Novidade! Baixe nosso app em seu smartphone Android iPhone

Dicas de Mulher Dicas de Comportamento

Homens, mulheres e suas fantasias

Estudo realizado na Espanha demonstra as diferenças entre as fantasias sexuais de homens e mulheres

em 31/08/2012

Foto: Thinkstock

É de conhecimento geral que homens e mulheres encaram relações amorosas de maneiras diferentes. Naturalmente, a mesma distinção de pensamentos e objetivos vale para o sexo.

Tanto homens quanto mulheres possuem fantasias sexuais – situações de natureza íntima que imaginam ou têm vontade de vivenciar, seja com seu parceiro, seja com outras pessoas. Nesse último caso, vale tudo, desde imaginar um envolvimento com algum famoso até fantasiar encontros ardentes com desconhecidos que nunca mais se encontrarão. O leque de opções tem uma infinidade de desdobramentos e há mesmo quem fantasie com cenas absurdas ou surreais. Mas por que será que o cérebro feminino e masculino acaba raciocinando de maneira tão diferente, neste sentido?

O que diz a ciência?

Estudiosos da Universidad de Granada, na Espanha, conduziram uma pesquisa envolvendo 2.250 pessoas, com idades entre 18 e 73 anos, que tivessem experimentado um relacionamento heterossexual por um período mínimo de seis meses.

Quase todos os entrevistados afirmaram ter fantasiado com situações potencialmente prazerosas. Isso seria de se esperar, não fosse o fato de que cerca de 80% dos voluntários também disseram ter imaginado situações que não envolviam a sensação de prazer.

Ainda mais curioso é o fato de que uma das fantasias sexuais “desconfortáveis” mais citadas pelas mulheres foi “ser obrigada a fazer sexo”. Entre os homens, nova surpresa, a fantasia incômoda mais citada foi um envolvimento homossexual.

Mulheres idealizam o prazer a dois

As fantasias mais comuns entre as mulheres em geral são situações que envolvem o ser amado. O cérebro feminino, mesmo quando o assunto é sexo, tende a ser mais romântico e emocional. A frequência com que as mulheres afirmam pensar em sexo ou em fantasias sexuais é muito mais baixa que a dos homens, resumindo-se a poucas vezes por mês.

Homens sonham com a promiscuidade

Embora eventualmente também fantasiem com suas parceiras reais, homens possuem uma inclinação maior para a promiscuidade. Isso significa que eles frequentemente fantasiam com situações consideradas erradas pela sociedade. Seus desejos íntimos têm, em geral, caráter exploratório. Eles imaginam sexo envolvendo mais de duas pessoas, por exemplo, com uma frequência e facilidade muito maiores que as mulheres. Além disso, pesquisas anteriores dão conta de que os homens pensam em sexo ao menos uma vez a cada sete segundos.

Segundo o doutor Logan Levkoff, colunista do site HuffPost, ter fantasias sexuais é fundamental para a saúde humana. “Depois da pele, o cérebro é o órgão mais sexual que possuímos. Nós devemos utilizá-lo. Devemos ter uma vida ativa no tocante às fantasias sexuais, que não fazem de nós seres promíscuos nem significam que temos problemas em nosso relacionamento atual. As fantasias ajudam a tornar-nos sexualmente saudáveis”, afirma.

Receba nossas melhores dicas diretamente em seu e-mail

Assine nossa newsletter para receber nossas novidades sobre os assuntos do momento.

Nós odiamos spam. Nunca usaremos seu e-mail para outros fins.

Comentários
Dicas relacionadas