6 hábitos e doenças que resultam em pés descascando

Escrito por
Em 15.04.22

Envato

Além de incomodar, os pés descascando indicam um problema, que pode ser resultado de mau hábito ou doença. Por isso, é indispensável procurar ajuda médica. Para entender melhor o assunto, confira o que disseram as dermatologistas Dra. Maria Catalina Coloma, da Clínica Carvalho Concept, e a Dra. Mariana Okamura, médica dermatologista e professora do curso de medicina da PUCPR:

Publicidade

1. Micose dos pés

Envato

A Dra. Maria Catalina explicou que “o mais comum é a descamação entre os dedos, porém pode aparecer descamação em toda a planta do pé. Alguns tipos mais agressivos de fungos provocam bolhas maiores e infecção secundária por bactérias”. Complementanto, a Dra. Mariana explicou que a micose, “além da descamação, pode causar vermelhidão e coceira locais”.

O que fazer?

Ambas as médicas recomendam consultar um especialista para identificar a doença e receber as orientações adequadas quanto ao uso de medicamentos. Mariana também lembrou a importância de “evitar longos períodos com os pés molhados ou úmidos, pois o ambiente se torna favorável aos fungos”.

2. Hiperceratose plantar

Envato

Não é uma doença, mas, sim, resultado de alguns hábitos. Segundo Mariana, a hiperceratose “é caracterizada pelo espessamento dos pés, popularmente conhecida como ‘pé grosso’. Comumente causada por andar descalço, de chinelos ou rasteirinhas em demasia. Entretanto, raramente tem caráter genético”.

O que fazer?

A recomendação da Dra. Mariana é “evitar andar muito descalço e usar rasteirinhas ou chinelos por um período menor”. No mais, é preciso manter a região hidratada para ajudar a diminuir o efeito do ‘pé grosso’.

3. Disidrose plantar

Envato

A Dra. Maria Catalina comentou que, na disidrose, ocorre o aparecimento de “bolhinhas juntas nas laterais dos dedos, pode acontecer também nas laterais dos dedos das mãos. Quanto mais intensa, mais gera a descamação da região plantar”. Além disso, a Dra. Mariana disse que um sintoma muito comum é a coceira intensa no local das bolhas diminutas.

O que fazer?

Como é resultado do contato frequente com água, a Dra. Maria Catalina recomenda “secar os pés muito bem após tomar banho e ir à piscina ou ao mar, inclusive, com uma toalha exclusiva para os pés”. Além disso, ambas as dermatos recomendam uma consulta médica para tratar o problema e aliviar os sintomas.

Publicidade

4. Dermatite de contato

Freepik

De acordo com a Dra. Mariana, esse tipo de dermatite causa “descamação, vermelhidão e coceira em áreas que sofrem contato com substâncias ou materiais alergênicos, por exemplo, chinelos de borracha”.

O que fazer?

Como ocorre após o contato com uma substância ou material, se você perceber o que está causando os sintomas apresentados acima, deixe de usar o alergênico imediatamente. Entretanto, o mais seguro é “marcar uma consulta com um dermatologista para ser feito o diagnóstico e identificar a causa da dermatite”, informou a Dra. Mariana.

5. Falta de hidratação

Freepik

Apesar de serem negligenciados e, às vezes, esquecidos, os pés também precisam de cuidados. A Dra. Mariana comentou que a “falta de hidratação é um hábito que pode levar aos pés descascando”.

O que fazer?

Nesse caso, não há segredo. A dermatologista Mariana apresenta uma solução muito fácil e você pode fazer em casa: “é importante hidratar os pés, com hidratante próprio para a região”.

6. Lixar os pés excessivamente

Freepik

Como informa a Dra. Maria Catalina, lixar os pés excessivamente “retira a camada protetora da pele e a descamação tende a piorar”. Sendo assim, se você tem o hábito de lixar, precisa tomar cuidado e não esquecer da hidratação posterior.

O que fazer?

A recomendação dermatológica é “não lixar, principalmente se notar que o descascamento está piorando”. A tendência é ocorrer “um efeito ‘cinderela’, ou seja, melhora no dia que lixa, porém piora com o passar do tempo”, informou a Dra. Maria Catalina. Ela também recomenda uma visita ao dermato para verificar a existência de outros problemas nos pés.

Você imaginava que os pés descascando estavam relacionados aos hábitos e doenças apresentados pelas especialistas? Já sabe, os pés exigem cuidados, atenção, carinho e hidratação. Aproveite e confira a matéria sobre pés ressecados e rachados.

Publicidade

As informações contidas nesta página têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.