16 benefícios incríveis do óleo de calêndula e como usá-lo no dia a dia

Nos cabelos, por exemplo, pode ser usado para hidratar, evitar o frizz e dar brilho; na pele, melhora assaduras e ferimentos

Escrito por Tais Romanelli

Foto: Getty Images

Não é segredo para ninguém que a natureza produz “remédios” maravilhosos para a saúde e a beleza. Bom exemplo disso é a calêndula, planta com poderosas propriedades medicinais e que pertence à mesma família da camomila e do girassol.

Giseli Fernandes, química e pesquisadora de óleos essenciais e vegetais, responsável técnica na empresa Phytoterapica, comenta que o nome da flor vem do latim e significa “o primeiro dia de cada mês”, já que ela floresce no início da maioria dos meses do ano. Foi daí, inclusive, que se originou a palavra calendário, explica.

Também conhecida como margarida dourada, a calêndula possui poderes anti-inflamatórios, antioxidantes e cicatrizantes. Seus benefícios mais conhecidos se dão através do uso do óleo dessa flor na pele e nos cabelos.

“O óleo de calêndula, na verdade, é um extrato oleoso, que se obtém macerando as flores em algum óleo vegetal”, destaca Giseli.

A pesquisadora ressalta que a calêndula pode ser encontrada em forma de extrato oleoso, extrato glicólico e o óleo essencial. “Também se usa na forma de pomadas e géis, todos para uso externo. Para uso oral, faz-se uso de preparados homeopáticos ou na forma de tintura e chá”, diz.

Leia também: 10 dicas de beleza pouco comuns que são extremamente fáceis

16 benefícios do óleo de calêndula

Foto: Getty Images

Giseli destaca que o óleo de calêndula oferece inúmeras vantagens, como, por exemplo:

  1. Ajuda no tratamento de dermatites;
  2. Ajuda no tratamento de queimaduras;
  3. Ajuda no tratamento de assaduras;
  4. Ajuda na melhora de ferimentos;
  5. Ajuda na melhora de rachadura nos seios;
  6. Ajuda no tratamento de pele rachada;
  7. Ajuda na melhora da descamação da pele;
  8. Ajuda na melhora de picadas de inseto;
  9. Ajuda no tratamento de hematomas;
  10. Ajuda no tratamento de contusões;
  11. Estimula a síntese de colágeno, prevenindo rugas;
  12. Previne o estresse oxidativo causado pela radiação solar;
  13. Tem poder anti-inflamatório;
  14. Tem poder antioxidante;
  15. Tem poder cicatrizante;
  16. Ajuda no tratamento dos cabelos, trazendo maciez, vitalidade, brilho, luminosidade. Auxilia também a clarear os fios.

Como é possível ver, não faltam motivos para aproveitar tudo o que de bom essa planta pode oferecer!

Como usar o óleo de calêndula

Foto: Getty Images

O extrato oleoso pode ser usado de maneira simples para diversos fins, beneficiando a pele e os cabelos, conforme exemplifica Giseli:

  • Pode ser usado em todo o corpo, como óleo pós-banho ou para evitar o ressecamento da pele;
  • Pode ser usado no rosto diretamente contra rugas e flacidez, ou mesmo algumas gotas em máscara de argila;
  • Diretamente nos calcanhares, para diminuir rachaduras;
  • Diretamente no bico dos seios, quando se está amamentando;
  • Pode ser aplicado em assaduras em bebês;
  • Pode ser aplicado diretamente em queimaduras, ferimentos, etc.
  • Nos cabelos, pode ser usado no comprimento e pontas para hidratar, como anti-friz, leave-in ou em máscaras de tratamento;
  • Pode-se adicionar algumas gotas em produtos capilares para agregar o valor terapêutico.

Para uso oral, conforme lembra Giseli, faz-se uso de preparados homeopáticos ou na forma de tintura e chá.

Onde comprar seu óleo de calêndula

Foto: Getty Images

O óleo de calêndula pode ser comprado, principalmente, em lojas de produtos naturais, mas também pode ser encontrado em farmácias e lojas de cosméticos. A média de preços é de 20 a 30 reais, mas dependem da quantidade adquirida. Veja algumas opções para você comprar online:

Leia também: Como fazer umectação capilar em casa para nutrir os cabelos

Além do óleo essencial, também é possível encontrar outros produtos que têm o óleo de calêndula como base, como hidratantes, loções e sabonetes. E vale lembrar que é preciso sempre checar se o óleo é 100% natural!

Como fazer seu óleo de calêndula caseiro

Você encontra facilmente o óleo de calêndula à venda, mas, se preferir, pode fazer seu óleo em casa. Giseli explica como:

  • Pegue algumas flores e coloque dentro de um frasco âmbar com óleo vegetal de boa qualidade;
  • Deixe em local escuro macerando por alguns dias;
  • Coe e está pronto!

Efeitos colaterais e contraindicações

Foto: Getty Images

O uso oral é indicado somente quando houver recomendação profissional. Em relação ao uso externo, Giseli destaca que não há riscos. “Só é contraindicado para pessoas que sejam sensíveis a algum componente do óleo”, diz a química.

Porém, de forma geral, pessoas com pele e cabelos oleosos devem tomar cuidado com a utilização direta de óleos. Então, o mais recomendável é consultar um dermatologista antes de iniciar o uso do óleo de calêndula.

Agora você já sabe que a calêndula é mais um “presente da natureza” e que o óleo dela pode ser bom aliado da sua saúde e beleza!

Leia também: 10 dicas de como ficar com a pele bonita

Dicas pela Web
Comentários