7 benefícios do óleo essencial de laranja para incluir na sua rotina

Escrito por
Atualizado em 13.10.21

iStock

Por
Atualizado em 13.10.21

De cheiro adocicado ou amargo, o óleo essencial de laranja atrai amantes do aroma cítrico. Mas seus benefícios vão além de uma sensação agradável de frescor no ambiente. Neste texto, a terapeuta holística Patrícia Moura explica o papel desse OE na aromaterapia e faz um alerta para os maus usos do produto.

Publicidade

Os diferentes tipos de óleo essencial de laranja

Segundo Patrícia, há mais de um tipo de óleo essencial de laranja. Isso ocorre porque cada OE é feito de uma parte diferente da planta. Das folhas se obtém o OE de Petigrain, dos frutos, o OE de laranja, e das flores, o OE de Neroli.

“Cada óleo essencial pode ter diferentes quimiotipos. Dependendo de onde a planta foi extraída, como foi cultivada, em que condições e época, haverá uma diferença na composição daquela da mesma planta e consequentemente entre os óleos essenciais dela extraídos”, explica a terapeuta.

Entre as essências vindas dos frutos, há mais dois tipos: a laranja doce e a laranja amarga. A primeira é extraída da fruta madura. Já a segunda, da fruta verde. De acordo com a especialista, ambos são os mais usados na aromaterapia, sobretudo o de laranja doce. O porquê será explicado ao longo do texto.

7 benefícios do uso de óleo essencial de laranja

iStock

A terapeuta holística afirma que são muitos os benefícios encontrados. Ela cita um componente que, sozinho, é capaz de tratar diversos problemas: o limoneno. Veja abaixo algumas das vantagens do uso do óleo essencial:

  • Antidepressivo: atuando como sedativo e ansiolítico, ele “ajuda a liberar e dissolver a depressão trazendo alegria e vitalidade”, afirma Patrícia.
  • Vibracional: “traz a frequência de vibração da luz solar, é estimulante e regenerador”, afirma. Tal benefício pode ser obtido por inalação do óleo essencial ou no ambiente.
  • Fortalecedor do sistema imunológico: segundo a terapeuta, sua aplicação corporal pode “combater a obesidade, celulite, palpitação e taquicardia”.
  • Desintoxicante: “na verdade o óleo essencial não trata toxinas”, explica, “a liberação de toxinas e o efeito antioxidante será uma resposta do corpo devido ao estimulo que os componentes do óleo essencial e sua sinergia promovem”.
  • Antiinflamatório: Patrícia afirma que ele é eficaz em casos de osteoartrite.
  • Reduz inchaço: a aplicação corporal do óleo essencial também é indicada para “solucionar problemas com retenção de líquidos”.
  • Desengordurante natural: apesar desse benefício, Patrícia faz um alerta: “sempre precisamos diluir os óleos essenciais em bases chamadas carreadoras, que serão bases neutras, 100% naturais e livres de qualquer derivado de petróleo ou componente químico artificial. Caso contrário, vai haver uma interação com os OEs e alterar o efeito”.

“Eu uso muito para devolver a alegria mais pura e infantil daquelas pessoas que, por suas experiências traumáticas, ficaram com sua vibração apagada e doentes. O tratamento de psicoaromaterapia ajuda a dissolver mágoas e trazer de volta um brilho solar para o coração”, afirma a profissional.

Como usar o óleo essencial de laranja com segurança

A falta de acompanhamento profissional faz com que várias pessoas usem o óleo essencial de forma errada, podendo acarretar em problemas de saúde sérios. Dor de cabeça, enjoo, palpitação, agitação, alergias, intoxicações e até queimaduras estão entre os sintomas.

O uso de óleo essencial de laranja amarga na pele, por exemplo, pode causar queimaduras, causadas pela alergia a furanocumarinas. “Esse componente tem ação fototóxica e é sensibilizante da pele, podendo causar queimaduras, alergias e outras reações. O Bergapteno, que é uma furanocumarina, está presente no OE de Laranja Amarga, mas não na Laranja Doce, por exemplo”, explica.

