Dinheiro e Carreira

10 dicas essenciais sobre planejamento financeiro para mulheres

Envato

Atualizado em 12.07.22

Certamente você já ouviu falar na importância de fazer um planejamento financeiro. Organizar os seus recursos é um fator essencial para conquistar a tão sonhada independência financeira. A seguir, a economista Laura Pacheco explica um pouco sobre o tema e compartilha dicas para você iniciar o seu planejamento financeiro.

Publicidade

Índice do conteúdo:

O que é planejamento financeiro?

planejamento financeiro

Envato

Conforme a economista Laura Pacheco, “o planejamento financeiro é um processo que consiste basicamente na junção de seis pilares essenciais. São eles: a gestão financeira, a gestão de ativos e investimentos, o planejamento de aposentadoria ou previdência privada, gestão de riscos e seguros, planejamento fiscal e planejamento sucessório”.

O que precisa ter em um planejamento financeiro?

Segundo a economista, a gestão estratégica dos seis pilares essenciais do planejamento financeiro é o que vai determinar a eficiência e o sucesso do seu planejamento pessoal. É preciso analisar cada um desses pilares de forma separada e traçar objetivos claros e diretos com relação ao uso dos seus recursos. Para se organizar de forma eficaz, você pode usar diversas ferramentas como um planner financeiro para acompanhar de perto a gestão do seu dinheiro.

O planejamento financeiro para mulheres

O planejamento financeiro para mulheres precisa ser feito de forma diferente do planejamento financeiro para homens. Isso acontece porque “as mulheres possuem demandas específicas, que são diferentes das demandas masculinas”, explica a economista.

Um exemplo disso são as características da indústria feminina. De forma geral, mulheres costumam gastar mais dinheiro com o mercado da beleza e da moda do que homens. No âmbito da saúde, por exemplo, as mulheres possuem mais propensão a desenvolver câncer de mama do que homens.

“Então, quando falamos de algo especificamente para mulher, pegamos cada um desses seis pilares e identificamos quais são as particularidades do universo feminino que se adéquam em cada uma dessas etapas”, esclarece Laura Pacheco.

Se planejar é algo essencial para que as mulheres consigam atingir a sua independência financeira, para poderem ter mais qualidade de vida e para que elas não fiquem desamparadas financeiramente em algum momento da vida.

Como atingir o planejamento financeiro?

planejamento financeiro

Envato

Publicidade

Se você ainda não iniciou o seu planejamento financeiro, não precisa se preocupar. A especialista listou dez dicas importantes para quem quer começar a se planejar financeiramente. Confira abaixo.

Faça a classificação das suas despesas

Identifique todos os seus gastos mensais e separe-os em necessidades, objetivos e valores. As necessidades são suas despesas básicas como alimentação, aluguel etc. Os objetivos estão relacionados à investimentos e os valores são despesas relacionadas à realização de um sonho, por exemplo. “Quando pegamos nossos gastos e fazemos essa classificação entre objetivos, necessidades e valores, conseguimos ser mais estratégico na hora de dar aquela enxugada”, explica a especialista.

Inclua investimentos no seu orçamento mensal

Algumas mulheres até fazem planos para começar a investir o próprio dinheiro, mas às vezes esses planos não são concretizados. Pacheco avisa que você não precisa esperar o momento certo para começar. Estude sobre o assunto, reserve uma parte do seu orçamento mensal para investimentos e crie o hábito de investir agora mesmo.

Simplifique a sua vida financeira

“Utilize de forma ativa contas em no máximo dois bancos e use o cartão de crédito de apenas um deles”, é a dica de Pacheco. Ela explica que, se você tiver muitos cartões de crédito e contas em diversas instituições financeiras, será muito mais difícil organizar realmente as suas finanças. Busque simplificar este processo para você conseguir ter maior controle de suas finanças.

Parcele suas contas em no máximo 3 vezes

Evite fazer parcelamentos longos demais, pois o tempo de vida útil do produto que você adquiriu pode nem acompanhar e período necessário para concluir o pagamento. A economista alerta que “se não cabe em 3 parcelas, significa que aquele produto está fora de seu orçamento”.

Algumas pessoas usam como estratégia de desconto o parcelamento de várias vezes e o adiantamento dessas parcelas. Porém, segundo Pacheco, é uma opção arriscada. É preciso analisar cada situação para ver se realmente vale a pena fazer isso. “Eu falo que qualquer estratégia de enxugamento de gastos é válida, desde que você esteja educado financeiramente”, finaliza a economista.

Reserva de emergência X plano de saúde

Em um mundo ideal, é recomendado que cada pessoa possua uma reserva de emergência de no mínimo 6 vezes o valor do seu custo de vida mensal. Algumas pessoas, para atingir essa meta, deixam de adquirir um plano de saúde, pensando que destinar esse valor para reserva de emergência ajudará mais quando precisar de tratamentos médicos.

