Dinheiro e Carreira

12 empreendedoras de sucesso que dominaram o ‘Shark Tank’

Dicas de Mulher

Como tubarões ou em busca de investimentos para seus negócios, as mulheres se destacam pela criatividade e inovação no reality show

Atualizado em 29.07.22

Empreender e ter seu próprio negócio se tornou a forma que as mulheres encontraram para obter renda e ter qualidade de vida. É uma oportunidade de trabalhar com o que gosta, inovar e, muitas vezes, dar espaço para minorias.

Publicidade

Houve uma época em que os grandes nomes citados eram apenas de homens, mas, agora, as mulheres vêm ganhando espaço. Tanto que existem empreendedoras fantásticas mostrando todo o seu potencial, inclusive em reality shows, como no caso do ‘Shark Tank’, nome que tem como tradução literal ‘Negociando com Tubarões’.

‘Shark Tank’ e o impacto no empreendedorismo feminino

O programa surgiu nos Estados Unidos, em 2009. Exibido pela ABC, o objetivo é reunir empreendedores para trazerem suas ideias e os ‘tubarões’ decidirem se querem ou não investir. Desde a primeira temporada da versão americana, apenas duas mulheres de renome estiveram presentes como tubarões: Lori Greine e Barbara Corcoran.

No Brasil a primeira edição chegou em 2016, pela Sony Channel. Aqui também há mulheres entre os tubarões, como Camila Farani e Carol Paiffer. Mas não são apenas as grandes empresárias que se destacam, muitas pequenas empreendedoras já passaram pelo reality e convenceram os tubarões a conhecerem – e investirem – em seus produtos.

Então, por mais que seja um reality show, o programa ajuda as empresárias a ficarem conhecidas em todo o país, além de encorajá-las a mostrar o que há de melhor em seus produtos e serviços.

12 empreendedoras que fazem ou fizeram parte do ‘Shark Tank’

Que tal conhecer as mulheres que já estiverem no ‘Shark Tank’ no Brasil e no mundo? Confira abaixo mais detalhes sobre elas e suas empresas.

Cristiana Arcangeli – CEO da Beauty’in

Conhecida como Cris Arcangeli, a empreendedora é uma especializada em construção de marcas e inovação. É dona de 5 empresas, CEO da Beauty’in e esteve no Shark Tank até a 4ª temporada como parte da equipe de tubarões investidores. Formada em Odontologia, atuou na profissão até 1985 quando criou a Phytoervas e ingressou no ramo de cosméticos, em que está até hoje.

Camila Farani — Sócia-fundadora da boutique G2 Capital

Empreendedora, empresária, colunista e sócia-fundadora da boutique G2 Capital, Camila Farani está no Shark Tank há seis anos, desde o início do programa. Ela busca ajudar os pequenos empreendedores e acredita que o empreendedorismo pode transformar vidas. Está no mercado há 20 anos, sendo hoje, segundo a lista da Bloomberg Línea, uma das 500 pessoas mais influentes de toda a América Latina.

Publicidade

Carol Paiffer — CEO da Atom Participações S.A

CEO e fundadora da ATOM, seu interesse por investimentos surgiu ainda na graduação. Formada em Administração de Empresas, trabalha com a bolsa de valores desde o primeiro período da faculdade, tanto que sua empresa está focada nos traders (profissionais que ganham com investimentos). É uma das investidoras de Day Trade mais reconhecidas no país e dona da Paiffer Investimentos, ao lado de seu irmão. Entrou no Shark Tank na quinta temporada, no lugar de Cris Arcangeli.

Fernanda Rebel — Proprietária da Avesso Café

Engenheira Agrônoma, Fernanda é criadora e proprietária da Avesso Café. Se trata de uma start up de Ribeirão Preto, selecionada para participar do Shark Tank e tentar convencer os tubarões a investirem. A decisão de criar a Avesso surgiu de sua paixão por café, muito antes de ingressar na faculdade. Sua família já trabalhava com cafés especiais, mas não eram muito abertos a inovar e ouvir suas ideias. Com isso, ela decidiu se arriscar e abrir o próprio negócio de cafés funcionais, em 2020. Ela conseguiu o investimento no programa e hoje fatura R$ 95 mil com sua empresa.

Thaís Ramos — Proprietária da De Benguela

Thaís Ramos é criadora do De Benguela, uma marca de apliques voltada exclusivamente para as cacheadas e crespas. Desde muito jovem alisava os cabelos e foi somente depois dos 20 anos que percebeu que poderia parar com as químicas e amar seu cabelo natural. Ela notou que, durante a transição, as mulheres usavam apliques e alongamentos, e viu uma oportunidade de negócios. Empreender não estava em seus planos, tanto que é formada em direito, em Madri, e retornou ao Brasil em 2011, ao lado de seu companheiro. Sua primeira experiência foi com uma agência de intercâmbios, a qual durou sete anos, porém seu sucesso é a De Benguela.

