Ingerir energéticos e refrigerantes pode danificar seus dentes

As bebidas possuem substâncias que contribuem para a formação de cáries

Por Gisele Macedo Sá
Atualizado em 29/10/2013 14:49
ingestao de energetico e refrigerante pode danificar dentes Ingerir energéticos e refrigerantes pode danificar seus dentes

Foto: Thinkstock

Quem não gosta de exibir um sorriso bonito com belos dentes, brancos e alinhados? Mas os cuidados com eles devem ser redobrados se você tem o hábito de consumir energéticos e refrigerantes. Sim, essas bebidas possuem substâncias que são verdadeiras vilãs para a saúde dos seus dentes.

É o que explica o cirurgião especialista em periodontia, da Clínica Mendonça de Odontologia e Imagem (SP), Luciano Terreri Mendonça. “Os elementos contidos nessas bebidas podem causar cárie dental. Isso porque os ácidos e subprodutos acidíferos do açúcar, presente nos energéticos, desmineralizam o esmalte dental, e contribuem para a formação das mesmas”, explica. Em casos mais graves, como a desmineralização do dente associada a uma escovação inadequada, o paciente pode perder a dentição.

O ortodontista, da Orthos Odontologia (DF), Wells Trigueiro alerta ainda para o perigo de outras bebidas. “As dietas modernas incluem normalmente alimentos com muita acidez. A maior parte das frutas, sumos de fruta e bebidas com carbonatos, que são os casos dos energéticos e refrigerantes, – incluindo as variantes sem açúcar – têm um pH muito baixo, suficiente para amolecer e desmineralizar a superfície do dente”, explica. Atente-se também para as bebidas que contém excesso de corantes.

Mas não se desespere: esses problemas são efeito da ingestão prolongada de bebidas com essas substâncias e de uma higienização incorreta. Confira as dicas que os especialistas indicam para você saborear as bebidas, mas não sofrer com os danos que elas causam aos dentes:

  • Reduza o consumo de bebidas como energéticos, refrigerantes e sucos artificiais e substitua por bebidas que contenham menos açúcar e ácido, como água e suco de fruta 100% natural;
  • Não retenha alimentos e bebidas ácidas na boca por muito tempo;
  • Enxágue a boca com água: Depois de consumir alguma dessas bebidas, faça um bochecho com água para remover vestígios delas que possam prolongar o tempo em que o esmalte fica exposto aos ácidos;
  • Espere por pelo menos uma hora, após o consumo de bebidas ou alimentos ácidos, até escovar os dentes;
  • Na escovação, utilize uma escova suave e um creme dental pouco abrasivo, com menos acidez e muito flúor;
  • Use diariamente uma solução para bochecho com flúor. Ele reduz as cáries e fortalece o esmalte dental.

Também é importante manter um acompanhamento especializado com o dentista de sua preferência. “A intervenção inicial é a chave. O aumento da vigilância durante os exames de rotina e um estilo de vida prudente podem atrasar a progressão dos sintomas”, finaliza Trigueiro.