Trança nagô: saiba mais sobre esse penteado lindo e cheio de significados

Escrito por Joyce Rosa

IJEOMA KOLA

Trança nagô é aquele penteado em que o cabelo é trançado bem junto ao couro cabeludo. A técnica é característica da cultura afro e carrega significados históricos e sociais que não podem ser ignorados. Os diferentes desenhos trançados nas cabeças das mulheres costumavam representar suas classes, religiões, etnias e outros traços importantes de suas identidades.

As tranças nagô, além de serem símbolos culturais e de resistência, têm uma beleza poderosa. São uma ótima opção para quem está passando pela transição capilar ou para proteger os fios no dia a dia. Aprenda como fazer e cuidar desse penteado deslumbrante.

50 ideias de trança nagô que são MUITO poderosas

Não pense que as tranças nagô “não são pra você”! Existem infinitas formas de utilizar as tranças. Veja essas inspirações que vão te ajudar a escolher qo penteado que mais combina com seu estilo.

1. Trança nagô pode ser feita com o cabelo natural

2. E com cabelo sintético

3. A trança nagô em cabelo curto é linda

4. Elas ficam lindas em qualquer comprimento

5. Quanto mais longas mais impactantes

6. Você pode ter um visual ousado, com muitos adereços

7. Ou produzir algo discreto, mas poderoso!

8. Fica incrível no cabelo liso

9. Nos cacheados

10. E nos crespos. Combina com todas as texturas!

11. Tranças coloridas diferenciam o visual

12. As miçangas podem ser presas com um simples elástico. Um charme!

13. As tranças nagô podem compor um look glamuroso

14. Termine o penteado em um coque baixo e fique pronta para a festa

15. Um rabo de cavalo alto também é chique e estiloso

16. Uma tiara com trança nagô é uma ótima ideia

17. Tranças nagô podem seguir diferentes formas

18. Os desenhos deixam o visual ainda mais fascinante

19. É um trabalho artístico e valioso!

20. Elas deixam os pom-poms ainda mais fofos

21. E dão um toque especial na franja

22. Você pode misturar tipos de trança

23. Usar uma espessura mais grossa

24. Ou a trança nagô bem fininha

25. As tranças nagô são práticas no dia a dia

26. Arrasam nas noites de balada

27. E podem criar um penteado lindo para uma ocasião mais formal

28. Com o coque alto fica super elegante

29. Você pode usar a trança raiz por toda a cabeça

30. Ou a trança nagô solta na parte de trás

31. Esse look com trança nagô rasteira é perfeito para uma noite de gala

32. Inclua uma fita colorida entre as mechas para incrementar o penteado

33. Que tal dividir as mechas em triângulos? Bonito e divertido

34. A combinação entre tons pastel é moderna e graciosa

35. Miçangas acrescentam informação ao visual

36. As tranças podem ser o ponto principal do seu look

37. Ou um detalhe elegante

38. Que tal esse visual com a cabeça raspada?

39. Trança nagô com lã é linda e prática

40. Uma única trança já faz toda a diferença

41. Que tal testar o visual laranjinha?

42. A trança nagô com twists mistura duas técnicas incríveis

43. Elas complementam o black power

44. Fica lindo no cabelo escuro

45. No cabelo claro

46. E quando os dois tons são misturados

47. Os alongamentos são ótimos para quem quer cabelo colorido sem pintar

48. E para quem deseja um SUPER comprimento

49. A trança nagô é um simbolo cultural

50. E é também sinônimo de muita beleza

Com apliques, miçangas e adereços ou em formatos mais discretos, a trança nagô é deslumbrante.

Leia também: Cabelo crespo: veja os tipos, cortes, penteados e aprenda como cuidar

Trança nagô: como fazer

Trançar o cabelo parece ser muito complexo não é mesmo? Mas com prática e paciência você pode aprender diferentes técnicas para trançar o seu cabelo e o de outras pessoas. Por isso, separamos tutoriais que vão desmistificar o segredo das tranças nagô.

Como fazer trança nagô em outra pessoa, por Eloisa Santos

Neste vídeo, Eloisa Santos mostra como trançar o cabelo de outra pessoa. A trancista utiliza a técnica para fazer um incrível penteado em formato de caracol!

Como Trançar o Cabelo Sozinha, por Alê Soares

Uma das maiores dificuldades desse penteado é trançar o próprio cabelo. Aqui, Alê Soares traz ótimas dicas para quem é iniciante e quer aprender a fazer a trança nagô sozinha. Para começar, é legal já ter experiência trançando o cabelo de outras pessoas.

Leia também: Tranças afro: dicas, tutoriais e fotos lindas para te inspirar

Como fazer trança nagô de uma maneira mais fácil, por Wig Dream

Neste vídeo do canal Wig Dream você aprende uma técnica diferente e mais fácil de fazer a trança nagô. O resultado é muito parecido com o tradicional! Como você verá no vídeo, a trança nagô também é uma ótima forma de prender o cabelo ao utilizar perucas e laces.

Trança nagô lateral, por Jéssica Costa

Jéssica Costa te ensina a fazer um lindo penteado com trança nagô lateral. Ela indica desembaraçar bem a mecha de cabelo antes de trançar e lembra que com prática você ficará cada vez mais habilidosa.

Trança nagô com alongamento, por Karen Matos

Leia também: Trança boxeadora: inspire-se e aprenda a fazer esse penteado versátil

Veja como fazer a trança raiz com alongamento. No tutorial, Karen Matos lembra que é importante desembaraçar e dividir bem o cabelo antes de trançar, ela usa gel para dar acabamento e fios tipo kanekalon.

Mais simples do que parece não é? O processo pode ser demorado e demandar esforço no começo, mas o resultado vale a pena!

Como cuidar da trança nagô

  1. Um cabelo saudável: cabelos muito frágeis correm o risco de quebrar durante o processo, por isso, cuide bem da saúde dos fios para um resultado satisfatório. Fazer um cronograma capilar é uma ótima opção!
  2. Lavagem: é recomendado lavar as tranças uma vez na semana, utilizando apenas shampoo diretamente na raiz do cabelo. Condicionadores, máscaras e cremes para pentear podem deixar resíduos entre as tranças, o que pode causar danos.
  3. Seque o cabelo: o acumulo de umidade no interior das tranças pode fazer com que o cabelo mofe, por isso o uso do secador é bastante recomendado. Não durma com as tranças molhadas!
  4. Para dormir: o atrito do cabelo com o travesseiro é responsável por grande parte do frizz nas tranças. Para evitar, você pode usar uma fronha, uma touca ou um lenço feitos de cetim.
  5. Manutenção: é possível ficar com as trança por até dois meses. Na hora da manutenção é importante revitalizar os fios com hidratações e tratamentos, também recomenda-se dar alguns dias de descanso ao cabelo antes de refazer o penteado.

A trança nagô é linda e possui uma história que vale a pena ser conhecida! É importante conhecer e amar as origens de seu cabelo, seja ela qual for!

Assuntos: Cabelos

Para você