Pacheco considera essa uma estratégia muito perigosa, visto que gastos com saúde podem superar facilmente a sua reserva e comprometer bastante o seu orçamento mensal. Por isso, “pague um plano de saúde se você tiver condições financeiras sim” e não troque este valor em investimentos, indica a profissional.

Construa a sua estratégia de investimentos

Segundo Pacheco, não existe o melhor ou o pior investimento para todo mundo. Existe apenas investimentos adequados para o seu perfil investidor. Por isso, é importante estudar sobre os principais tipos de investimento e construir uma estratégia adequada para você.

E não esqueça de organizar os seus investimentos de forma a simplificar o seu processo de declaração de imposto de renda.

Publicidade

Assuma o controle das suas finanças

A partir da forma como são socializadas, muitas mulheres permitem que homens presentes em suas vidas assumam o controle das finanças, pegando para si o papel de gestora da casa.

Porém, Pacheco afirma ser fundamental as mulheres saberem exatamente para onde o dinheiro está indo, e tomar decisões conscientes com relação ao uso dos seus recursos, não deixando na mão de terceiros. Você deve ter o controle total das suas finanças, tendo também, assim, o controle do seu planejamento financeiro.

Considere adotar o minimalismo em alguns aspectos da sua vida

Outra dica da economista é observar os seus hábitos de consumo e considerar adotar o minimalismo em alguns aspectos da sua vida, visto que, as mulheres, na sociedade patriarcal, são muito mais cobradas com pressões estéticas do que homens, gerando nelas uma falsa sensação de necessidade de cosméticos, roupas e acessórios, para atingir um padrão de beleza.

Não é fácil romper com essa imposição, mas tente avaliar e certifique-se sempre de que você está adquirindo um novo produto por necessidade e não por compulsão.

Cuidado com oportunidades “únicas” de negócio

A economista alerta para gatilhos de vendas como a escassez. Está é uma prática muito utilizada no marketing para trazer uma sensação de necessidade no consumidor, como se ele só tivesse esta ÚNICA oportunidade para adquirir tal produto. O que não é verdade!

Então, antes de realizar qualquer compra, faça diversas pesquisas de preço e “saiba esperar e identificar o momento certo de tomar uma decisão de compra, porque na maior pate das vezes, não é que você não pode comprar um determinado item, é que você está antecipando algo que poderia esperar”, explica Pacheco.

Transforme o momento de compras em um evento prazeroso

Torne o momento da compra um momento especial, e não um evento corriqueiro. Segundo a economista, quando você separa um dia exclusivamente para fazer compras, você acaba se organizando melhor financeiramente e tomando decisões mais conscientes. E, além disso, você pode aproveitar para dividir esse momento com amigas, ou com a sua família. Fazer diversas compras pode resultar em uma desorganização do seu orçamento e, inclusive, levar ao arrependimento pós-compra.

Aplicando todas essas dicas à sua vida financeira, você vai começar a perceber resultados positivos a curto e a longo prazo.

Saiba mais sobre planejamento financeiro para mulheres

Confira a seguir alguns vídeos que falam um pouco mais sobre planejamento financeiro para mulheres.

Como começar a fazer um planejamento financeiro

Publicidade

Começar a fazer um planejamento financeiro pode parecer difícil, mas é extremamente importante saber organizar as próprias finanças. Veja nesse vídeo como você pode começar a se programar para melhorar a sua vida financeira.

Qual a importância do planejamento financeiro para mulheres?

É importante organizar os seus recursos para poder ter uma vida mais confortável e para conseguir realizar os seus sonhos. Veja nesse vídeo um pouco sobre a importância do planejamento financeiro para mulheres.

Os hábitos financeiros de mulheres de sucesso

Nesse vídeo você vai ver 8 hábitos financeiros que uma mulher de sucesso precisa conhecer para ter independência financeira. Estes hábitos vão ser essenciais para você conseguir montar um bom planejamento financeiro.

Como ter controle financeiro

Ter controle financeiro é um ponto muito importante para manter a organização correta dos seus recursos. Veja algumas dicas nesse vídeo para fazer o seu controle financeiro de uma forma simples e segura.

Comece já a planejar as suas finanças e a ter um controle maior sobre o seu dinheiro. Você também pode usar a tecnologia a seu favor para simplificar a sua gestão financeira. Conheça também, mulheres empreendedoras que vão te inspirar a buscar sua independência financeira.

Criadora de conteúdo otimizado para sites e blogs, formada em administração, apaixonada por palavras e cheia de histórias para contar. Mãe de cats, leitora e aspirante a escritora.