Publicidade

Por isso, Patrícia Moura indica 5 formas de aproveitar os benefícios do OE com segurança. Veja, a seguir.

Cremes

iStock

“O creme com a formulação pode ser aplicado em massagens corporais, em pontos específicos de estimulação (acupontos por exemplo) ou mesmo em técnicas de imposição de mãos como o Reiki“, diz a profissional, ao indicar concentração máxima de 2% de óleo essencial para a composição.

Inalação

“Através de um colar difusor, pingar uma gota do OE no colar (cuidar para nunca encostar o óleo puro na pele) e usar o colar ao longo de um período, por exemplo 7 dias”, alerta.

No ambiente

iStock

“Em difusores de ambiente, de acordo com o tamanho do espaço, a ventilação e a posição que as pessoas ficam, podem ser usadas por exemplo de 3 a 6 gotas do OE no difusor de tomada em um ambiente de aproximadamente 20m²”, indica a profissional.

Estabeleça um prazo de uso

Ela reforça que é importante estabelecer um período para o uso do óleo essencial. A exposição direta e sem acompanhamento de um profissional pode proporcionar efeitos negativos, afastando-se do objetivo da aromaterapia. “Os OE’s representam uma forma natural de melhorar nossa vida no dia a dia e buscar mais sintonia com a natureza da qual nos afastamos nos últimos tempos, a nossa essência”, afirma./

Busque por um aromaterapeuta

A aromaterapia deve ser utilizada de forma correta, respeitando as particularidades de cada caso”, diz Patrícia. “Os óleos essenciais, devem ser indicados por um tempo definido, com uma aplicação própria, uma diluição certa, com uma dosagem indicada e acima de tudo, respeitando as particularidades de cada pessoa”, completa.

Saiba onde encontrar óleo essencial de laranja no próximo tópico.

Onde comprar óleo essencial de laranja

Abaixo, listamos 7 sites para você escolher o óleo essencial de laranja de acordo com o tipo e aroma que procura. Dá uma olhada:

Publicidade

  1. doTERRA;
  2. terraflor ;
  3. Mundo dos Óleos;
  4. Mundo Verde;
  5. Força da Terra;
  6. Loja Americanas;
  7. By Samia.

Ou talvez você queira ter a experiência de produzir o seu próprio OE. Veja como fazê-lo no passo a passo abaixo!

Como fazer óleo essencial de laranja caseiro

O processo de produção em casa é bem simples e barato, mas requer tempo. Siga o passo a passo abaixo, ensinado por Bela Gil, para fazer o seu próprio óleo essencial de laranja.

  • Passo 1: descasque laranjas o suficiente para encher uma jarra de 1 litro;
  • Passo 2: ponha as cascas para secar ao Sol forte por 2 dias. Após esse tempo, a casca estará endurecida e fácil
    de quebrar;
  • Passo 3: coloque-a num recipiente com tampa, embebida de 350ml de álcool (cachaça, vodka etc);
  • Passo 4: misture a casca e o líquido e deixe descansar por 3 dias;
  • Passo 5: coe as cascas de laranja, retirando todo o líquido preso às cascas. Reserve;
  • Passo 6: esse processo fará com que o óleo essencial se separe do álcool, ficando visível na superfície do
    pote. Com o auxílio de um conta-gotas, recolha o OE;

Assim, você pode fazer seu óleo sempre que precisar e utilizar da forma que achar melhor para suas necessidades. Mãos a obra!

Se você se interessa por óleos essenciais, talvez queira saber mais sobre óleo essencial de lavanda, café ou gerânio, conhecendo mais sobre seus benefícios e as formas de usar.

As informações contidas nesta página têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Assuntos: Bem-Estar