Bem-estar

Os sex toys chegaram para aumentar seu prazer na hora H

Canva

Em 30.07.22

Quando se fala em sexo e masturbação, se aventurar no universo dos sex toys é uma ótima pedida. Os brinquedos sexuais fazem a diferença na busca pelo prazer e podem ser usados sozinha ou acompanhada. Por isso, confira dicas da psicóloga e sexóloga, Fernanda Trombini Cassim sobre as vantagens de inseri-los na sua rotina sexual e qual modelito escolher!

Publicidade

Vantagens do uso de sex toys

sex toys

Canva

O uso de sex toys não traz só vantagens momentâneas com o prazer que proporcionam, mas contribuem com uma série de benefícios a longo prazo para quem escolhe se aventurar com eles, tanto sozinhe, quanto acompanhade. A sexóloga pontua alguns deles, confira:

  • Descobertas sexuais: de acordo com Cassim, ao usá-lo sozinha, a mulher se sentirá mais “à vontade para explorar zonas erógenas do seu corpo”.
  • Ajuda na estimulação: quando acompanhada, a sexóloga afirma que o sex toy se torna um aliado para estimular o clitóris enquanto o parceiro(a) se dedica a outras formas de prazer, como penetração, massagens, masturbação e sexo oral.
  • Contribui com a saúde sexual: os sex toys tornam o ápice do prazer mais fácil e, como salienta a psicóloga, “os orgasmos podem ajudar a aumentar a circulação do fluxo sanguíneo em todo o corpo, provocando bem-estar e melhorando a saúde feminina”.
  • Fortalecimento da musculatura vaginal: Fernanda afirma que os brinquedos podem auxiliar no pompoarismo, um exercício fortalecedor da musculatura vaginal, ajudando na saúde feminina.
  • Aumenta a intimidade na relação: a psicóloga aponta que parceiros que dão uma chance aos toys, constroem mais cumplicidade no sexo, melhorando a qualidade da relação e uma comunicação mais transparente.
  • Proporciona alívio de tensões: por serem ótimos aliados nos momentos de prazer, ajudam a aliviar “os dias de mais excitação” e estresse, como aponta Cassim.

Com tantas vantagens assim, dá vontade de experimentar alguns modelos, não é mesmo? Não tenha medo de se aventurar e intensificar as sensações, conhecer seu corpo e o que faz sentido para você.

Como escolher os sex toys

Canva

Para Cassim, a escolha dos sex toys se baseiam em 3 fatores principais: o estágio de desenvolvimento e maturação da sua vida sexual, suas fantasias e fetiches e questões anatômicas individuais. São eles que guiarão as dicas para determinar qual o melhor brinquedo para você. Veja abaixo como encontrar o seu favorito:

  • Experimente e escolha o que mais atende a sua vontade: existem toys de vários tamanhos e estilos. A sexóloga afirma ser comum mulheres mais iniciantes na vida sexual optarem por bullets e vibradores externos e menores. Quem já se conhece melhor as opções e já testou outros modelos, pode preferir brinquedos maiores para a penetração, dildos, rabbits e materiais para pompoar.
  • Toys podem ser usados para fetiches e fantasias: fantasias e fetiches são coisas muito particulares e o estilo do brinquedo pode variar conforme a fantasia do(a) parceiro(a). A dica da Cassim é “deixar a imaginação rolar e ver o que o seu corpo pede”.
  • Fique atenta às questões anatômicas: a escolha do seu brinquedo precisa levar muito esse aspecto em consideração. A psicóloga reitera que “não adianta você querer muito usar um brinquedo que seja muito invasivo ou ultrapasse os limites do seu corpo”. Na busca pelo prazer, é preciso conhecer seus limites e se respeitar.
  • Use géis e lubrificantes: além dos vibradores, há também outros itens que deixam a hora H mais gostosa. É o caso de géis que aumentam a percepção sensorial, óleos corporais para massagem e lubrificantes.
  • Defina um orçamento: como Cassim relembra, “o mercado dos brinquedos sexuais é vasto e os preços são variados”. Os preços podem começar em R$30,00 e não tem um lugar para parar, podendo passar dos R$1.000. Então, escolha a opção que melhor cabe no seu bolso, mas que também tenha qualidade e ofereça durabilidade.

Os brinquedos sexuais intensificam o prazer sozinha ou acompanhada. São excelentes para fugir da rotina, experimentar novas sensações e conhecer melhor o que te dá prazer. Lembre-se: você merece esse gesto de cuidado!

Os melhores sex toys para intensificar sua busca pelo prazer

Existe uma infinidade de toys no mercado e para escolher um modelo para experimentar, vale a pena conhecer a experiência de outras pessoas que já testaram e aprovaram. Veja resenhas que podem te auxiliar nessa decisão:

1. Bullet – $

Uma opção de sexy toys é um vibrador bullet, super em conta, bem pequeno, podendo ser escondido com tranquilidade. Além disso, é fácil de usar sozinha ou acompanhada.

