7 benefícios da beldroega para a saúde e como usar essa PANC

Escrito por
Em 12.01.21

iStock

A beldroega (Portulaca oleracea) é uma planta alimentícia não convencional (PANC) que apresenta diversos usos, devido às suas propriedades nutricionais e medicinais. Para saber mais sobre a espécie e seus benefícios, entrevistamos Pollyana Guimarães (CRN 11529), nutricionista do Grupo Pardini. Acompanhe, a seguir, as informações dadas pela profissional e saiba como utilizar a planta:

Continua após o anúncio

O que é beldroega

iStock

Pollyana explica que a beldroega, muitas vezes, é confundida com erva daninha, sendo uma planta rasteira que se adapta bem a todo tipo de solo e não necessita de muita luz e água para sobreviver.

A beldroega é da mesma família das onze-horas (Portulaca grandiflora), mas, além de estas não serem comestíveis, elas também se diferenciam pelo formato das folhas. As folhas da beldroega são chatas e ovaladas ou arredondadas, enquanto as da onze-horas são mais finas e compridas, parecidas com pequenos dedos.

7 benefícios da beldroega

A nutricionista afirma que a beldroega possui diversas propriedades nutricionais: “tem em sua composição ômega 3, é rica em potássio, magnésio, cálcio, ferro, fósforo, fibras e compostos fenólicos, além de ser antioxidante e anti-inflamatória”. Confira abaixo os benefícios à saúde que podem ser associados ao consumo regular da planta:

iStock

  1. Controle de diabetes: Pollyana explica que, devido ao seu teor de fibras, a beldroega controla os níveis de açúcar no sangue e melhora a sensibilidade à insulina.
  2. Prevenção do estresse oxidativo: a planta também protege as células do estresse oxidativo que é causado pelos radicais livres, por ser rica em substâncias antioxidantes. Assim, ajuda a prevenir o envelhecimento e o câncer.
  3. Melhora do perfil inflamatório (artrite): a especialista também destaca que, “por conter propriedades anti-inflamatórias, a beldroega pode diminuir as dores articulares.”
  4. Ação antibacteriana: “alguns estudos mostraram a ação antibacteriana contra diversos tipos de bactérias”, cita Pollyana.
  5. Prevenção de doenças cardiovasculares: isso se deve ao fato de a beldroega ser uma fonte vegetal de ômega 3, que é um potente antioxidante e anti-inflamatório.
  6. Prevenção de úlceras e feridas: por ser rica em flavonoides, “a beldroega tem ação protetora da parede do estômago e tem ação cicatrizante”, explica a nutricionista.
  7. Controle da pressão arterial: uma vez que é rica em potássio, a planta tem ação reguladora da pressão arterial, além de ser um excelente diurético.

Não faltam bons motivos para incluir a beldroega no seu cardápio! No próximo tópico, confira mais informações e dicas sobre os possíveis usos dessa planta.

Como usar beldroega

Quer saber como utilizar a beldroega para aproveitar todos os benefícios que essa planta tem a oferecer? Veja seus principais usos a seguir:

Culinária

Na culinária brasileira, a beldroega é ainda pouco explorada, por ser uma PANC (planta alimentícia não convencional). Apesar disso, ela é um ingrediente muito versátil e pode ser consumida de diversas formas, como em massas, saladas, farofas, sopas, caldos, refogados e sucos.

Continua após o anúncio

Chás

Como já vimos, a planta traz muitos benefícios para a saúde, portanto suas propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias podem ser aproveitadas com o consumo do chá de beldroega. Para isso, basta fazer uma infusão de 50 g a 100 g da erva em 1 litro de água.

Uso medicinal

Na medicina popular, faz-se uso tópico da beldroega para o tratamento de queimaduras, inflamações, acne e picadas de insetos. Além disso, o suco das folhas também é utilizado contra a queda de cabelo.

Quanta versatilidade, não é mesmo? Na sequência, veja mais curiosidades sobre essa planta que nasce e se alastra facilmente em quintais e em terrenos baldios.

Mais informações sobre como reconhecer e usar a beldroega

A seguir, selecionamos 5 vídeos com mais dicas e informações variadas sobre a beldroega, suas características e formas de consumo. Não deixe de conferir!

Saiba mais sobre as propriedades e características da beldroega

Nesse vídeo curto do canal Vida Verde, você acompanha mais informações sobre propriedades medicinais, maneiras de consumir e modos de cultivar a planta. Acompanhe!

Beldroega, onze-horas e Portucala umbraticola: como diferenciar?

Esse vídeo traz dicas bem bacanas para diferenciar a beldroega tradicional de outras duas espécies – a onze-horas e a Portucala umbraticola. Veja como identificá-las pelas características das folhas e das flores e, de quebra, aprenda a cuidar dessas lindas plantas!

Tenha uma alimentação rica e saborosa com as PANCs

Aqui, a chef de gastronomia Simone Borsolari fala sobre as PANCs e as vantagens que elas agregam à alimentação, com sua riqueza nutricional e seus sabores diferenciados. Veja também dicas valiosas de como utilizar a beldroega no preparo de diferentes pratos!

Continua após o anúncio

Receita de salada supernutritiva com beldroega e almeirão

Agora que você já conhece as propriedades dessa planta, que tal partir para a cozinha e fazer uma salada bem completa? Confira, no vídeo, como preparar o prato que leva beldroega, almeirão, tomatinhos, alecrim, alho-poró, amêndoas, sal rosa, azeite de oliva e limão!

Farofa completa para aproveitar os benefícios dessa PANC

Já essa receita ensina a fazer uma farofa deliciosa combinando a beldroega com os seguintes ingredientes: pimentão, tomate, bacon, linguiça, azeitona, alho, cebola, pimenta-do-reino com cominho, sal, azeite, molho de pimenta e farinha de mandioca. Acompanhe o preparo no vídeo!

Depois de tantas dicas e informações, é hora de aproveitar todas as vantagens que essa planta traz para a saúde. Aproveite e descubra também os benefícios da taioba, outra PANC deliciosa para você incluir nas suas refeições!

As informações contidas nesta página têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.