Bem-estar

Gravidez química: descubra o que pode indicar um falso positivo

Canva

Atualizado em 05.08.22

Você já ouviu falar sobre ‘gravidez química’? Esse termo é muito comum entre as mulheres que estão tentando engravidar. Ele representa a detecção do hormônio HCG no sangue ou na urina da mulher, porém sem comprovação clínica que assegure a gestação. Para entender mais sobre o assunto, conheça a opinião de uma profissional e sane algumas dúvidas.

Publicidade

O que é gravidez química

Canva

Segundo a ginecologista e obstetra Gianna Coelho (CRM 35816), a gravidez química ocorre quando o teste de gravidez dá positivo devido à detecção do hormônio HCG. “Esse hormônio começa a ser produzido e pode ser detectado pelos testes de gravidez, entretanto o embrião pode não se implantar devidamente no útero e, dessa forma, a gravidez não se desenvolve”, explica.

Ou seja, pode ser um falso positivo, visto que o feto pode não se desenvolver após alguns dias. Por isso é muito importante a realização do teste no período correto e buscar comprovação da gravidez por meio do exame de ultrassom.

Como funciona a gravidez química

Para entender um pouco mais sobre o assunto, é muito importante ficar por dentro de como esse fenômeno acontece e quais são os sintomas. Assim, confira as explicações da profissional:

Como a gravidez química se desenvolve no corpo da mulher

Segundo Coelho, a gravidez química ocorre quando o espermatozoide fecunda o óvulo, chegando na cavidade uterina. Ao tentar se implantar no endométrio, que é a camada interna do interior do útero, o hormônio HCG começa a ser produzido. Caso o embrião não consiga se implantar no útero, a produção de HCG é interrompida e a gravidez não se desenvolve.

Sintomas da gravidez química

A ginecologista explica que a gestação química não possui sintomas expressivos. “A paciente pode ou não ter um discreto atraso menstrual”, aponta. O único indicativo é a mudança do teste de positivo para negativo em alguns dias.

Portanto…

Não se esqueça de confirmar a gestação fazendo o exame de ultrassom.

Agora que você já entende um pouco mais sobre como funciona a gravidez química, confira o próximo tópico, em que a especialista responde às principais dúvidas sobre o tema.

Dúvidas sobre a gravidez química

Para não sair da matéria com dúvidas, confira as respostas da doutora Gianna Coelho a respeito das principais perguntas relacionadas a esse tema:

Publicidade

Dicas de Mulher – A gravidez química pode evoluir?

Gianna Coelho – A dosagem do HCG no sangue tende a dobrar a cada 48 horas em uma gestação normal. Caso esse valor não se altere ou diminua dentro desse período, podemos estar diante de uma gestação química. Nesses casos, o importante é excluir outros diagnósticos, como ter um teste de gravidez positivo e não apresentar nada no útero ao realizar o exame de ultrassom. Além disso, é fundamental excluir a possibilidade de gestação ectópica, que pode ocorrer nas trompas, ovários e até mesmo na pelve. Mas uma vez que seja detectado um teste positivo, essa gestação pode evoluir se não houver nenhum outro fator que impeça esse desenvolvimento.

Quanto tempo depois da gravidez química a menstruação desce?

Caso esse embrião não consiga se implantar corretamente, a menstruação pode vir logo em seguida, muitas vezes com uma semana de atraso. Há mulheres que nem chegam a fazer o diagnóstico dessa gestação.

A gravidez química pode impedir uma futura gestação?

O fato de ter sofrido uma gestação química não compromete o futuro reprodutivo da mulher, assim como as tentativas de uma nova gestação já podem ser iniciadas no ciclo seguinte.

A gravidez química pode ocorrer na fertilização in vitro?

Nas pacientes submetidas à fertilização in vitro (FIV), a fecundação do óvulo pelo espermatozoide já aconteceu no laboratório, e a implantação do embrião no útero da paciente depende de mecanismos naturais do organismo. Em muitas mulheres, a dosagem do HCG é realizada em um dia pré-estabelecido com resultado reagente, porém a gestação não se desenvolve.

Para entender mais sobre o assunto, é extremamente importante aprender o que acontece na gravidez semana a semana, dessa forma você entende quais são as modificações corporais principais do corpo da mulher.

Publicidade

Amo ajudar as pessoas e faço isso por meio da escrita de textos e da captura de imagens. Formada em Comunicação e Multimeios (UEM) e fotógrafa de pessoas incríveis.