Box braids: a história que resiste através do tempo

Escrito por
Atualizado em 03.03.21

Camilla de Lucas

Por
Atualizado em 03.03.21

A box braids é um tipo de trança de origem africana, feita a partir da união entre cabelo natural e sintético. Trançar o cabelo carrega ancestralidade, valores culturais, técnica e poder. Quer saber mais sobre esse tipo de trança muito procurada por quem está em transição capilar? Continue a leitura da matéria, produzida em parceria com a trancista Jenifer Silva.

Continua após o anúncio

Você sabe o que é box braids?

Box braids significa “tranças em caixa”, e é exatamente isso o que diferencia essa técnica dos demais estilos. As mechas de cabelo são divididas em quadrados e trançadas com o cabelo sintético até as pontas.

No início do século XVI, quando os primeiros navios negreiros chegaram ao Brasil, as tranças – em especial a trança nagô – faziam parte de um completo sistema de comunicação entre os escravizados. Os desenhos trançados serviam como mapas de fuga para quilombos, além de ser um identificador geográfico, que marcava a qual região da África a pessoa pertencia antes de ser traficada.

As mulheres escondiam em suas tranças alguns mantimentos como arroz, feijão e outras sementes para alimentar familiares acorrentados. Quando se fala sobre apropriação cultural, todos esses pontos precisam ser levados em consideração. Uma mulher negra com tranças é história. A não negra com tranças é moda.

Em entrevista com Jenifer, ela conta que seus clientes sabem que as tranças vão muito além da estética. Muitos deles buscam por mais informações sobre o assunto, seja pela internet ou consultando a própria profissional.

A box braids também é uma saída para quem está passando por transição capilar, o processo costuma levar em média um ano e meio e mexe muito com a autoestima de quem vive esse momento. As tranças são ótimas aliadas, já que o penteado envolve todas as texturas do cabelo.

Tipos de box braids

Do chanel com tranças castanhas, a longas mechas coloridas dentro do mesmo mês, a box braids é uma possibilidade de mudar o cabelo sempre. E os tipos de fibras sintéticas influenciam diretamente no resultado do trabalho, portanto, converse com a trancista antes de comprar o material.

  • Linha de crochê: esse material pesa menos e é mais barato, brilhante e macio que as demais opções. Você pode encontrar bastantes variações de cores nos bazares de sua cidade.
  • Jumbo: com esse material, as tranças ganham um aspecto mais natural e isso tem um custo mais alto. A fibra pode ser encontrada em diversas cores, principalmente em lojas on-line.
  • Kanekalon: a opção mais pesada de todas. O Kanekalon tem um brilho mais artificial e cartela de cores limitada. É mais barata que a jumbo e mais cara que a linha de crochê. Ela é uma opção que funciona e que também fica muito bonita.

De acordo com Jenifer, os 3 principais tipos de cabelos sintéticos usados para a box braids são esses. E se estiver em dúvidas sobre qual escolher, peça ajuda ao profissional que irá fazer as tranças.

Continua após o anúncio

Como a box braids é feita

iStock

O processo de trançar a box braids leva, em média, de 5 a 8 horas quando feitas com uma trancista. O tempo, assim como o valor, varia de acordo com o material, comprimento escolhido, quantidade de cabelo e tamanho da cabeça. Se você vai trançar sozinha em casa, mas não sabe por onde começar, acompanhe o passo a passo abaixo:

  1. Hidrate o cabelo antes de trançar: esse processo é opcional, mas vale investir o seu tempo nele, já que deixa os fios mais macios e fáceis de manusear;
  2. Deixe o cabelo o mais desembaraçado possível e com pouco creme. Isso evitará o acúmulo de resíduos nas tranças;
  3. Separe uma mecha quadrada na nuca e prenda o restante do cabelo;
  4. Separe também uma mecha da fibra escolhida, entrelace bem firme no cabelo natural e forme 3 mechas (2 de fibra e 1 de cabelo natural);
  5. Cruzes as duas mechas de fibra no cabelo natural;
  6. Divida a mecha de cabelo natural entre as 3 partes iguais. Esse processo esconde mais o cabelo natural nas fibras;
  7. Faça o movimento de trança tradicional até a ponta;
  8. Você pode trançar até o final da extensão ou prender com um elástico;
  9. Repita o processo no cabelo todo.
  10. Vale lembrar que o profissional conhece diversos tipos de couros cabeludos. Esse entendimento preserva a saúde dos fios, evita tranças soltas que duram pouco tempo, ou presas demais a ponto de causar alopecia por pressão. Se estiver com dúvidas ou medo, agende um horário com uma trancista.

