Conheça os benefícios do ácido ferúlico, um poderoso ativo antioxidante

Escrito por
Em 09.05.21

iStock

Por                                
Em 09.05.21

O ácido ferúlico é um potente antioxidante que proporciona benefícios significativos à pele e ao nosso organismo. Para saber mais sobre esse ativo, conversamos com o dermatologista Dr. Rafael Soares (CRM 128012 / RQE 88900), que tirou dúvidas e citou os seus benefícios. Acompanhe na matéria.

Publicidade

O que é o ácido ferúlico e para que serve

Segundo Dr. Rafael, “o ácido ferúlico é encontrado na natureza em alguns alimentos e principalmente em algumas plantas. Ele é um potente antioxidante que chamamos de suicida, ou seja, é uma substância capaz de se ligar em radicais livres (RL) neutralizando-os para que eles não prejudiquem o nosso organismo. O problema é que todos os antioxidantes ao se ligarem aos RL se transformam em outros mais leves e sutis. Mas continuam tendo algum efeito ruim para o nosso organismo necessitando de outro antioxidante para conseguir bloqueá-los totalmente.”

“O ácido ferúlico por ser suicida não sofre essa transformação, é capaz de se ligar a um RL e, ao fazer isso, é degradado sem liberar novos RL no nosso organismo. Por isso, ele é um potente antioxidante e tem efeitos interessantes para o nosso corpo e para a pele. O ácido ferúlico manipulado pode ser encontrado em torno de R$ 70 a R$ 100 e pode chegar até níveis bem caros como R$ 500, quando associado a outros antioxidantes potentes. Então varia muito, dependendo da associação que foi feita, se o produto é industrializado ou manipulado”, complementa Rafael.

5 benefícios do ácido ferúlico para a sua pele

Confira os principais benefícios desse ativo citados pelo dermatologista:

  • Capaz de induzir o clareamento da pele;
  • Por ser um potente antioxidante, o ácido ferúlico é um anti-aging que previne o envelhecimento da pele;
  • Possui efeito anti-inflamatório que melhora a agressão que o sol causa na nossa pele;
  • Torna a pele mais uniforme por questões de textura e por ser um grande clareador;
  • Por ser um antioxidante suicida, podemos associá-lo a outros antioxidantes potencializando a ação dos mesmos.

Além dos benefícios citados acima, o ácido ferúlico também possui efeito potencializador dos protetores solares.

Dúvidas mais frequentes sobre ácido ferúlico

A seguir, o dermatologista esclareceu as dúvidas mais comuns acerca do uso da substância. Acompanhe:

    1. O ácido ferúlico clareia a pele?

    Rafael Soares (RS): “O ácido ferúlico é um composto vindo de uma família que chamamos de ácidos fenólicos, onde temos os principais clareadores na nossa pele. A grande vantagem é que o ácido ferúlico não causa nenhum efeito colateral na nossa pele como a maioria dos ácidos fenólicos que clareiam demais deixando manchas brancas. Então com o seu uso, nós temos o potencial de clareamento da pele pela própria natureza dele, que é um ácido fenólico capaz de induzir o clareamento.”

    2. Qual a vantagem de associar o ácido ferúlico à vitamina C?

    Publicidade

    RS: “Toda vez que a vitamina C for associada ao ácido ferúlico, ela terá uma ação melhor do que quando usada sozinha, o mesmo acontece com a vitamina E. Então qualquer outro antioxidante associado ao ácido ferúlico terá uma ação melhor na pele.”

    3. A partir de qual idade o seu uso é indicado?

    RS: “Tudo depende de pessoa para pessoa, mas assim que apresentar os primeiros sinais de envelhecimento ou de manchas na pele, que pode ser a partir dos 20 anos ou 30/40 anos, já é indicado o uso do ácido ferúlico.”

    4. O ácido ferúlico pode usar durante o dia?

    RS: “Sim, pois não há reação com o sol e não irrita a pele. O único cuidado é usar protetor solar adequado sempre reaplicando nos intervalos indicados pelo dermatologista.”

    5. Pode ser usado na gravidez? 

    RS: “Sim. Não tem nenhuma evidência científica que mostre qualquer risco do uso do ácido ferúlico, até porque ele é presente em alguns alimentos.”

    6. Em quais alimentos o ácido ferúlico pode ser encontrado?

    RS: “Alimentos que tenham coloração arroxeada e azulada tem quantidades significativas de ácido ferúlico, como berinjela e alcachofra. Além de alguns tipos de milho, feijões, farelo, farinha de trigo. Algumas frutas como a maçã também apresentam a substância, mesmo que não muito elevada.”

Como vimos, esse ativo possui vantagens incríveis para a pele. Mas será que existe alguma contraindicação? Confira a seguir!

Publicidade

Contraindicações do ácido ferúlico

O dermatologista informa que “até o momento não há nenhuma contraindicação formal, a não ser que a pessoa tenha alergia à substância que poderá ser notado após usar algumas vezes. Então a princípio todos podem utilizar, exceto quando há alergia à substância.”

Como usar o ácido ferúlico

Confira quais são as principais formas de uso do ácido ferúlico para você incluir essa substância na sua rotina de cuidados com a pele:

Sérum

iStock

Segundo o dermatologista, o ácido ferúlico é normalmente usado de forma tópica através de séruns que são produtos de densidade e viscosidade elevada. Então quando aplicamos na pele, o sérum se comporta quase como um gel, mas, na verdade, a textura é líquida. Basta aplicá-lo sobre a pele, espalhar de forma uniforme, esperar secar e, em seguida, aplicar o protetor solar.

Cremes, loções e géis

iStock

Outra forma de obter os benefícios da substância é utilizando cremes, loções e géis para o rosto. Esses produtos podem ser formulados com outros ativos, como a vitamina C e E, atuando como estabilizador. Existem opções para todos os tipos de pele, incluindo pele oleosa. O produto pode ser usado diariamente pela manhã, após lavar o rosto com sabonete específico e antes de aplicar o protetor solar. À noite pode ser aplicado após o banho e limpeza adequada da pele.

Peeling químico

iStock

O ácido ferúlico pode ser usado como peeling químico para cuidar da pele, prevenir rugas e o envelhecimento precoce. A técnica estimula a renovação celular e a produção de colágeno, além de potencializar a proteção contra os raios ultravioleta. Para haver sucesso no procedimento, o peeling químico deve ser feito com a orientação de um profissional habilitado.

Apesar de o ácido ferúlico ter diversos benefícios e não haver contraindicações, é importante consultar um médico para indicar a substância adequada para o seu tipo pele. Aproveite e confira outros tipos de ácidos para o rosto, seus benefícios e dicas de uso.

Assuntos: Cosméticos, Pele