Benefícios do Óleo de Ojon para seus cabelos

Conheça óleo da noz da palmeira hondurenha que promete fortalecer e reconstruir o cabelo

Por Giselle Coutinho
beneficios do oleo de ojon Benefícios do Óleo de Ojon para seus cabelos

Foto: Thinkstock

O Óleo de Ojon, lançamento recente no mercado brasileiro de cosméticos para cabelos, é um óleo com a mesma constituição da queratina do cabelo, rico em aminoácidos e antioxidantes naturais, que promete superar o já conhecido Óleo de Argan, proporcionando recuperação, brilho intenso, força e proteção das agressões diárias aos fios.

Também chamado de Batana Oil ou American Oil, o Óleo de Ojon é extraído da noz da palmeira Ojon, típica da floresta tropical de Honduras. Este óleo vem sendo utilizado há muitos anos em toda a região do Caribe e América Central com aliado nos tratamentos para os cabelos, tendo sido introduzido pela tribo Tawira Miskito, cujo nome significa “povo do cabelo bonito”.

A produção do Óleo de Ojon é base do sustento das tribos hondurenhas, que o apelidaram de líquido precioso, tanto por ser uma fonte de renda indispensável, quanto pelo seu poder nos tratamentos estéticos para os cabelos e também para a pele.

Quais tipos de cabelos podem se beneficiar do Óleo de Ojon?

O óleo hondurenho é indicado principalmente para cabelos ressecados ou que tenham sofrido qualquer tipo de dano, seja pelo uso de químicas, como alisamento e tinturas ou por exposição excessiva ao calor do sol, secador ou pranchas térmicas.

Não há contraindicação no uso do Óleo de Ojon, mesmo quem costuma ter grande sensibilidade nos cabelos e couro cabeludo pode usá-lo, pois seus ativos são compostos por lipídeos similares aos existentes naturalmente nos cabelos.

A utilização deste óleo deve ser evitada apenas antes da coloração ou tratamentos químicos – como alisamentos ou permanentes, pois, como funciona como protetor da estrutura capilar, ele pode atrapalhar a ação de abertura da cutícula do cabelo para o depósito das substâncias que irão colorir, alisar ou cachear os cabelos.

Como usar o Óleo de Ojon a favor de seus cabelos

O Óleo de Ojon possui várias formas: óleo puro, sérum, antifrizz, máscara de tratamento, xampu e condicionador. Cada produto tem uma função de aplicação.

  • O óleo puro é usado como um protetor térmico e deve ser aplicado nos fios ainda molhados, antes do secador, chapinha ou babyliss;
  • O sérum e o antifrizz devem ser aplicados no cabelo seco, para controlar os fios arrepiados, dar brilho e maciez;
  • A máscara de tratamento deve ser usada nos cabelos cacheados ou naqueles que estejam ressecados por agentes químicos como hidratação semanal ou quinzenal;
  • O xampu e o condicionador têm uso liberado para todos os cabelos e sem restrições de frequência.

“O Óleo de Ojon veio para complementar os tratamentos nos cabelos danificados, atendendo o que o Óleo de Argan não conseguia reparar por completo. Muito mais denso e encorpado, este óleo, que é rico em carga lipídica e cisteína, é capaz de compor as fibras e minimizar os desgastes sofridos pelos cabelos, devolvendo o brilho e deixando estes sedosos.”, afirma Wagner Ramos, proprietário do salão Alawys, em São Paulo.

Celebridades como Gisele Bündchen, Demi Moore, Liv Tyler, Rachel Bilson, Catherine Zeta Jones, Scarlett Johansson e até mesmo Orlando Bloom já aderiram a este óleo de tratamento que têm cheiro parecido com caramelo e promete ser o novo aliado nos tratamentos de plástica capilar. Vale a pena apostar nessa novidade!