Dicas de Mulher Dicas de Comportamento

O que as mulheres não devem fazer na cama

Dicas para não passar vergonha na hora H evitando situações constrangedoras

em 15/07/2014

Foto: Thinkstock

Ok, todo mundo já entendeu que sexo é para ser livre, divertido e espontâneo. Mas isso não significa que ele não tenha algumas regrinhas básicas de comportamento para que fique realmente bom para todo mundo. Certas atitudes na hora da transa podem não cair nada bem, beirando o ridículo e fazendo com que seu parceiro fique bastante desconfortável.

Vale lembrar que assim como os homens podem pagar verdadeiros micos na hora H, as mulheres também não estão livres disso.

A ordem é se liberar para deixar o sexo o mais bacana possível. Mas lembre-se que tudo tem limite. Tome cuidado com certos exageros ou atitudes que podem estragar o clima e fazer com que você pague um belo ‘mico’ na cama.

Se você quer ter a garantia de que esse momento será ótimo e de que deixará um gostinho de ‘quero mais’, fique atenta a estes conselhos, os mais citados entre os homens como os micos mais comuns que as mulheres cometem na hora do sexo:

1. Gritar exageradamente

Eles adoram mulheres que gemem e demonstram o quanto estão excitadas. É muito legal que a gente possa expressar o prazer do momento. Mas nada disso precisa ser tão exagerado. Fazer escândalo, urrar de prazer pode parecer sensual, mas o mais provável é que assuste seu parceiro, até mesmo estragando todo o clima.

Agindo de forma exagerada, seu parceiro pode achar que você está fingindo ou forçando a barra, além de ser muito desconfortável se outras pessoas puderem escutar. Isso também se aplica para frases clichês e palavrões exagerados.

2. Submissão total

Aceitar tudo o que ele sugerir, esperar que ele tome todas as decisões ou fazer aquela cara de ‘tanto faz’ certamente não vai agradar o moço. O sexo é o encontro de duas pessoas e por isso mesmo tem que ser feito por ambas. Não tem graça alguma transar com uma mulher que parece não estar interessada em esquentar a brincadeira.

3. Ficar parada

Quando ele está com você, certamente vai querer que você participe ativamente do sexo. Não se engane: beleza plástica é legal, mas eles não estão à procura de uma boneca.

O cineasta Igor Monteiro (36) explica porque é tão ruim quando a mulher se comporta dessa maneira: “Não há nada mais desestimulante que uma mulher que não reage aos seus estímulos, ou que acha que só o fato dela estar lá, linda, cheirosa e gostosa é suficiente, tal qual uma foto de revista masculina que se pode tocar… A atividade física da mulher no sexo e o quanto ela se diverte com você é como um dínamo que fará com que o cara fique ainda mais animado. Não vale sentir vergonha de reagir, não reprima a reação. Quanto mais verdadeiro e espontâneo, mais excitante”.

4. Frescuras e nojinhos

Foto: Thinkstock

Não pode isso, não pode aquilo. Nada mais chato do que fazer sexo com quem tem diversas restrições. Já que você vai fazer sexo, a melhor opção é se liberar e se divertir. Fluidos, barulhos esquisitos e suor são normais no ato sexual e para gostar de transar você vai ter que conviver (muito bem) com eles.

Quando se trata de sexo oral, algumas mulheres logo se desesperam. Se você te nojo de colocar a boca no pênis do seu parceiro, nem comece. É muito fácil para eles perceber quando está sendo feito sem vontade. Se esse for o seu caso, tente se esforçar para mudar de pensamento: eles adoram sexo oral e pode ser muito gostoso também fazê-lo.

5. Não avisar que está menstruada

Podem até existir alguns homens (os mais frescos, convenhamos) que não gostam de fazer sexo com a mulher naqueles dias. Mas mesmo que isso não seja um problema para a maioria dos homens, eles preferem não ter surpresas desse tipo. Então, se você estiver menstruada, avise a ele.

É provável (e normal) que você fique com um pouco de vergonha de falar sobre isso. Mas lembre-se que eles sabem muito bem que todas as mulheres passam por isso pela vida inteira e uma vez por mês. Certas questões fisiológicas podem intimidar, mas devem ser tratadas com naturalidade. Não tenha vergonha de ser uma humana comum.