Marcela Dias — Proprietária do Mega Hairline

A criadora do Mega Hairline Studio nasceu na periferia de São Paulo e começou a trabalhar muito jovem, aos 16 anos, como recepcionista de salão de beleza. Lá descobriu sua paixão e conseguiu fazer um curso de especialização, o que lhe permitiu os primeiros passos para desenvolver seu próprio espaço. Sua missão é tornar a beleza acessível a todas as pessoas, atingir uma parcela da população que não teria dinheiro para esses serviços. A primeira unidade foi aberta no Butantã e, após conseguir ajuda de um dos tubarões em 2018, hoje são 8 unidades espalhadas em São Paulo.

Allyne Turano — Proprietária da GG.Rie

CEO e dona da GG.Rie, Allyne criou a marca por causa da dificuldade em encontrar lingeries voltadas ao público plus size. Em 2015 chegou a viajar para Nova Friburgo, em busca de peças que poderiam servir e notou a necessidade de lingeries voltadas ao público que veste do 46 ao 58. Foi assim que, com R$ 1 mil emprestados de sua mãe, ela abriu a própria empresa e hoje conta com mais de 60 modelos de lingeries, além de emprestar o espaço para marcas plus size fazerem a divulgação de seus produtos. Ela também é professora de inglês e continua a dar aulas.

Publicidade

Luiza Helena Trajano — Proprietária do Magazine Luiza

Dona da rede varejista Magazine Luiza, Luiza é, de acordo com a Forbes, a mulher mais rica do Brasil. É formada em direito desde 1972 e passou por vários setores antes de se tornar a diretora-superintendente da loja, inclusive o de vendas. Foi graças a ela que o Magazine Luiza deixou de ser uma rede de lojas local, de Franca, e se tornou forte a ponto de competir diretamente com o Ponto Frio e Casas Bahia. Lidera o Grupo Mulheres do Brasil desde 2012, no qual o propósito é melhorar o país e discutir propostas ligadas ao empreendedorismo, educação, cotas para mulheres e projetos sociais.

Alexandra Loras — Comunicadora e mentora

Alexandra Loras é apresentadora e jornalista francesa. Já atuou como consul da França e está no Shark Tank desde 2021. Já recebeu mais de 20 prêmios, é autora de livros e um grande nome quando se fala em empoderamento feminino. Por mais de 20 anos, atuou na área de transformação pessoal e empresarial, além de ser a fundadora do Fórum Protagonismo Feminino. Possui mestrado em Gestão de Mídias, obtido em 2012, e trabalha na TV desde 2007.

Barbara Corcoran — CEO da Corcoran Group

A participante do Shark Tank dos Estados Unidos é criadora de um fundo de investimento voltado para a compra de ações de risco no mercado. Também é dona do Corcoran Group, no setor imobiliário e hoje atua como palestrante, colunista e escritora. Entrou no ramo imobiliário na década de 70, ao abrir uma empresa em parceria com seu namorado da época. Foi em 1980, após o término do relacionamento, que ela abriu a Corcoran Group, hoje uma das empresas mais respeitadas no ramo.

Lori Greiner — Presidente da For You Ease Only

Fundadora de uma empresa de criação e desenvolvimento de produtos de marketing, a For Your Ease Only, é tida como uma das maiores empreendedoras do século 21. Além de participar do ‘Shark Tank’, ela também possui seu próprio programa de TV, na QVC. Formada em comunicação, tem bastante facilidade de falar em frente as câmeras, porém seu grande sucesso são suas invenções. Durante a graduação fez parte do Alpha Kappha Psi – Gamma Lota Chapter, uma fraternidade de negócios e empreendedorismo. Sua primeira invenção surgiu ainda na faculdade, uma caixa para guardar e organizar até cem brincos.

Bethenny Frankel — Proprietária da SkinnyGirl

Nascida na década de 70, a americana é empresária e uma personalidade conhecida na televisão. Formada em psicologia e comunicação pela Universidade de Nova Iorque, é a proprietária da Skinnygirl, além de possuir uma produtora de TV chamada B Real. Também é a fundadora de uma instituição de caridade que presta atendimento emergencial para mulheres em um momento de crise, a B Strong.

Publicidade

Escritora com 8 livros publicados e apresentadora de um programa de rádio sobre literatura nacional, o Capivaras Leitoras. Ama ler, viajar e passar um tempo com a Buffy, sua cachorrinha vira-lata.