Porém, se você busca uma opção de penetração, ele não é ideal, pois foi desenvolvido para estimular o clitóris.

Publicidade

“Um dos vibradores mais baratos, é ótimo para desmistificar a ideia de que sexo é só pênis e vagina. Ele pode ser usado no seu corpo inteiro. Muito indicado para fazer massagem com um óleo. É pequeno, mas é potente.” – Larissa Rogério

2. Plug anal – $$

Uma das funções desse toy é dar um conforto ao sexo anal, preparando o local antes da penetração. Ele também pode ser usado para dupla penetração, intensificando o prazer.

“Existem diferentes modelos e materiais, mas todos tem uma alça de segurança. Um modelo indicado para quem está começando a usar é com bolinhas e de silicone. Existe também a joia anal, que tem beleza e estilo.” – Sâmarah Batista

3. Vibrador de Sucção – $$$

Ele é um sugador com um visual bem fofinho, já que parece um polvinho ou outros bichinhos. A sensação que produz é de pressão e pode ser usado no clitóris ou nos mamilos. É delicado e tão bom quanto qualquer outro vibrador de sucção e mais acessível para quem tem curiosidade em chegar ao orgasmo em até 3 minutos. Excelente opção de sex toy.

“O bocalzinho dele é bem tranquilo para encaixar no seu clitóris. Ele é muito meiguinho. Na primeira velocidade, é muito silencioso e quando encaixa no clitóris, fica ainda mais silencioso. Ele abraça, parece um carinho. É o tipo de vibrador que eu recomendo para quem está começando.” – Luana Lumertz

4. Vibrador de Ponto G Golfinho – $$$

Este vibrador tem uma curvatura na ponta feita para estimular o ponto G feminino na penetração. Ele faz maravilhas no prazer e é perfeito para quem gosta de penetração.

“Ele é feito para usar introduzindo no canal vaginal, não só para o estímulo clitoriano. Lembrando que não é para ir enfiando de uma vez, calma, entra no clima. Pode ser usado de várias formas. O importante é que você use e encontre o estímulo que te dá mais prazer.” – Lu da Caixa Oculta

5. Dildos – $$$

Os dildos são os famosos “pênis de borracha”, alguns imitando a cor e a textura do órgão sexual masculino. Eles possuem formato ergonômico para intensificar o estímulo e não costumam possuir nenhum modo de vibração.

“Eles não são feitos de borracha e são os primeiros a vir a mente quando se pensa em brinquedos eróticos. Podem ser usados na penetração vaginal, anal ou dupla penetração. Possuem de 15 a 18 cm e 4 a 6 cm de diâmetro.” – Natali Gutierrez

6. Vibrador Rabbit – $$$

A sexóloga Cassim define os sex toys rabbits como “vibradores penetráveis, com 2 ou 3 pontos de estimulação. São brinquedos que possibilitam a excitação interna do canal vaginal, ao mesmo tempo em que incide sobre o clitóris e/ou o ânus”.

Publicidade

“É um modelo para quem gosta do melhor dos dois mundos, penetração e estímulo no clitóris. Os modelos podem ou não ter a curvinha que estimula o ponto G. É legal para quem ainda não sabe se prefere estímulo no clitóris ou o da penetração e não precisa escolher.” – Garota Molhada

7. Calcinha Vibratória – $$$

A calcinha vibratória é um toy controlado por aplicativo perfeito para ser usado a dois. Ele é anatômico para ficar na calcinha e no canal vaginal.

“Ele tem estímulo no ponto G e não sai do lugar enquanto você se desloca já que ele é para ser usado fora de casa. A conexão com o aplicativo é feita com bluetooth.” – Rafaela Cavalcanti

8. Vibrador 2 em 1 – $$$$

Esse vibrador une o melhor dos dois mundos porque é, ao mesmo tempo, um sugador de clitóris e um vibrador de ponto G. Em cada ponta, um estímulo diferente.

“A parte maior e mais protuberante, cerca de 11 cm, é a parte que vai ser encaixada na vulva e vai estimular o canal vaginal com estímulo de ponto G. Enquanto a outra parte se encaixa no clitóris e faz o estímulo ser duplo e simultâneo.” – Aline da Libertina Shop

Gostou de alguma das opções? O importante é se aventurar no mundo do prazer com a mente aberta aos brinquedinhos que podem te ajudar a se conhecer melhor e explorar novas sensações. Você merece esse agrado na sua vida sexual. E para se experimentar ainda mais, confira dicas de como chegar no orgasmo.

Apaixonada por viver e escrever, sigo buscando sempre algo novo para me emocionar. Formada em Comunicação e Multimeios (UEM).