Os melhores óleos vegetais para tratamento da pele e dos cabelos

O uso deles na indústria cosmética é cada vez maior, já que possuem diversas propriedades benéficas

Escrito por Tais Romanelli

Foto: Thinkstock

Talvez você nunca tenha parado para observar, mas muitos de seus produtos de beleza, provavelmente, são ou contêm óleos vegetais. Isso porque, eles estão cada vez mais presentes na indústria cosmética, por oferecerem diversos benefícios, especialmente às mulheres que gostam de cuidar da sua pele e dos seus cabelos.

Tatiana Jerez, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, explica que óleos vegetais são gorduras naturais extraídas das plantas – na maioria dos casos, de suas sementes.

“O uso deles na indústria cosmética é bastante amplo, tanto em produtos para a pele, como em produtos para os cabelos, pois os óleos possuem diversas propriedades benéficas”, diz.

São inúmeros os óleos vegetais utilizados em produtos de beleza. Mas, abaixo a dermatologista Tatiana cita os mais conhecidos:

Principais óleos vegetais de beleza

  1. Óleo de semente de uva: rico em vitaminas e antioxidantes, tem grande poder de hidratação da pele, melhorando sua elasticidade. Está presente em muitos produtos antiestrias para gestantes.
  2. Óleo de amêndoas: tem textura leve e hidrata a pele e os cabelos.
  3. Óleo de melaleuca (tea tree oil): tem propriedades antissépticas e de controle da produção sebácea. Muito útil em xampus que controlam a oleosidade dos cabelos, dando uma sensação de frescor durante sua aplicação, sem ressecar as pontas.
  4. Óleo de coco (coconut oil): tem propriedades antissépticas e anti-inflamatórias e pode ajudar no controle de coceiras. São muito usados em produtos para cabelos secos e danificados ou quimicamente tratados.
  5. Óleo de oliva: hidrata e condiciona os cabelos. “Mas um estudo demonstrou que seu uso diretamente sobre a pele poderia danificar a barreira cutânea”, acrescenta a dermatologista.
  6. Óleo de girassol: tem alto poder de hidratação da pele e de manutenção da barreira cutânea.
  7. Óleo de rosa mosqueta: tem propriedades hidratantes e de reparação dos tecidos, ajudando na cicatrização.

Por qual optar?

Uma dúvida que surge é: qualquer mulher pode/deve usar produtos que contenham óleos vegetais?

Tatiana Jerez destaca que isso depende muito do tipo de óleo. “O ideal é que a pele da pessoa seja avaliada por um dermatologista, para que o melhor produto seja indicado. Alguns óleos, como, por exemplo, o de coco e o de melaleuca, podem ser benéficos para pacientes com pele acneica e oleosa, mas outros óleos vegetais, como o de semente de uva e o de rosa mosqueta, podem causar obstrução dos poros e piorar o quadro”, explica.

Posso usar diretamente os óleos vegetais?

Algumas pessoas usam óleo de coco (destinado a fins culinários), ou até mesmo azeite, para passar diretamente nos cabelos e na pele, buscando uma hidratação mais intensa. Na internet mesmo é possível encontrar algumas receitas caseiras que incentivam a utilização desses e de outros tipos de óleo. Porém, este não é um hábito positivo.

Apesar de serem produtos naturais, os óleos não são isentos de efeitos colaterais. “Um estudo demonstrou que o uso do óleo de oliva puro, diretamente sobre a pele, poderia danificar a barreira cutânea, gerando vermelhidão. Outro sugeriu que o óleo de coco puro sobre a pele poderia causar ressecamento”, destaca a dermatologista Tatiana.

“Desta forma, prefira o uso de produtos especialmente formulados para este fim, onde a concentração dos óleos e sua fórmula são otimizadas para melhor tratar a pele e os cabelos”, aconselha a profissional.