    Manutenção e cuidado com a box braids

    Não pense que a box braids fica intacta por muito tempo sem os cuidados necessários. Considere as dicas abaixo quando for trançar o seu cabelo:

    • O cuidado começa antes do procedimento: o cabelo precisa estar limpo, com pouco creme de pentear e desembaraçado na medida do possível. Essa primeira etapa garante a saúde do fio, couro cabeludo e durabilidade das tranças.
    • Atenção ao seu corpo: o ato de trançar leva de 5 a 8 horas e o processo é cansativo para você e para a trancista. É importante que ambos estejam hidratados, alimentados e em um ambiente confortável. Aproveitem esse tempo para trocar vivências, assistir a uma série e fazer pausas.
    • Dores: o couro cabeludo é a base de todo o processo. Tudo começa nele da primeira à última trança. As dores de cabeça e no próprio couro cabeludo se dão por esse motivo e elas podem durar até 3 dias. Por isso, ao longo desse período, use travesseiros macios e perceba se a dor diminui. Se isso não acontecer, entre em contato com a trancista que ela vai saber te ajudar.
    • Dica caseira para higienização: o vinagre de maçã tem ação fungicida e pode ser usado nas tranças antes de lavá-las. Aplique o vinagre com o auxílio de um algodão nos 4 lados da raiz da box braids.
    • Atenção especial na escolha do shampoo: a box braids se lava com água e sabão. Durante o período que estiver com tranças, escolha shampoos de limpeza ou detox, pois eles geralmente são transparentes e com menos chances de deixar resíduos no cabelo.
    • Frequência de lavagem: o indicado é lavar as tranças uma vez por semana. Mas atenção: jamais use qualquer creme enquanto estiver com a box braids. Eles são feitos para se fixar no cabelo e isso acaba acumulando resíduos que causam mau cheiro e prejudicam a saúde do fio, além de obstruir o couro cabeludo.
    • É menos frizz que você quer? Use lenço para dormir: para evitar o atrito das tranças com o travesseiro, use um lenço para dormir ou uma fronha mais acetinada. Essa troca vai garantir box braids sem frizz por mais tempo.
    • Você pode usar secador: em hipótese alguma durma com as tranças úmidas ou molhadas. Use o secador de cabelos para evitar o aparecimento de fungos que possam cortar o seu barato.
    • Fique atenta ao período de manutenção: perdemos uma média de 50 a 100 fios de cabelo todo o dia. Com a box braids, esses fios ficam presos nas tranças e após 3 meses de uso contínuo, fica mais difícil conseguir desembaraçar o cabelo quando desfazer o penteado.

    Jenifer nos conta que a box braids é conhecida como um penteado protetor, ou seja, as tranças servem como um casulo para o cabelo natural. Ela envolve os fios e os protege da exposição ao clima, poluição e ressecamento. Vale lembrar que ainda assim a higienização periódica é fundamental para a saúde dos fios e couro cabeludo.

    Tutoriais de como cuidar da box braids

    Separamos alguns vídeos com dicas e o passo a passo de como cuidar das tranças, confira a seguir:

    Dicas de como lavar e secar a box braids

    Nesse vídeo, Jana Honorato, do canal Tô de Crespa, ensina como lavar as tranças inteiras durante o banho.

    Como lavar as tranças box braids

    Jacy Carvalho também ensina um método rápido para lavar a raiz das tranças sem molhar todo o comprimento. Essa é uma boa opção para higienização em dias frios ou chuvosos

    Continua após o anúncio

    Tranças sem frizz

    O atrito com o travesseiro vai causar frizz na box braids, ao menos que você se atente às dicas de Jana Honorato no vídeo acima.

    Como fica o cabelo depois das tranças

    Tem curiosidade para ver como fica o cabelo após a retirada das tranças? Acompanhe esse processo da Gabi Oliveira do canal De Pretas.

    Agora que você conhece todas as fases da box braids, chegou a hora de encontrar a inspiração perfeita para você.

    20 motivos para trançar o seu cabelo já

    Se interessou em aderir a box braids? Fique com essa lista de inspirações e envie fotos como referências para a trancista de sua região:

    1. Veja a ousadia das tranças azuis

    2. E que tal longas e vermelhas

    3. As box braids mais grossas também podem ser uma opção

    4. Aqui temos o clássico chanel de bico

    Jenifer Silva

    Continua após o anúncio

    5. O resultado do jumbo sintético vermelho é incrível

    6. Mas que tal apostar num cabelo curtinho e azul?

    7. Há uma diversidade de cores do jumbo sintético

    8. Você pode ousar com um penteado estiloso

    9. Ou deixá-las livres, leves e soltas

    10. As box braids são perfeitas para um coque despojado

    11. Tranças mais curtas também são uma boa pedida

    12. O volume marcante das tranças compridas encanta

    13. O charme das mechas coloridas também

    14. Não faltam ideias para usar as box braids

    15. As box braids permitem penteados imponentes

    16. São cabelos marcantes para mulheres com atitude

    17. O long bob é o corte preferido das fashionistas

    18. Longas madeixas pretas nunca saem de moda

    19. Os penteados tradicionais ficam mais estilosos com as tranças

    20. E as cores vão enaltecer ainda mais a sua beleza

    Agora que você já sabe a origem da box braids, quais são os tipos de cabelos sintéticos disponíveis no mercado e outras dicas especiais, chegou sua vez de tentar algo novo. E se quiser mais inspirações, confira a nossa matéria sobre tranças box braids loiras.

Assuntos: Cabelos