6. Fazer comparações com outros parceiros sexuais

Se você quer acabar com o tesão do seu parceiro é só comparar ele com outros homens que já passaram na sua vida. Nem é difícil de entender por que isso acontece, é só imaginar como seria para você se fosse o contrário. Imaginar a parceira com outros não é uma imagem legal de se criar durante um momento a dois.

Se a sua intenção é elogiar, você pode dizer que nunca tinha se sentido assim antes, ao invés de dizer que os tantos homens com quem você se relacionou antes não conseguiram. Se você quiser que ele faça algo que já fizeram antes, é só ensinar. Mesmo comparações que tenham o objetivo de aumentar a autoestima do moço não caem bem, como o tamanho do pênis.

7. Vergonha e baixa autoestima

Foto: Thinkstock

Vocês já chegaram ao ponto do sexo, então será que ele está mesmo muito preocupado com seus defeitos? Por ser um momento íntimo, principalmente na primeira vez entre vocês, é normal ficar um pouco tímida. Mas evite demonstrar esse sentimento. Não é uma boa preliminar ter que aumentar a autoestima da menina, ou lutar para poder enxergar seu corpo.

“Horrível de verdade é mulher com vergonha, que manda apagar a luz, tira a roupa debaixo do cobertor, fica falando que está gorda, entre outros detalhes. Chega a ser broxante porque está tudo pronto e começa a frescura. Parece que ela quer ficar ouvindo frases incentivadoras como ‘você não é gorda’ ou ‘você está linda’, muito chato”, comenta Bernardo Tavares (27), músico.

8. Higiene insuficiente

Nem deveria ser necessário falar, mas nesse caso é melhor pecarmos no excesso. Em hipótese alguma faça sexo com a higiene comprometida. Claro que no casamento ou em relacionamentos longos e muito íntimos, pode acontecer de uma vez ou outra você não estar tão limpinha, às vezes eles topam mesmo se você avisar. Mas se você está conhecendo ele, um relacionamento recente onde não há intimidade total, nunca se permita fazer sexo estando sujinha. É melhor pedir para ele esperar um pouquinho enquanto você toma um banho rápido, do que passar uma impressão ruim de desleixo.

9. Depilação vencida

Estar depilada já é praticamente uma obrigação. Você não está errada se não gosta dessa obrigatoriedade ou se prefere ao estilo natural. Mas, encaremos a realidade: a maioria dos homens gosta mesmo da depilação bem feitinha. Pernas, axilas e virilha são os mais importantes e essenciais. Uma primeira vez mal depilada não obrigatoriamente vai estragar tudo, mas é um ponto que pode influenciar bastante na imagem que ele terá de você.

Como dito antes, em relacionamentos mais longos e íntimos esse quesito pode não ser tão rígido apesar de ter sua importância. Mas se o caso é um relacionamento recente, não dê mole de se apresentar com pelos demais.

10. Lingerie surrada

Precisa dizer mais? Eles adoram uma lingerie bonita, mesmo que em muitas vezes eles nem percebam com a correria na hora de tirar a roupa. Mas vai que ele percebe? E logo nesse dia lá está você com uma calcinha furada, ou aquele calçolão bege estilo vovozinha. Não dá, né? Tá certo que o objetivo do sexo está muito além da qualidade das roupas de baixo, mas não podemos esquecer que o visual é muito importante para todo o clima de excitação.

A ideia aqui está longe de ser a de agradar o homem acima de tudo. Apesar da posição feminina no sexo estar cada vez mais aberta e autossuficiente, o fato é que eles têm suas preferências, e claro que elas não são unanimidade, apenas situações rotineiras citadas pelos homens. O mais importante mesmo continua sendo a busca pelo seu prazer e satisfação, e para se alcançar esse objetivo, é necessário que os dois estejam felizes com o encontro.

Receba nossas melhores dicas diretamente em seu e-mail

Assine nossa newsletter para receber nossas novidades sobre os assuntos do momento.

Nós odiamos spam. Nunca usaremos seu e-mail para outros fins.

Comentários
Dicas relacionadas