Reiki: confira passo-a-passo como é feita a terapia

Saiba tudo sobre essa terapia de cura natural que permite a captação e transmissão da energia universal com as mãos

Escrito por Tais Romanelli
Foto: Thinkstock

Foto: Thinkstock

Energia universal trabalhando sobre a energia humana. Este é o significado da palavra Reiki, que é derivada das palavras japonesas “rei” (energia Universal) e “ki” (energia vital – humana).

Shirley Aiko Fonseca, terapeuta holística do Instituto Ave Lux, explica que Reiki é um sistema de energização, por imposição das mãos, que transmite bem-estar, harmonia e equilíbrio. “O Reiki não está vinculado a uma religião, é pura energia divina”, diz.

A terapeuta holística Shirley acrescenta que quem aplica Reiki deve ser iniciado por um mestre, que colocará em suas mãos símbolos sagrados, tornando-as “veículos” para fluir a energia. “O aplicador é simplesmente um canalizador de energias, no momento da aplicação ele fica com 70% dessa energia e 30% dela é passada para o receptor”, explica.

Eduardo Martins Cardoso Junior, Reiki Master, psicanalista e terapeuta complementar do Merkaba Espaço Cultural e Holístico, resume Reiki como uma terapia de cura natural
que permite a captação e posterior transmissão da energia universal apenas com as mãos.

A história do Reiki

Muitas informações sobre as origens da história, bem como o conhecimento e o caminho percorrido pelo Reiki, perderam-se no tempo, uma vez que foram passadas oralmente de mestre para discípulo, e com eles se foram, conforme destaca Edna T. Rigolon, que é mestre Reiki (com mestrados em Reiki Tradicional e Reiki Tibetano).

Leia também: 51 pequenas coisas capazes de te fazer mais feliz

Mas, de forma geral, a história diz que, no final do século XIX, Mikao Usui, um sacerdote cristão e estudioso das religiões, procurava respostas sobre o método de cura utilizado por Jesus e Buda.

Desse modo, explica Shirley Fonseca, Usui iniciou uma busca que durou dez anos. Realizou viagens e estudos de teologia e foi a mosteiros e locais sagrados do budismo.

“Durante essa jornada, encontrou manuscritos que continham símbolos sagrados utilizados por Buda para curar. No entanto, os manuscritos estavam incompletos. Certo dia, Usui resolveu fazer um período de jejum no Monte Kurama (Montanha Sagrada). Depois de 21 dias sob essa condição, com a consciência ampliada, o professor encontrou a Iluminação e assim conseguiu resgatar o método da cura através das mãos, dando início ao Reiki. Em abril de 1922 criou a Escola Usui Shiki Reiki Ryoho, que existe até hoje”, diz a terapeuta holística Shirley.

O Reiki na prática

Foto: Thinkstock

Foto: Thinkstock

A terapeuta holística Shirley Fonseca cita abaixo um passo-a-passo do Reiki (desde a preparação do ambiente até a prática em si):

  1. Busque um lugar calmo e tranquilo, se possível.
  2. Para quem for receber o Reiki, é recomendável não ingerir álcool, drogas, ou carne vermelha, com 24 horas de antecedência. Caso contrário, a absorção não será a mesma.
  3. Quem aplica também não deve ingerir carne vermelha, drogas ou álcool.
  4. De preferência é necessário limpar/purificar o ambiente com incenso, aroma ou aplicar o próprio Reiki.
  5. A música é muito importante para ambientação, quanto mais tranquilo o receptor estiver, melhor sua receptividade.
  6. O aplicador deve lavar bem as mãos até o antebraço com sabão.
  7. O receptor pode ficar deitado, sentado ou mesmo de pé.
  8. Nesse momento ele pede para pessoa que vai receber o Reiki que respire profundamente por três vezes, e eleve os pensamentos a lugares da natureza e para ter pensamentos tranquilos.

    Leia também: 5 atitudes para ter mais energia

  9. Quando tudo estiver pronto, o aplicador também respira fundo e se concentra.
  10. Com as mãos em forma de prece pede autorização aos mestres Reiki, para que através de suas mãos seja transmitida a mais pura energia cósmica.
  11. Nesse momento o aplicador de Reiki imagina um facho de luz branca vindo do céu e entrando pelo topo de sua cabeça, percorrendo todo o corpo até os pés e subindo para as mãos.
  12. Posicione as mãos com as palmas viradas para o receptor e imagine esta luz saindo delas e indo em direção à pessoa.
  13. Essa luz será aplicada em todos os pontos de entrada de energia. Eles são os seguintes: chacra coronário (topo da cabeça), chacra frontal (entre as duas sobrancelhas), chacra laríngeo (garganta), chacra cardíaco (em frente ao coração), plexo solar (um palmo abaixo do coração), chacra umbilical (umbigo), chacra sexual (um palmo abaixo do umbigo), e o chacra básico (períneo). Existem outros pontos, que são os secundários, onde também se pode aplicar. São eles: mãos, ombros, ouvidos, joelhos, pés.
  14. Não é necessário encostar as mãos na pessoa, o Reiki é aplicado a uma distância de 5 a 10 cm.
  15. Ao mesmo tempo em que o praticante imagina a luz, colocam-se os símbolos sagrados (recebidos pelo Mestre).
  16. O tempo de aplicação em cada ponto depende do grau do reikiano. Pode ser de 1 minuto para grau avançado e até 5 minutos para os iniciantes.
  17. Ao término de todos os pontos, passa-se a mão direita, mais ou menos 10 cm do corpo, da cabeça ate os pés, tirando a energia negativa que ficou na aura. A ação é repetida por três vezes.
  18. Por fim, o praticante junta as mãos em forma de prece e agradece aos mestres, lavando em seguida as mãos e o antebraços com sabão.

