8 laxantes naturais para combater a constipação

Alguns alimentos são capazes de melhorar o funcionamento do intestino; veja indicações

Escrito por Mariana Bueno

Foto: iStock

A constipação é um sintoma gastrointestinal que ocorre quando nosso sistema digestivo não está funcionando corretamente.

É o que popularmente chamamos de prisão de ventre ou intestino preso, quando alguém tem apenas entre 2 ou 3 evacuações por semana. Se for algo que causa dor, o problema é ainda mais sério.

Mas há coisas simples que podem ser feitas no dia a dia para evitar que isso aconteça e fazer com que o intestino volte a funcionar normalmente. Um exemplo é cuidar melhor da alimentação, optando por itens que são considerados laxantes naturais.

Veja uma lista de alimentos que têm os mesmos efeitos que os medicamentos laxantes, não prejudicam o organismo e não precisam de prescrição médica para serem consumidos.

1. Água de coco

Foto: iStock

Além de ser refrescante, pode reabastecer os minerais do corpo. Por isso que é uma bebida recomendada para as estações quentes. Entre as suas propriedades estão: elimina o excesso de álcool que se acumula no corpo; aumenta o número de plaquetas e fortalece o sistema imunológico; limpa o trato urinário e atua como um lubrificante no corpo; funciona como um laxante que purifica o sangue.

Leia também: 10 maneiras fáceis e práticas de melhorar sua digestão

2. Vinagre de maçã

Foto: iStock

As maçãs destacam-se entre as outras frutas devido à pectina, substância que é responsável por estimular os tecidos no intestino. Por isso são ótimas para combater a constipação. A dica é adicionar uma colher de sopa de vinagre de maçã em alguma bebida que você goste. E também comer maçãs, porque o seu conteúdo de fibra faz funcionar o sistema digestivo.

3. Aloe vera

Foto: iStock

Em seu estado bruto, o aloe vera (ou babosa) pode atuar como um poderoso laxante por conter antraquinona, substância que aumenta o conteúdo líquido no intestino e remove as partículas que se acumulam no trato digestivo. Algumas gotas na água ou outra bebida são suficientes.

4. Chia e linhaça

Foto: iStock

As sementes de chia têm um alto teor de fibras que é excelente para combater a constipação. E as sementes de linhaça não só fornecem ômega-3, como também têm ácido alfa-linolênico, que ajuda a prevenir doenças cardiovasculares e elimina o excesso de gordura. Ao consumir essas duas sementes é importante beber muita água.

5. Café

Foto: iStock

O café melhora a digestão e ajuda a combater a constipação. Cada vez que um alimento é ingerido o organismo libera os hormônios gastrina e colecistoquinina, responsáveis pelo movimento intestinal. Com o café estes hormônios se multiplicam, fazendo com que as fezes possam sair do corpo mais rapidamente.

6. Bicarbonato de sódio

Foto: iStock

É a substância responsável por garantir que o ar circule rapidamente através do sistema digestivo. Reduz cólicas intestinais, dores de estômago e neutraliza o ácido, ajudando a soltar as fezes e limpando o cólon. A melhor forma de consumir o bicarbonato é adicionando uma colher de sopa em um copo de água quente. Misture e beba rapidamente, repetindo o processo durante as manhãs por 3 dias.

Leia também: Hábitos que você deve ter para evitar o intestino preso

7. Ameixas

Foto: iStock

As ameixas contêm uma substância chamada pectina, que funciona de forma semelhante à fibra, pois limpa o excesso de gordura e colesterol. Comer ameixas secas é um ótimo truque para combater a constipação. Dica: deixe 3 ameixas secas mergulhadas em um copo de água durante toda a noite e beba a água de manhã com o estômago vazio. Repita o processo por 3 dias.

8. Legumes

Foto: iStock

Comer vegetais crus também é recomendável para combater a constipação, especialmente os vegetais orgânicos, que produzem os melhores efeitos, pois são ricos em fibras e aceleram o metabolismo. Algumas das melhores opções são: alho, repolho, cebola, beterraba, brócolis, espinafre, aspargos, alcachofra, entre outros. A quantidade diária recomendada é de 5 porções.

Além desses alimentos, há outras atitudes no dia a dia que também são benéficas ao funcionamento do organismo, como praticar no mínimo 30 minutos de exercícios (andar, correr, dançar) e tomar pelo menos dois litros de água diariamente. Também é importante nunca forçar ou interromper a defecação.

Assuntos: Alimentação

Dicas pela Web