Óleo de andiroba: 10 benefícios que você não conhecia

Escrito por
Em 04.05.20

Bernardo Oliveira

Usado há muitos anos pelos índios, o óleo de andiroba está ganhando fama entre os adeptos de produtos naturais. A Carapa guianensis, nome científico da andiroba, possui inúmeros benefícios, que vão desde a melhora da pele ao tratamento de doenças. Conheça mais sobre óleo, saiba seus benefícios e veja como incluí-lo na sua vida.

Continua após o anúncio

Índice do conteúdo:

10 benefícios do óleo de andiroba

Ação anti-inflamatória, antisséptica, cicatrizante, repelente de insetos e cosmético para o cabelo. Esses são alguns dos muitos proveitos do óleo de andiroba para a nossa saúde. Extraído de sementes de andiroba, ricas em vitaminas e minerais, esse óleo possui grandes benefícios para a saúde, além da vantagem de ser um produto natural. Saiba mais a seguir:

1. Ação anti-inflamatória

Estudos apontam que o óleo possui uma grande quantidade de substâncias limonoides. Isso o torna propício para alívio de inflamações, inchaços e lesões, através da aplicação do óleo na região afetada.

2. Uso na massoterapia

O óleo de andiroba é muito utilizado por profissionais da massoterapia, pois suas propriedades anti-inflamatórias auxiliam no alívio de dores, relaxam os músculos, ajudam com doenças reumáticas e regeneram a pele. Pense em incluir o óleo na sua próxima massagem: você sentirá de cara a diferença.

3. Benefícios para o rosto

O óleo de andiroba possui propriedades emolientes (que abrandam) e propriedades amaciantes. Quando aplicado no rosto, melhora seu aspecto, hidrata de maneira natural e estimula a regeneração.

4. Hidratante para os cabelos

Com suas propriedades amaciantes, o óleo de andiroba é um excelente hidratante para os cabelos, sendo mais recomendado para os cacheados, crespos e volumosos. O óleo ajuda no controle de volume e frizz, além de proporcionar brilho e maciez para as madeixas.

5. Ação repelente

No norte do país, região típica da andiroba, o óleo é muito usado como um repelente natural de diversos mosquitos (incluindo os transmissores de malária e dengue), além de servir como cicatrizante para as picadas.

6. Tratamento de doenças

No caso de dores de garganta, amigdalite, reumatismo e doenças de pele, o óleo de andiroba é altamente recomendado. Suas propriedades anti-inflamatórias e analgésicas naturais tornam o óleo um remédio natural e eficaz.

7. Alívio de dores musculares

Por conta de sua ação analgésica, o óleo de andiroba auxilia no tratamento das dores musculares, trazendo alívio, relaxando e amenizando as dores. Basta massagear a região dolorida de 2 a 3 vezes ao dia para sentir os efeitos.

Continua após o anúncio

8. Combate de doenças parasitárias

Parece que não há nada que o óleo de andiroba não ajude, não é mesmo? Seus benefícios não acabam: suas propriedades naturais são muito eficazes no combate de doenças parasitárias, como o bicho-de-pé.

9. Ação antiqueda para cabelos

A grande quantidade de ácidos graxos torna o óleo um aliado contra a queda de cabelos e a calvície. A mistura do óleo puro em shampoos e cremes ajuda nessa ação, além de recuperar os fios danificados.

10. Tratamento de eczemas

Com propriedades regenerativas, o óleo de andiroba é muito recomendado para os tratamentos de pele. No tratamento de eczemas, o óleo ajuda no alívio da vermelhidão e da coceira. Ao passar o óleo de andiroba, ele é absorvido pela pele e cria uma barreira protetora nas camadas internas.

Como vimos, o óleo de andiroba serve para quase tudo! Por ser um produto natural, podemos utilizá-lo sem medo – mas, como em tudo na vida, a moderação é sempre bem-vinda.

Recomendações de uso

Para que a andiroba possa ter o efeito desejado, deve-se seguir algumas recomendações. Apesar de ainda não haver estudos sobre a existência de efeitos colaterais relacionados ao seu uso, é importante saber como usar o óleo para obter os resultados desejados. Confira:

  • Uso oral: apesar de ser um excelente remédio para diversas doenças, o uso oral não é recomendado. Sua ingestão pode trazer efeitos negativos para o fígado, segundo estudo das universidades federais do Pará e de Pernambuco.
  • Uso externo: o óleo de andiroba possui ótimo efeito quando usado externamente. Como você viu, ele é excelente para aplicar em massagens e locais machucados e doloridos. A aplicação do óleo pode ser feita 3 vezes ao dia, sem nenhum prejuízo para a pele.
  • Uso nos cabelos: para aproveitar os benefícios do óleo nos cabelos, busque alinhá-lo com os produtos de tratamentos que você está acostumada, misturando o óleo 100% puro (encontrado em lojas de artigos naturais) ao seu shampoo e cremes para o cabelo. Assim, seu efeito será potencializado juntamente com o dos cosméticos.

Os nossos ancestrais sempre buscaram usar o que a natureza tem a oferecer sem prejudicá-la. Por isso, fique atenta ao descartar os restos do óleo de andiroba: procure locais que coletem e façam a reciclagem, evitando despejar em ralos e pias. E que tal conhecer outros óleos incríveis? O óleo de argan possui muitos benefícios para você!

As informações contidas nesta página têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Assuntos: Bem-Estar, Como usar