Shirley destaca que este é o método presencial. “O Reiki também pode ser aplicado à distância, no entanto, esse tipo só pode ser realizado por quem tem nível mais avançado na prática (grau II e III). Neste caso, a terapia é aplicada através de uma fotografia ou em um papel com nome completo, data de nascimento e endereço escrito a lápis. O Reiki também pode ser aplicado nas paredes da casa, plantas, animais, objetos”, acrescenta.

Princípios do Reiki

Os cinco princípios do Reiki provocam e estimulam a uma maior reflexão. Shirley Fonseca destaca quais são eles:

  • Precisamente hoje, abandone os aborrecimentos;
  • Precisamente hoje, elimine as preocupações;
  • Precisamente hoje, faça seu trabalho honestamente;
  • Precisamente hoje, seja grato pelas bênçãos que recebe da vida;
  • Precisamente hoje, ame, respeite e seja gentil com tudo que é vivo.

Benefícios que o Reiki oferece

Foto: Thinkstock

Foto: Thinkstock

A terapeuta holística Shirley Fonseca explica que o Reiki trabalha em três níveis:

  • O primeiro é o corpo físico (doenças) e o corpo entérico (sensações);
  • O segundo, o corpo astral (emocional), sentimentos e o corpo mental, os pensamentos;
  • O terceiro, o corpo espiritual, reconecta nossa alma com a paz espiritual.

“Os benefícios vão além da medicina tradicional, pois visam não só a cura, mas também o equilíbrio físico, mental, emocional e espiritual. O Reiki permite o alinhamento dos chacras, reestabelecimento do campo de sua aura, aumentando a energia vital e a sutilização dos corpos”, destaca Shirley.

Edna T. Rigolon reforça que os benefícios e indicações são infinitos. “Quanto mais você pratica, mais você recebe, e assim se torna cada dia mais saudável, equilibrado, calmo e, desta forma, tem mais chances de observar com clareza as possibilidades e opções que a vida lhe traz”, destaca.

Leia também: 8 dicas infalíveis para aumentar sua energia

Ainda de acordo com Edna, a sensação de bem-estar ao aplicar o Reiki no outro, num animal de estimação, numa planta, ao cozinhar é indescritível.

Possíveis reações e contraindicações

Shirley Fonseca destaca como possíveis reações da prática do Reiki:

  • Dores em regiões em desequilíbrio;
  • Dores de cabeça (resistência mental);
  • Liberação do intestino;
  • Sono exagerado;
  • Aversão a alguns alimentos (principalmente carne vermelha) e a cigarros, bebida alcoólica;
  • Aumento de sensibilidade.

A terapeuta holística Shirley acrescenta que as contraindicações do Reiki são as seguintes:

  • Fraturas que ainda não foram reestabelecidas;
  • Amputação de parte do corpo, ou necessidade de implante;
  • Não é indicado fazer durante uma cirurgia. O melhor é realizar antes ou depois do procedimento cirúrgico.

Onde cursar Reiki no Brasil?

Abaixo você confere alguns exemplos de lugares que oferecem cursos de Reiki:

Músicas para a prática do Reiki

Edna Rigolon explica que há CDs específicos para a prática do Reiki, com sinos tocando a cada 3 ou 5 minutos, auxiliando o praticante a mudar as posições no tempo certo.

Shirley Fonseca acrescenta que, além destes CDs específicos, podem ser usadas músicas tranquilas de piano, violão, violino, clássicas, instrumentais, sons da natureza e afins para a prática do Reiki.

Patrícia Pirozzi, especialista em cuidados corporais do Centro de Bem Estar Khora, sugere as músicas abaixo:

Eduardo Cardoso cita ainda outras sugestões:

O que é Reiki Xamânico?

Shirley Fonseca explica que o Reiki Xamânico é muito parecido com o Reiki Usui nas técnicas e na forma. “A diferença ocorre de onde vem a energia canalizada. O Reiki Usui vem dos mestres Reiki, e o Xamânico, que também pode ser chamado de Ama Deus, vem da Divindade Tupã e da mãe natureza”, destaca.

Eduardo Cardoso reforça que o Reiki Xamânico também é uma terapia baseada na canalização da energia universal através da imposição de mãos (assim como o tradicional). “A diferença é que o ritual xamânico é baseado em vivências indígenas e tribais, provenientes de tradições milenares. O objetivo é restabelecer o equilíbrio energético vital de quem recebe”, acrescenta.

Agora você tem um guia completo sobre Reiki! E se está interessada em praticá-lo, procure na sua cidade um local e um profissional capacitado para atendê-la. Como você pode ver, os benefícios que a prática oferece são muitos!

Dicas pela Web