Produtos que contém óleos de tratamento

Abaixo você confere exemplos de produtos de beleza que são feitos com óleos vegetais, para proporcionar mais hidratação e outros benefícios à pele e aos cabelos. Mas lembre-se que o melhor caminho é consultar sempre um(a) dermatologista, que indicará quais são as opções mais indicadas para o seu caso!

Clarins Huile Lotus por R$106,12 na <a href="http://www.lojaglamourosa.com/loja/cosmetica/rosto/hidratante/clarins-huile-lotus.html" target="blank_">Loja Glamourosa</a>
Creme de Azeite de Oliva Novex por R$17,90 na <a href="http://www.lojasrede.com.br/creme-de-tratamento-capilar-novex-azeite-de-oliva-1000g-7793.aspx/p" target="blank_">Lojas Rede</a>
Óleo de Girassol Farmax por R$7,99 na <a href="http://www.araujo.com.br/Oleo-de-Girassol-Farmax/p" target="blank_">Araujo</a>
Óleo de Rosa Mosqueta Epilê por R$12,26 na <a href="http://www.ultrafarma.com.br/produto/detalhes-2781/%C3%93leo_de_rosa_mosqueta_epil%C3%8A_com_10_ml.html" target="blank_">Ultrafarma</a>
Extra Face Oil Bobbi Brown por $62 na <a href="http://www.sephora.com/extra-face-oil-P270595" target="blank_">Sephora</a>
Óleo de Argan So Pure Keune por R$157 na <a href="http://www.sepha.com.br/profissional-tratamento-so-pure-natural-balance-moroccan-argan-oil45ml-keune-17179.html" target="blank_">Sepha</a>
Óleo de Argan Josie Maran por $48 na <a href="http://www.sephora.com/100-percent-pure-argan-oil-P218700" target="blank_">Sephora</a>
Elixir Ultime de Moringa Kerastáse por R$ 219,90 na <a href="http://www.daxcosmeticos.com.br/finalizadores/elixir/kerastase-elixir-k-ultime-oleo-complexe-moringa-immortel125-ml/" target="blank_">Dax Cosméticos</a>
Óleo Corporal de Amêndoas Leclerc por R$4,24 na <a href="http://www.onofre.com.br/oleo-corporal-de-amendoas-leclerc-erva-doce-60ml/30500/06" target="blank_">Onofre</a>
Óleo de semente de uva por R$12,90 na <a href="http://www.native.com.br/oleo-de-semente-de-uva-120-ml.html" target="blank_">Native</a>
Óleo de Melaleuca por R$31 no <a href="http://www.sitedospes.com.br/index.php/oleo-de-melaleuca-puro-by-samia.html?gclid=CIz2jOmGjb0CFWEV7Aod_2UAhA" target="blank_">Site dos pés</a>
Creme de Óleo de Coco Novex por R$13,50 na <a href="http://www.lojaslivia.com.br/ch/prod/221361/216655/0/creme-de-tratamento-professional-food-therapy-novex-oleo-de-coco-1-kg.aspx" target="blank_">Lojas Silvia</a>

Óleos vegetais x Óleos minerais

Nem todo mundo conhece as diferenças entre os óleos vegetais e minerais, mas é importante destacá-las.

Tatiana Jerez explica que os óleos vegetais são extraídos de plantas e os óleos minerais, do petróleo. “Os vegetais são mais leves e têm cosmética mais agradável. Já o óleo mineral, tem textura mais espessa e forma uma barreira externa sobre a pele, lubrificando e protegendo (como em casos de queimaduras), mas podendo causar obstrução dos poros e glândulas”, destaca.

Agora você já conhece os principais benefícios que os óleos vegetais podem oferecer e tem bons motivos para incluí-los na sua rotina de beleza. Mas lembre-se de consultar um profissional antes disso, para evitar que os produtos gerem um efeito negativo.

Assuntos: Cabelos, Pele

Dicas pela Web
Comentários