Jiló: conheça 8 benefícios que vão te fazer dar uma chance a este fruto

Escrito por Ana Kordelos

Foto: iStock

Apesar de seu sabor amargo, o jiló possui apreciadores em todos os cantos do país. Fruto do jiloeiro, é cultivado principalmente nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais.

Com formato arredondado, o jiló possui coloração esverdeada, variando dos tons mais claros até os mais escuros, contendo nutrientes importantes para uma boa saúde, como cálcio, fósforo e ferro.

Apesar de ser confundido com um legume, o jiló é um fruto, podendo ser consumido de formas variadas, marcando presença com seu sabor inconfundível.

8 benefícios incríveis do jiló

Foto: iStock

Fruto rico em água (cerca de 90% de sua composição), este é um alimento com baixas calorias, se tornando uma ótima alternativa para quem segue uma dieta restritiva. Confira alguns dos mais populares benefícios do consumo de jiló de acordo com a nutricionista Ana Paula Moura:

  1. Auxilia no controle do diabetes: “devido a sua grande quantidade de fibras e seu baixo teor de carboidratos, este fruto ajuda a manter o controle da glicemia”, revela a profissional.
  2. Coadjuvante no tratamento de anemia: como é um alimento rico em ferro, pode ser um ótimo coadjuvante no tratamento de anemias, principalmente da anemia ferropriva.
  3. Garante um coração mais saudável: segundo a nutricionista, o jiló é rico em vitamina B1, a qual age diretamente na regulação de algumas funções cardíacas.
  4. Ajuda no tratamento de dislipidemia: este fruto possui altas doses de flavonoides, compostos que ajudam a diminuir o colesterol ruim (LDL) e ainda evitam a formação de placas de ateroma no sistema circulatório.
  5. Melhora da higiene bucal: “graças ao seu sabor amargo, o jiló aumenta a salivação, feito que auxilia na higiene bucal, diminuindo o mal hálito”, explica Ana Paula.
  6. Proporciona uma melhor digestão: este é um de seus benefícios mais conhecidos. Devido ao ser amargor, o jiló estimula a secreção de mais suco gástrico, resultando em uma melhor digestão dos alimentos.
  7. Garante sensação de saciedade:como ele possui grande quantidade de fibras e água, este fruto garante maior sensação de saciedade, podendo ser consumido em maior quantidade.
  8. Função antioxidante: “como o jiló é rico em vitamina A e manganês, ele ajuda na prevenção de doenças graves como câncer e doenças degenerativas, por combater os radicais livres”, adiciona a profissional.

Todos estes benefícios podem garantir uma melhor saúde, além de aumentar a sensação de bem-estar. Comprove seus efeitos ao adicionar o consumo de jiló a sua rotina alimentar.

Leia também: 10 alimentos que garantem boa saúde

Jiló emagrece?

Foto: iStock

Frequentemente associado ao emagrecimento, questionamos a nutricionista sobre a ação emagrecedora do jiló. Confira sua explicação:

“Indiretamente ele emagrece sim. Ele é um fruto rico em nutrientes, mas com baixíssimo valor calórico – a cada 100 gramas do fruto em média obtemos 40 kcal”, orienta a nutricionista.

Ainda segundo a profissional, a sensação de saciedade é garantida pelas quantidades de fibras e água contidas no fruto, se tornando “uma opção excelente para ser utilizada em dietas de emagrecimento, na medida que podemos utilizar uma porção farta e pouco calórica”, conclui.

Como tirar o amargo do jiló

De acordo com Ana Paula, uma boa dica para tirar o sabor amargo do fruto é corta-lo em quatro partes e coloca-lo em um recipiente com água e uma pitada de sal por cerca de 15 minutos.

Além disso, a profissional revela que o melhor momento para consumir o jiló é quando este apresentar coloração verde brilhante e estiver firme ao toque. “Ele pode ser consumido com ou sem casca, mas caso ele chegue a amarelar, deve ser descartado, pois quanto mais maduro mais amargo fica”, esclarece.

Leia também: 100 maneiras de cortar 100 calorias

Receitas com jiló que vão te fazer ver esse ingrediente com outros olhos

Foto: Reprodução / Karine Rocha

Confira a seguir receitas que utilizam o jiló em seu preparo e comprove todos os benefícios garantidos pelo seu consumo através de práticas e deliciosas opções:

1. Frango com jiló: saborosa opção, este é um prato típico da região de Minas Gerais. Com poucos ingredientes é possível fazer uma refeição rica em sabores. A dica é degustar o jiló juntamente com o frango, o angu e o quiabo, assim o sabor amargo dele será complementado pelo sabor dos outros ingredientes.

2. Babaganoush de jiló: ótima alternativa para acompanhar torradas ou bolachas, aqui o babaganoushi, prato típico árabe preparado com berinjela, ganha uma versão reinventada. O alerta fica para a quantidade de sal utilizada: é necessário retirar o excesso de sal do jiló após deixa-lo em salmoura.

3. Conserva de jiló: um jeito simples e fácil de degustar o fruto é servi-lo em conserva. Para esta receita, ingredientes como vinagre de maçã, azeite, cebola picada, sal e limão ajudam a extrair o melhor de seu sabor. Vale lembrar que quanto mais tempo ficar em conserva, mais saboroso o jiló ficará!

4. Jiló recheado ao vinagrete: aqui o jiló é assado ao forno com um recheio especial contendo tomate, salsinha, cebolinha, cebola, sal, limão azeite, pimenta de cheiro e queijo parmesão. Ideal para jiló com tamanho um pouco maior do que o comum.

Leia também: 16 saborosas receitas de lasanha de berinjela para uma dieta low carb

5. Jiló refogado: modo simples para preparar o jiló. Após deixa-lo de molho na água com sal, basta coloca-lo em uma panela com cebola e alho refogados no azeite e deixa-lo cozinhar por alguns minutos utilizando a tampa. Para garantir ainda mais sabor ao fruto, vale adicionar molho de soja.

6. Jiló empanado: esta receita é uma ótima alternativa para quem deseja transformar o jiló em aperitivo. O segredo para deixar o jiló sequinho é passa-lo em ovos batidos temperados com sal e pimenta do reino e empana-lo em uma mistura de farinha de rosca, amido de milho e orégano. Vale a pena experimentar!

Se bem preparado, o jiló pode se tornar o destaque do prato, seja como ingrediente principal ou como acompanhamento. Aposte!

Contraindicações e alertas sobre seu consumo

Foto: iStock

A profissional revela que não há contraindicação no uso do jiló, “a menos que a pessoa possua uma alergia específica ao fruto”. Neste caso é recomendado a busca por auxílio médico o mais rápido o possível. Um alerta de seu consumo é para pessoas que possuam alguma disfunção na eliminação de ferro, já que este alimento possui altas doses desta substância.

Apesar de seu sabor característico, o jiló é um belo exemplo de alimento que possui inúmeros benefícios à saúde se consumido de forma regular. Seja degustado sozinho ou utilizado como ingrediente especial em receitas, pode promover saúde e bem-estar ao organismo. Experimente!

Leia também: 40 alimentos saudáveis para perder peso

Assuntos: Alimentação

Para você