5 benefícios do ácido málico que melhoram seu condicionamento físico

Escrito por
Em 05.08.21

iStock

Por                                
Em 05.08.21

O ácido málico está presente nas frutas com sabor mais ácido e contribui para o bom funcionamento do seu organismo. Se você quer entender mais sobre o assunto, confira o que disse a nutricionista Aline Campanelli (CRN 86997):

Publicidade

O que é o ácido málico

Segundo Aline, o ácido málico é natural e é encontrado principalmente nas frutas com sabor mais ácido e seus derivados. Alguns exemplos citados pela nutricionista, para incluir em sua alimentação, são:

  • Uvas
  • Maçãs
  • Peras
  • Bananas
  • Cerejas não maduras
  • Tomates não maduros

Para que ele serve

iStock

“O ácido é responsável pela melhora do desempenho físico e da resistência muscular”, explicou a nutricionista. Ela também ressalta que o ácido málico ajuda a fortalecer a imunidade e combater a fadiga.

5 benefícios do ácido málico

Aline comentou cinco importantes benefícios gerados pelo consumo do ácido málico. São eles:

  • Redução da fadiga e aumento da resistência muscular: a nutri explicou que “o consumo adequado dos alimentos que contêm ácido málico ajudam o corpo a gerar energia de forma aeróbia, reduzindo a produção e o acumulo de ácido lático nos músculos.”
  • Previne cardiopatias: Aline citou que “o ácido málico e o ácido cítrico têm efeitos anti-inflamatórios e por isso protegem contra problemas cardíacos, como a isquemia miocárdica.”
  • Ajuda a tratar a fibromialgia: a dor muscular é a principal queixa dos pacientes com fibromialgia e, segundo a nutricionista, “pode ser recomendado o uso do ácido associado com o magnésio, para auxiliar no tratamento da doença.”
  • Estimula a produção de saliva: a xerostomia é uma doença na qual é produzida pouca ou nenhuma saliva. Aline comentou que “o ácido málico pode ser usado como estimulante salivar, principalmente quando combinado com fluoretos e xilitol.”
  • Previne pedras nos rins: “o ácido málico, no organismo, vem antes do citrato. Este é o responsável por prevenir o acumulo de cálcio nos rins, causador dos cálculos renais”. Destacou Aline.

Estes são cinco benefícios proporcionados pelo consumo deste ácido. Continue acompanhando a matéria para saber a melhor forma de ingerir e se existem contraindicações.

Como consumir o ácido málico

iStock

A nutri explicou que a forma mais segura de consumir o ácido málico é por meio dos alimentos. Ela ressaltou que o ideal é manter uma dieta saudável, com frutas e vegetais variados. Segundo Aline, “ainda não existem estudos completos sobre o melhor horário e a ingestão diária aceitável (IDA) da substância”, por isso a importância de uma dieta variada.

Contraindicações do ácido málico

Aline explicou que não existem efeitos colaterais ou contraindicações para o consumo do ácido málico. “O que pode acontecer no caso da ingestão em excesso são incômodos estomacais e intestinais, como dor de estômago, náuseas e diarreia.”

Publicidade

Agora você sabe que o ácido málico é encontrado naturalmente nas frutas e vegetais. Converse com seu nutricionista para criarem em conjunto um cardápio saudável e equilibrado. Aproveite e venha conferir também a matéria sobre chás naturais para diminuir o ácido úrico.

As informações contidas nesta página têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Assuntos: Boa forma