7 benefícios do leite de castanha para incluir a bebida no seu cardápio

Escrito por
Em 26.07.21

iStock

Por                                
Em 26.07.21

O leite de castanha, preparado com água e castanha-de-caju, faz sucesso com o público vegano e é bastante utilizado como substituto do leite animal. Como não contém lactose e caseína, a bebida pode ser consumida por pessoas intolerantes ou alérgicas a essas substâncias. Confira, a seguir, mais informações dadas pela nutricionista Pollyana Guimarães (CRN 11529), do Grupo Pardini.

Publicidade

Índice do conteúdo:

7 benefícios do leite de castanhas

Pollyana comenta que a bebida pode ser consumida de diversas formas: “no café da manhã com granola, no preparo de panquecas, bolos, vitaminas, shakes e também pode ser consumido com café”. Segundo ela, o leite de castanha tem baixo teor de carboidratos, é rico em ácidos graxos saudáveis e “fornece diversos outros nutrientes importantes para a saúde, como cálcio, magnésio, zinco e fosforo”. Confira mais benefícios abaixo:

  1. Atua na prevenção de doenças: a nutricionista explica que o leite pode prevenir osteoporose e anemia, “por ser rico em cálcio e fósforo, minerais importantes para manutenção da densidade óssea”. Além disso, é rico em ferro e ácido fólico, “nutrientes essenciais para prevenir e tratar anemia”.
  2. Ajuda a reduzir a pressão arterial e prevenir doenças cardíacas: conforme Pollyana, o magnésio presente na castanha “possui propriedades anti-inflamatórias que ajudam na fadiga muscular, dores no corpo e enxaquecas”. Já as gorduras boas mono e poli-insaturadas “atuam no perfil lipídico, controlando as frações do colesterol HDL (bom) e do colesterol LDL (ruim)”.
  3. Melhora a saúde da pele e combate o envelhecimento precoce: isso ocorre devido às propriedades antioxidantes e por ser rico em cobre, que é “importante na produção de proteína da pele”. A especialista explica que “o cobre regula a produção de colágeno e elastina, que melhoram a elasticidade da pele”.
  4. Auxilia no controle do açúcar no sangue: segundo Pollyana, “é uma bebida rica em gorduras boas e controla a saciedade”. Além disso, regula a absorção de açúcar no sangue, evitando picos de glicemia, e diminui a secreção de insulina. Por esse motivo, é uma “excelente opção para pessoas portadoras de diabetes mellitus e resistência à insulina”.
  5. É um excelente aliado da memória: o leite de castanha é rico em selênio. Conforme a nutricionista, esse é “um nutriente que tem ação antioxidante, prevenindo danos nas células do cérebro causados pelos radicais livres”.
  6. Melhora o sistema imune: para Pollyana, esse benefício é devido à sua “composição nutricional rica em diversos minerais e vitaminas que são importantes no fortalecimento do sistema imune”. Além disso, a bebida também é antioxidante.
  7. Pode melhorar ou prevenir a depressão: segundo a nutricionista, “estudos mostram que o zinco é um mineral importante na prevenção da depressão”, já que a deficiência desse mineral pode levar a quadros depressivos.

Apesar dos benefícios, Pollyana alerta que “o leite de castanhas deve ser evitado por pessoas alérgicas a oleaginosas ou frutos secos”. Se esse não é o seu caso, aprenda como preparar a bebida no próximo tópico!

Como fazer leite de castanha

iStock

Agora que você já conhece os benefícios do leite de castanha, que tal conferir como fazer a bebida em casa? Para preparar sem erros, acompanhe, a seguir, o passo a passo indicado pela nutricionista:

  • Deixe 1 xícara de castanhas-de-caju de molho em água por 4h;
  • Passado esse tempo, descarte a água e bata as castanhas com 3 xícaras de água filtrada até ficar homogêneo. Não é preciso coar, pois assim o teor de fibras se mantém;
  • Armazene a bebida em um recipiente com tampa por até 4 dias na geladeira;
  • Caso ocorra a separação do líquido, misture o leite quando for consumir.

Viu como é fácil? Com dois ingredientes e poucos passos, você prepara um leite vegetal saboroso e versátil – seja para beber puro ou para usar no preparo de receitas variadas.

5 receitas deliciosas para usar o leite de castanha no dia a dia

Além de substituir o leite animal no consumo do dia a dia, o leite de castanha também pode ser utilizado em preparos diversos. Confira abaixo uma seleção de receitas práticas que você pode fazer com essa bebida vegetal:

1. Doce de leite de castanhas

Que tal preparar um doce de leite delicioso e bem cremoso usando apenas três ingredientes? Para isso, você vai precisar de castanhas, açúcar e água. Veja o passo a passo no vídeo para aprender todos os detalhes!

Publicidade

2. Leite fermentado com leite de castanha

Mais uma receita fácil e rápida para fazer com poucos ingredientes. Além do leite de castanha, a bebida fermentada também leva Rejuvelac, ácido lático e melado de agave. O preparo é muito simples: é só bater tudo no liquidificador e deixar gelar.

3. Batida de leite de castanha com cacau

Essa batida fica supersaborosa e aromática. Anote os ingredientes necessários: leite de castanha, açúcar demerara, cacau em pó, essência de baunilha, raspas de laranja e pedras de gelo. Outra receita muito rápida e toda feita no liquidificador!

4. Brigadeiro vegano com leite de castanha

O brigadeiro é um clássico, e é claro que não poderia faltar uma versão vegana desse doce. Para fazer em casa, os ingredientes necessários são leite de castanha, xilitol, cacau e manteiga. Acompanhe o modo de preparo no vídeo!

5. Maionese de leite de castanha

Aqui, você aprende como fazer uma maionese leve, saudável e vegana. A receita leva apenas leite de castanhas, água, mostarda amarela, suco de limão e sal. O resultado é uma maionese bem cremosa e consistente que pode ser usada no preparo de vários pratos.

Não faltam bons motivos e receitas versáteis para incluir o leite de castanha na sua alimentação, não é mesmo? Para variar o cardápio e conhecer outras bebidas vegetais, confira também os benefícios do leite de inhame!

As informações contidas nesta página têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Assuntos: Alimentação