o intestino, destruir a flora e ainda viciar seu organismo fazendo com que o medicamento perca o efeito. Portanto, o ideal é só se medicar para a prisão de ventre de acordo com recomendações médicas.

A última dica pode ser complicada de ser incorporada à rotina, mas é essencial para fazer com que seu organismo funcione melhor. Quando a vontade bater, atenda prontamente ao chamado do seu intestino e vá ao banheiro.

Receba nossas melhores dicas diretamente em seu e-mail

Assine nossa newsletter para receber nossas novidades sobre os assuntos do momento.

Nós odiamos spam. Nunca usaremos seu e-mail para outros fins.

Comentários
Dicas relacionadas