Moda e Beleza

Valorize seu estilo e a beleza dos seus cabelos com as tranças jumbo

Gleici Damasceno

Atualizado em 12.07.22

Os diversos tipos de tranças afro são símbolos de identificação e posição social. Um desses modelos é a trança jumbo, que é ótima opção para quem está em transição capilar e quer disfarçar a dupla textura ou até mesmo para quem quer mudar o visual. Confira as dicas da trancista Ana Luísa Barros, e confira as dúvidas mais frequentes sobre esse modelo de trança.

Publicidade

Índice do conteúdo:

O que são tranças jumbo?

Segundo a especialista, as tranças feitas com jumbo são de origem africana. Este material é composto por fibras sintéticas, que são utilizadas para a confecção de diferentes tranças, como o Box Braids, Nagô e Twist. Ou seja, as tranças jumbo basicamente consistem em unir as fibras sintéticas do jumbo ao cabelo natural.

Para além de todo seu simbolismo cultural, as traças jumbo também possibilitam um visual único e moderno. Além disso, elas são uma ótima alternativa para quem está passando pelo processo de transição capilar ou apenas está querendo alongar o comprimento das madeixas.

Dúvidas sobre tranças jumbo

É muito comum surgirem algumas dúvidas quando você sentir vontade de mudar o visual. Dessa forma, saber algumas informações sobre as tranças jumbo é extremamente importante para montar seu novo cronograma de cuidados. Por isso, confira as principais dúvidas, respondidas por Ana Luísa Barros:

Quanto tempo dura a trança jumbo?

Ana Luísa Barros (A.B): A durabilidade delas é entre 1 a 3 meses, depende do cuidado que a pessoa tem ou do crescimento do cabelo.

Qual o valor para colocar tranças jumbo?

A.B: O valor pode variar entre 350 e 400 reais. Mas também depende de cada profissional.

Publicidade

Qual a melhor trança jumbo?

A.B: As boxbraids são as mais indicada para o processo de transição capilar e é a queridinha por causa do resultado.

Como tirar o frizz da trança jumbo?

A.B: O frizz pode ser controlado com o uso diário da touca de cetim, que também é uma grande aliada durante todo o processo.

Quais os cuidados antes e depois da trança jumbo?

A.B: Os principais cuidados são: dormir com touca de cetim e lavar as tranças uma vez por semana com shampoo diluído em água, esfregando somente a raiz e sem passar condicionador ou máscaras hidratantes no couro. Existem alguns produtos para quem está fazendo uso das tranças, mas não é regra e a pessoa pode usar o que tem em casa também.

O jumbo está cheio de vantagens, principalmente por ser feito de fibras sintéticas, que é um material bastante fácil de encontrar em lojas especializadas. Por conta disso, o preço fica mais acessível em comparações com outros materiais, sendo uma ótima opção para quem quer mudar o visual e economizar ao mesmo tempo.

20 formas de usar tranças jumbo para entrar na tendência

É possível combinar as tranças com jumbo com diversos tipos, técnicas e penteados. Por causa da sua versatilidade, o material se tornou ideal para pessoas que adoram mudança. Veja a lista de fotos para se inspirar nas diversas formas de usar a trança jumbo:

1. As tranças jumbo são muito versáteis

2. Você pode usar elas soltinhas e longas

Maryna Damasceno

Publicidade

3. Criar penteados com elas

4. Ou brincar com as diversas cores que o jumbo oferece

5. Dessa forma, você sempre vai mudar de visual

6. Para acompanhar toda as suas fases

7. Além disso, as tranças jumbo também são econômicas

8. Facilitando ainda mais as mudanças no seu cabelo

9. Elas são perfeitas para cabelos em transição

10. E te ajudam a se conectar com as suas raízes

11. Sendo um símbolo poderoso de identificação e posição social

12. Que merece ser testado por você

trança

Iza

Publicidade

13. Por este motivo, aproveite a versatilidade desse material

14. E crie diversos penteados

15. Teste diversos comprimentos, como as tranças chanel

16. Não deixe de se aventurar nas cores fantasia

17. E nunca se esqueça dos cuidados básicos

18. Porque são com esses cuidados que a sua trança vai ficar sempre bonita

19. Valorizando a ancestralidade da mulher negra

20. E como um instrumento para se reconectar com sua cultura

Depois dessa lista de inspiração, com certeza você já está cheia de ideias para utilizar o material, não é mesmo? Por este motivo, continue a matéria para entender como é o passo a passo da aplicação e conferir algumas dicas extras.

Passo a passo par fazer tranças jumbo

Para quem quer fazer as tranças, mas ainda está indecisa com o processo e os materiais utilizados, fique com essa seleção de 4 vídeos mostrando o passo a passo da aplicação. Dessa forma, você poderá sentir segurança e ir em frente na mudança de visual. Veja:

5 formas de fazer as tranças jumbo em casa

Nesse vídeo da Jacy Carvalho, você vai aprender 5 formas fáceis e práticas de aplicar as tranças jumbo em casa. A blogueira pensou em maneiras mais práticas, para ajudar as pessoas que desejam testar as tranças, mas não querem ir ao salão. Assista!

Rabo de cavalo com tranças jumbo

O rabo de cavalo é um dos penteados clássico para fazer com as tranças jumbo e ele precisa ser testado por você. Além de prático, o rabo de cavalo é versátil, sendo perfeito para diversas ocasiões. Nesse vídeo, o canal Vamos de Trança te ensina a fazer essa trança e arrasar no visual.

Trança twist com material de jumbo

Já nesse vídeo aqui, você vai aprender a fazer a trança twist utilizando o jumbo. Se você quer ousar no look, mas não gosta de tranças mais grossas, então esse estilo de é perfeito. Veja o que a Fabíola Costa fala sobre a técnica e se inspire para mudar o visual em casa.

Trança boxeadora com jumbo

Para finalizar, nesse vídeo, Brenda Leite ensina a fazer uma trança boxeadora com extensão de jumbo. Dessa forma, você tem mais uma opção de penteado lindo e fácil para fazer sozinha em casa e fazer sucesso naquele evento importante.

As tranças jumbo são uma ótima escolha para unir versatilidade e economia. Se você ainda quer saber outras técnicas para utilizar o material, que tal conferir modelos de trança nagô?

Jornalista e mulher indígena. Integrante do coletivo de Mulheres Indígenas e Quilombolas da UFG. Faz pesquisas sobre cultura indígena e racismo. Apaixonada por gatos.